16.5.06

OREO


Para muitos eles são deliciosos e incomparáveis. Um prazer como nenhum outro quando o assunto é biscoito. A forma mais divertida de comê-los exige um exclusivo ritual: girar, lamber e mergulhar, de preferência no leite. De um biscoito a ícone da cultura americana, onde OREO é o favorito desde 1912, o produto não têm consumidores, tem seguidores espalhados em todas as partes do mundo. 

A história 
Os famosos biscoitos OREO foram produzidos e introduzidos no mercado pela primeira vez na cidade de Nova York no dia 6 de março de 1912 pela National Biscuit Company (mais tarde conhecida como Nabisco), sendo vendidos originalmente em latas por apenas 30 centavos de dólar. Essas latas foram as primeiras da época a possuir tampas de transparentes para que os consumidores pudessem ver o produto que estava dentro, e assim conferir sua qualidade. Inicialmente criados para atingir o mercado britânico e inspirados nos biscoitos Hydrox, os redondos biscoitos de chocolate recheados formavam uma espécie de sanduíche e estavam disponíveis nos sabores baunilha e limão. A versão com recheio sabor de limão foi descontinuada na década de 1920, mesmo período que OREO começou a ser exportado para países da América Central e Caribe. Nas quatro décadas seguintes OREO se tornou um ícone americano, também adorado por uma enorme legião de fãs em outros países, como por exemplo, no Canadá, onde foi introduzido em 1949.


No ano de 1974 o nome oficial do produto passou a ser OREO CHOCOLATE SANDWICH COOKIES. Neste mesmo período a marca começou a diversificar sua gama de produtos com o lançamento de uma versão que possuía o dobro de recheio de baunilha, para deleite de seus ávidos consumidores. Nas décadas seguintes sua popularidade cresceu ainda mais quando OREO começou a ser utilizada como ingrediente para a confecção de vários tipos de bolo e sobremesas. Esmagadas e polvilhadas sobre sorvetes, utilizadas como base para cheesecakes ou partidas grosseiramente e misturadas com morangos e framboesas eram algumas formas diferentes de saborear OREO. Além disso, a marca iniciou o lançamento de edição especiais e limitada do produto, como por exemplo, em 1985 com o OREO recheado com creme de menta.


Produtos sazonais começaram a serem introduzidos no mercado em 1991, com o lançamento da HALLOWEEN OREO (especial para a comemoração do Dia das Bruxas, onde o recheio adquire a cor laranja); em 1995 com a introdução da CHRISTMAS OREO, uma edição especial desenvolvida para as festas de final de ano, onde o recheio adquire as cores verde e vermelha; e até uma versão em cor pastéis para a Páscoa. Nesta época o tradicional biscoito já era comercializado em mais de 30 países ao redor do mundo. Somente no ano de 1996 OREO foi oficialmente lançado no enorme mercado chinês e se tornou um verdadeiro sucesso.


Nos anos seguintes OREO iniciou o lançamento de diversos sabores, alguns deles sazonais e por tempo limitado, além de versões com poucas calorias. A marca também começou sua expansão para outras categorias com o lançamento dos sorvetes OREO, produzidos sob licença por empresas como Nestlé e Breyer’s; e os cones (casquinhas de sorvetes) feitos do tradicional biscoito. Além disso, ingressou em novos mercados, como em 2001, quando foi introduzido na Arábia Saudita, se transformando em uma das marcas mais valiosas da antiga Kraft Foods (atual Mondelēz International). Nessa época OREO também ganhou novos sabores como manteiga de amendoim, menta e café. No ano de 2004, em uma atitude ousada, a Nabisco resolveu unir dois dos mais adorados ícones da cultura americana: as bolachas OREO estrearam nas prateleiras com o logotipo Got Milk? (popular campanha americana de incentivo ao consumo de leite) estampada não somente nas embalagens, como também na própria bolacha. Pouco depois, em 2006, todos os biscoitos da linha OREO passaram a ser produzidas sem óleos hidrogenados e assumiram o posto de mais vendidos no enorme mercado chinês. Nesse mesmo ano a marca lançou no mercado uma versão orgânica do tradicional biscoito. Uma das mais recentes novidades da marca foi o lançamento em 2010 de uma edição especial recheada com creme no sabor morango.


