20.8.06

BEST BUY


Suas lojas se parecem com uma gigantesca caixa azul. Dentro é possível encontrar desde produtos de informática, até televisões de alta definição, equipamentos de áudio e vídeo, ou qualquer aparelho eletrônico que facilite a vida do consumidor nesses dias modernos. Assim pode ser descrita a BEST BUY, um dos símbolos de sucesso do varejo americano que literalmente respira tecnologia.

A história
A história da rede de lojas BEST BUY começou em 1966 quando Richard M. Schulze e seu sócio, James Wheeler, fundaram uma pequena loja especializada em componentes e sistemas de áudio com o nome de Sound Of Music, na cidade de St. Paul, estado americano de Minnesota. No ano seguinte, mais duas lojas foram abertas na cidade de Minneapolis, uma localizada no centro e a outra próxima da Universidade de Minnesota. Ao final deste ano as vendas atingiram US$ 173 mil. Pouco depois, em 1969, mais três lojas foram inauguradas na cidade de Minneapolis. Na década seguinte, novas lojas foram inauguradas, o faturamento rompeu a barreira de US$ 1 milhão e a rede se tornou a maior vendedora de equipamentos de som das marcas Panasonic, Magnavox, Sony e Sharp. No dia 14 de junho de 1981, um violento tornado atingiu a loja de maior venda da rede localizada na cidade de Roseville, estado do Minnesota. A empresa respondeu a tragédia com enorme criatividade através de uma liquidação chamada “Tornado Sale”, que se tornou um evento anual gerando enorme visibilidade para a rede.


Ainda nesta década a empresa rapidamente expandiu sua linha de produtos, passando a comercializar também utensílios e equipamentos de vídeo, adotando o nome BEST BUY (algo como “a melhor compra”) somente no ano de 1983. Foi neste mesmo ano que a primeira super-loja (chamada em inglês de “superstore”) foi inaugurada na cidade de Burnsville, estado do Minnesota, um formato que oferecia enorme espaço de venda, exposição atraente de produtos, grande variedade de itens de marcas conhecidas com desconto e central de serviço. A empresa não demorou muito para abrir seu capital e começar a comercializar ações na Bolsa de Valores no ano de 1985, possibilitando assim a inauguração de mais 12 lojas e ampliação de seus serviços. Quatro anos depois, a BEST BUY introduziu seu famoso logotipo contendo uma etiqueta amarela, que se tornaria um dos símbolos corporativos mais conhecidos pelos americanos. A empresa teve um crescimento meteórico na década de 1990, chegando a atender cerca de 300 milhões de consumidores por ano e se tornando a segunda maior rede de varejo eletrônico do país. Nesta época suas lojas ficaram conhecidas como “big blue box” em virtude do design externo delas, muito semelhante a uma grande caixa azul.


Em 2001, a BEST BUY começou sua expansão internacional com a aquisição da rede de produtos eletrônicos Future Shop do Canadá por US$ 368 milhões, inaugurando suas oito primeiras unidades sob a marca BEST BUY em solo canadense na região da grande Toronto, no ano seguinte. A BEST BUY iniciou suas operações na China em 2003, inaugurando, três anos depois, em dezembro de 2006, uma enorme loja (a maior da rede no mundo) na cidade de Xangai. Nesta época a empresa comemorou a abertura de sua loja de número 800 nos Estados Unidos. Dois anos mais tarde, a rede inaugurou sua milésima loja na cidade de Bloomington, estado de Minnesota. Ainda neste mesmo ano inaugurou lojas pilotos em Porto Rico e no México. Mais recentemente, em 2010, a rede inaugurou sua primeira loja no Reino Unido. Nos meses seguintes novas unidades foram abertas, iniciando assim seu plano de expansão pelo continente europeu, que não durou muito tempo em virtude da crise global por qual atravessa o velho continente.


No início de 2011, a empresa fechou todas as suas lojas na China, reforçando que sua aposta no mercado chinês iria restringir-se às operações da Five Star, rede de eletrônicos que adquiriu sete anos atrás. Nos últimos anos a BEST BUY vem sofrendo pesada e forte concorrência de grandes varejistas como o Walmart, e apesar dos prejuízos acumulados, a empresa está aos poucos tentando se reinventar, o que inclui a adoção de novos formatos e conceitos de lojas. Atualmente, cada loja da rede é muito bem dividida, em termos de layout, de acordo com suas enormes sessões: eletrodomésticos, eletroeletrônicos, games, informática e home-theater. Cada uma dessas lojas trabalha com um portfólio de marcas globais, incluindo corners especiais (espécie de “store-in-store”) da Apple, Samsung e Microsoft.


A linha do tempo
1983
Iniciou a comercialização de vídeos cassetes em suas lojas.
1989
Implantação do sistema “Grab-and-go” (semelhante ao pegue e pague) em suas lojas.
1997
Se torna a primeira rede de varejo do segmento a comercializar hardware e software de DVD. Um ano depois a BEST BUY já vendia mais de um milhão de DVDs.
1998
Inicia a comercialização de televisões de alta definição em suas lojas.
2000
Lançamento de seu comércio on-line na Internet, inaugurando mais um canal de vendas.
A rede interrompe as vendas de equipamentos cassetes.
Aquisição da MAGNOLIA Hi-Fi (renomeada Magnolia Audio Video em 2003), rede de 13 lojas especializada na venda de eletrônicos de alta tecnologia.
2001
Lançamento do Redline Entertainment, um selo independente de música e distribuidor de vídeos esportivos.
2002
Aquisição da GEEK SQUAD, empresa de suporte informático com atendimento 24 horas por dia.
2003
Lançamento do REWARD ZONE, programa de fidelidade da BEST BUY. Atualmente o programa, um dos maiores do mercado americano, possui mais de 40 milhões de membros.
2004
Inaugurado, em todas as lojas da rede, quiosques da Geek Squad, fornecendo serviços informáticos e instalações a domicílio durante o horário comercial. Contando com mais de 20.000 técnicos, o serviço é divulgado com o slogan “Go Ahead. Use us”.
Lançamento do LEARNING PLACE, serviço de pós-venda on-line.
Lançamento, como item opcional, mediante à pagamento, da garantia estendida para todos os produtos, manual de instrução interativo e fórum de discussão on-line.
2006
Inauguração na cidade de Nova York da primeira unidade da BEST BUY MOBILE, pequenas lojas especializadas em telefones celulares e acessórios. Em 2013 este formato de loja atingiu mais de 300 unidades, que oferecem aproximadamente 90 modelos diferentes de celulares e smartphones e 130 tipos de acessórios.
2008
Lançamento da BEST BUY EXPRESS, uma máquina de venda automática que comercializa itens como máquinas fotográficas, iPod, GPS, filmadoras, HD externos, adaptadores, pen drives, fones de ouvido e muito mais. Inicialmente restritas a aeroportos, essas máquinas foram também instaladas em alguns selecionados centros de compra nos Estados Unidos. Em 2013 este formato foi lançado no mercado chinês.
Aquisição do site de vendas de músicas digitais Napster por US$ 121 milhões.
Iniciou a comercialização, em algumas de suas lojas, de instrumentos musicais. Atualmente mais de 100 lojas da rede nos Estados Unidos comercializam instrumentos musicais.
2013
Concretização de uma parceria com a Microsoft que permitirá montar pequenas lojas WINDOWS STORE (para comercializar produtos como sistemas operacionais, Office, Xbox, Surface, Windows Phones) dentro de aproximadamente 600 unidades da BEST BUY espalhadas pelos Estados Unidos. Vale lembrar que a Apple e a Samsung já possuem pequenas lojas dentro de unidades da BEST BUY.