Somente em 1994 o biscoito foi lançado no mercado brasileiro. Apesar de não ficar muito tempo no Brasil (foi retirado em 2000 e voltou por um breve período entre 2004 e 2007), essas delícias conquistaram milhares de apreciadores e deixaram enorme saudade. Depois de investir R$ 72 milhões para produzir a OREO no país, em novembro de 2013, após insistentes pedidos dos consumidores nas redes sociais, o tradicional biscoito foi relançado no mercado brasileiro, para deleite dos fãs. OREO tentará repetir por aqui o enorme sucesso que faz no mercado americano, onde é cultuado como um ícone das guloseimas. Uma rápida pesquisa na internet mostra o quanto OREO é adorado. Há um número enorme de sites e blogs dedicados ao biscoito. Nas redes sociais são mais de 35 milhões de seguidores. Geralmente, essas páginas apresentam formas inusitadas de consumir a delícia – segundo pesquisa feita pela fabricante, por exemplo, 50% dos consumidores abrem a bolacha para comer primeiro o recheio, depois os biscoitos.


Os irresistíveis sabores 
Desde o lançamento no mercado da versão tradicional (dois biscoitos com creme no meio) as icônicas OREO ganharam, dependendo da região, novas e deliciosas variações. Em alguns países, existem versões locais de OREO. Na Argentina, por exemplo, ele é vendido na versão banana com doce de leite. Os indianos contam com os sabores morango e chá-verde. Atualmente, somente no mercado americano, são oferecidas inúmeras versões, como: 
DOUBLE STUF OREO (1974) – O tradicional biscoito com o dobro de creme em seu recheio. 
BIG STUF OREO (1987) – O tradicional biscoito com o triplo do tamanho. Eram vendidos individualmente e continham 316 calorias. Essa versão não é mais produzida desde 1991. 
DOUBLE DELIGHT OREO (1987) – O biscoito tradicional com recheio extra. Atualmente existem também as versões manteiga de amendoim com chocolate (Double Delight Peanut Butter & Chocolate), creme de café (Double Delight Coffee ‘n Creme) e creme de menta (Double Delight Mint’n Creme). 
FUDGE MILK COVERED OREO (1987) – O tradicional biscoito com cobertura de calda de chocolate. 
WHITE FUDGE COVERED OREO (1990) – O biscoito coberto com calda de chocolate branco. 
MINI OREO (1992) – O tradicional biscoito em tamanho menor. Este produto se transformou em um dos mais vendidos da marca no mundo, especialmente junto ao público infantil. 
REDUCED FAT OREO (1994) – Versão do biscoito com redução de gordura. 
GOLDEN CHOCOLATE CRÈME OREO (2003) – O tradicional biscoito ao inverso: bolacha de baunilha com recheio de chocolate. 
GOLDEN OREO (2004) – Biscoito de baunilha com creme também no sabor de baunilha. 
DUO OREO (2006) – Um biscoito de chocolate outro de baunilha com creme de baunilha. 
SUGAR FREE OREO (2006) – Versão do tradicional biscoito sem açúcar e com 450% mais fibras. 
OREO WaferStix (2007) - O tradicional biscoito em formato de palito (stick) recoberto com chocolate. 
OREO CAKESTER (2007) - Uma espécie de bolinho redondo macio recheado com um delicioso creme de baunilha. É praticamente uma versão macia do tradicional biscoito. 
BANANA SPLIT CREME OREO (2008) - Edição limitada do tradicional biscoito com sabor de banana. 
OREO FUDGE RINGS (2008) - O tradicional biscoito em forma de rosquinha recoberto por uma deliciosa calda de creme.


O ritual 
Como parte de uma bem sucedida campanha de marketing, os biscoitos OREO tentam transmitir aos seus fiéis consumidores uma ideia de diversão através de um verdadeiro ritual de consumo: girar, lamber e mergulhar, preferencialmente no leite. O ritual criado, conhecido como “twist, lick, dunk”, tem presença constante na comunicação da marca, ajudando a torná-la um verdadeiro ícone no segmento de guloseimas.


Um século de diversão 
O tradicional e icônico biscoito OREO completou 100 anos em 2012. E para comemorar tal data, a marca lançou uma campanha de marketing que reforçava o conceito “Celebrate The Kid Inside” (“celebre a criança que há dentro de você”), composta por uma série de anúncios impressos que possuíam o biscoito como tema principal para relembrar fatos importantes na história mundial ocorridos nos últimos cem anos.


Entre os assuntos tratados e relatados pela campanha, cujo tema é descrito utilizando o tradicional biscoito de forma criativa, estão o nascimento do Rock n’ Roll e do Pac-Man, a primeira aparição da Branca de Neve e os Sete Anões, a conquista do Mente Everest, filmes famosos, o primeiro passo do homem na Lua, a TV colorida, entre outros.


A origem do nome 
O nome OREO foi registrado como marca em 1913, um ano após o lançamento do biscoito no mercado. A origem dele é incerta, porém muitas teorias surgiram a respeito: o nome derivaria da palavra francesa OR, que significa gold (ouro), cor usada nas primeiras embalagens do biscoito. Outra hipótese é que o nome venha da palavra grega “OREO” que significa montanha ou colina. Quando o biscoito foi produzido pela primeira vez, era modelado em montinhos, semelhante à uma pequena colina. Outra história conta ainda que o nome deriva de um radical grego que significa apetitoso. Em relação ao nome comercial do biscoito, ele foi lançado como OREO BISCUIT, mas em 1921 passou a adotar o nome OREO SANDWICH. Depois de ter o nome alterado em 1937 para OREO CRÈME SANDWICH, em 1974 para OREO CHOCOLATE SANDWICH, e finalmente o tradicional biscoito adotou o nome OREO SANDWICH COOKIES.


Outra inovação do produto quando foi lançado no mercado era o nome OREO impresso na face dos biscoitos. O design atual do biscoito foi desenvolvido em 1916 (com o nome OREO ao centro e uma fina coroa em toda borda) e modificado em 1952 por William A. Turnier para a introdução do logotipo da Nabisco Cookie Company. Acompanhe abaixo a evolução do design do biscoito ao longo dos anos.


A evolução visual 
Ao longo dos anos o logotipo da marca sofreu algumas modificações. Desde meados da década de 1920 até 1952 OREO utilizou um logotipo que teve várias tipografias de letra, mas sempre dentro de um fundo vermelho. A partir de então a identidade visual da marca assumiu as cores azul e branca, e em 1982 uma tipografia de letra semelhante a atual foi adotada.


Desde a década de 1990 o logotipo foi adquirindo um visual mais moderno, atual e divertido, preservando as cores azul e branca e até ganhando uma inclinação. A versão atual do logotipo foi adotada em 2001.


Em relação às embalagens as mudanças também foram acentuadas. Originalmente dourada, no decorrer dos anos foi ganhando um design mais moderno e prático, e a partir dos anos de 1970 assumiu de vez a predominância da cor azul.


Os slogans 
Milk’s Favorite Cookie. (2004) 
America’s Favorite Cookie. 
Oreo, the Original Twister. (1990) 
Who’s the Kid with the Oreo Cookie? (1986) 
The One and Only. (1982) 
America’s Best Loved Cookie. (1982) 
For the Kid in All of Us. (1980) 
Oh! Oh! Oreo! (1950) 
Twist Lick Dunk. Only OREO. (Reino Unido)


Dados corporativos 
● Origem: Estados Unidos 
● Lançamento: 6 de março de 1912 
● Criador: Nabisco 
● Sede mundial: Deerfield, Illinois 
● Proprietário da marca: Mondelēz International, Inc. 
● Capital aberto: Não 
● Chairman & CEO: Irene Rosenfeld 
● Faturamento: US$ 2 bilhões (estimado) 
● Lucro: Não divulgado 
● Presença global: + 100 países 
● Presença no Brasil: Sim 
● Segmento: Alimentos 
● Principais produtos: Biscoitos 
● Concorrentes diretos: Keebler, Nestlé e Negresco (Brasil) 
● Ícones: O formato redondo do biscoito 
● Slogan: Milk’s Favorite Cookie. 
● Website: www.oreo.com 