A evolução visual
A BEST BUY só adotou esse nome em 1983. Mas seu famoso logotipo com a etiqueta amarela somente surgiria em 1992, e rapidamente se transformaria em um dos símbolos mais conhecidos do varejo americano. Além da mudança radical, o logotipo perdeu definitivamente a palavra “superstores”.


Em agosto de 2008 a BEST BUY lançou uma nova identidade visual como teste de mercado na inauguração de uma loja no Mall of America na cidade de Blooming em Minnesota. A tradicional “etiquetinha amarela”, que já ficou famosa, continuava lá, mas nesta versão isolada da tipografia, que ganhou uma fonte mais moderna, e deixou de ser escrita toda em caixa alta. Além disso, a marca ganhou uma cor de fundo para ser aplicada nas fachadas das lojas. Porém, passados cinco anos, apesar dos planos de implantação, essa identidade visual está restrita apenas a essa loja.


Os slogans
Making Technology Work For You. (2012)
Turn on the fun. (2009)
The State of Things. (2008)
Have Fun While Being the Best.
Thousands of possibilities. Get Yours.


Dados corporativos
● Origem: Estados Unidos
● Fundação: 1966
● Fundador: Richard M. Schulze
● Sede mundial: Richfield, Minnesota
● Proprietário da marca: Best Buy Co. Inc.
● Capital aberto: Sim (1985)
● Chairman: Hatim Tiyabi
● CEO & Presidente: Hubert Joly
● Faturamento: US$ 49.1 bilhões (2012)
● Lucro: - US$ 483.3 milhões (2012)
● Valor de mercado: US$ 9.1 bilhões (junho/2013)
● Lojas: + 1.400
● Presença global: 4 países
● Presença no Brasil: Não
● Funcionários: 165.000
● Segmento: Varejo
● Principais produtos: Eletrônicos e eletrodomésticos
● Concorrentes diretos: Walmart, RadioShack, Amazon.com e Apple Stores
● Slogan: Making Technology Work For You.
● Website: www.bestbuy.com

A marca no mundo
A rede BEST BUY, líder no mercado americano em sua categoria com aproximadamente 19% de participação, comercializa produtos como computadores, câmeras, DVDs, videogames, celulares, eletrônicos, eletrodomésticos entre outros, através de 1.400 lojas nos Estados Unidos (incluindo Porto Rico) e Canadá, além de México e China, empregando 165 mil funcionários e alcançando faturamento próximo a US$ 50 bilhões. A empresa opera também várias outras redes: Future Shop (139 lojas no Canadá), Magnolia Audio (6 lojas nos estados de Washington, Oregon e Califórnia), Five Star Electronic (China), além de 305 BEST BUY MOBILE, pequenas lojas especializadas na venda de telefones celulares, e mais de 130 BEST BUY EXPRESS, máquinas automáticas de venda localizadas em aeroportos e centros de compras. A empresa está entre as dez maiores do segmento de comércio eletrônico nos Estados Unidos. Além disso, por suas lojas passam anualmente mais de 600 milhões de consumidores.

Você sabia?
A marca utiliza-se de conceitos como “Making Life Fun and Easy” ou “Having Fun While Being the Best” para se posicionar diante dos consumidores.
Os funcionários da BEST BUY são carinhosamente chamados de “Blue Shirt Team”, em virtude da camisa polo azul-royal que utilizam.


As fontes: as informações foram retiradas e compiladas do site oficial da empresa (em várias línguas), revistas (Fortune, Forbes, Newsweek, BusinessWeek e Time), sites especializados em Marketing e Branding (BrandChannel e Interbrand), Wikipedia (informações devidamente checadas) e sites financeiros (Google Finance, Yahoo Finance e Hoovers).

Última atualização em 16/6/2013

Um comentário:

frog disse...

Parabéns pelo esplendoroso trabalho!

Vou dar uma dica: você poderia adicionar nas informações os maiores concorrentes da empresa postada, daria um panorama do mercado.

abraço e keep on the good work!