A marca no mundo 
A linha de biscoitos e produtos com a marca OREO é vendida em mais de 100 países ao redor do mundo. A marca tem como seus maiores mercados os Estados Unidos, China (responde por 30% das vendas), Venezuela, Canadá, Indonésia, México, Espanha, América Centra e Caribe, Reino Unido e Argentina. Mais de 12 bilhões de OREO são consumidos anualmente, fazendo do biscoito o mais conhecido e consumido do mercado americano e um dos principais no mundo. Desde seu lançamento foram produzidos mais de 535 bilhões de biscoitos. A popularidade de OREO é tamanha que a marca está entre as cinco do mercado americano com maior presença nas redes sociais. Além disso, OREO sozinho fatura mais de US$ 2 bilhões por ano. 

Você sabia? 
Uma versão tradicional OREO é composta por 29% de creme e 71% de biscoito de chocolate. 
Existe um local em Nova York chamado Oreo Way. Fica na 9º Avenida, entre a 15a e a 16a rua, e era lá que se situava a primeira fábrica da Nabisco, local onde foram fabricados os primeiros biscoitos OREO. 
50% dos consumidores separam seus biscoitos antes de comer, com as mulheres torcendo-os para separá-los com mais frequência do que os homens. 


As fontes: as informações foram retiradas e compiladas do site oficial da empresa (em várias línguas), revistas (Fortune, Forbes, Newsweek, BusinessWeek e Isto é Dinheiro), jornais (Valor Econômico e Meio Mensagem), sites especializados em Marketing e Branding (BrandChannel e Mundo Marketing) e Wikipedia (informações devidamente checadas). 

Última atualização em 16/12/2013

12 comentários:

jujuba disse...

de uns tempos para cá não encontro mais bolachas OREO. será que é só aqui em Brasília?

detynha disse...

como conseguir as canecas oreon?
ja tenho 3 das magicas e 2 k tem os desenhos dos paises/continentes...
agradeço... pois keria completa-las

Anônimo disse...

pois eh jah fui em tudo quanto eh lugar naum encontro mais dela pra vnder e os logistas falam q ela saiu do mecado brasileiro queria saber oq acontece.....moro em são paulo abraços ^^

mauro disse...

XD

mauro disse...

pois eh jah fui em tudo quanto eh lugar naum encontro mais dela pra vnder e os logistas falam q ela saiu do mecado brasileiro queria saber oq acontece.....moro em são paulo abraços ^^

Anônimo disse...

Aqui em BH também não consigo mais encontrá-las..
Sonhei que estava comprando vários pacotes de oreo e agora não acho pra comprar..

averymarks disse...

eu enviei um e-mail para a nabisco questionando a ausencia dos biscoitos Oreo no Brasil, eles disseram que a nabisco não exportará a marca oreo para cá por agora, devido a questões comerciais. Eu acho que existe algum acordo entre a nestle e nabisco para dividir mercados, talvez a oreo tenha saido de cena aqui em pró do biscoito negresco, resultado deste tal acordo comercial.

Anônimo disse...

Acabo de voltar do exterior onde comi OREO - SANDWICH COOKIES - CHOCOLATE FUDGE COVERED e OREO - SANDWICH COOKIES - FUDGEES CHOCOLATE FUDGE FILLING e ADOREI! Gostaria d sugerir q estes biscoitos fossem comercializados tbem no Brasil

Anônimo disse...

Realmente o Oreo não é mais vendido por aqui. Poderíamos mandar um email sugerindo que esse produto voltasse ao Brasil. Talvez isso mostraria que o mercado vale a pena.

marcia disse...

TENHO PROCURADO ESTE BISCOITO E NAO ENCONTREI POR FAVOR ME DIGA ONDE ENCONTRAR AQUI EM GOIANIA -GO

Anônimo disse...

Acho que tem espaço aqui no Brasil para o Óreo e o Negresco .Por favor volta,Óreo da Nabisco!

Anônimo disse...

Sempre fui viciada em biscoito recheado, quando criança comia o Tostine de Chocolate, posteriormente, consumir o passatempo, depois de um tempo negresco, mudei pra trakinas e, agora, com mais de 30 anos estou viciada no Oreo. O que mais gosto é que não há leite na composição.