22.5.06

KIT KAT


Suas embalagens de cor vermelha e branca são inconfundíveis e carregam dentro um delicioso, e para muitos, irresistível, wafer crocante coberto com o mais puro chocolate ao leite. Seus consumidores são verdadeiros apaixonados. Os chocolates Kit Kat, um dos mais vendidos do mundo, transformam o momento em saboreá-lo um delírio sem igual para milhões de chocólatras. 

A história 
A história da tradicional marca começou quando no dia 29 de agosto de 1935 a empresa britânica Rowentree Limited of York lançou no mercado, inicialmente na cidade de Londres, e pouco depois no sul do país, um wafer crocante coberto com uma grossa camada de chocolate ao leite, com o nome de Rowntree’s Chocolate Crsip. A ideia de desenvolver esse chocolate aconteceu depois que um dos funcionários da empresa fez uma sugestão para criar um snack delicioso e nutritivo que pudesse ser levado na marmita pelos trabalhadores. A versão original do chocolate continha quatro fileiras unidas de wafer (chamadas “Fingers”) cobertas com chocolate ao leite. Cada fileira tinha exatos 1 cm de largura e 12 cm de comprimento.


Somente no ano de 1937, esse chocolate ganhou oficialmente o nome de Kit Kat Chocolate Crisp. O nome, segundo conta a história, deriva do Kit-Kat Club, um centenário clube literário da cidade de Londres, que devido ao teto baixo, eram expostos quadros retangulares, largos e não muito altos, conhecidos no meio artístico como “Kit Kats”. Nessa época o produto era líder de venda em sua categoria. Os primeiros slogans utilizados na comunicação da marca foram “The biggest little meal” (em tradução livre “A maior das pequenas refeições”) e “The best companion to a cup of tea” (algo como “A melhor companhia para uma xícara de chá”). Na década de 1940, o personagem “KITTY The KAT” (um simpático gato) tornou-se garoto propaganda do chocolate quando o produto passou a ser produzido oficialmente com duas fileiras unidas (Two Fingers), para ressaltar a alta qualidade do leite com que era feito.


Durante a Segunda Guerra Mundial o chocolate foi um valioso alimento, de tal forma que a publicidade de Kit Kat na época o descrevia como um chocolate que as pessoas ativas necessitavam, demonstrado pelo slogan “What active people need”. O produto sempre adotou as cores vermelha e branca desde que começou a ser vendido em lojas, porém, durante a Segunda Guerra Mundial o Kit Kat foi embalado em papel azul, pois o chocolate passou a ser feito sem leite, apenas com chocolate amargo, em virtude do racionamento no período do conflito. Nesta época, o chocolate teve seu nome oficialmente abreviado apenas para Kit Kat. Em 1947, o delicioso chocolate voltou a ser comercializado em sua tradicional embalagem vermelha, que ficaria mais brilhante e viva no ano de 1973, isto depois de passar por uma pequena reestilização para ganhar um visual mais moderno e atraente.


Foi ainda na década de 1940, que devido ao enorme sucesso entre os consumidores do Reino Unido, Kit Kat começou a ser exportado para outros países como Canadá, África do Sul, Austrália e Nova Zelândia. No final da década de 1960, através de um acordo de licenciamento com a Hershey’s, o tradicional chocolate começou a ser vendido e produzido nos Estados Unidos. Além disso, Kit Kat também foi introduzido no Japão em 1973, mercado que se tornaria extremamente importante para a marca, não somente em volume de vendas como também pelas versões com sabores exóticos e diferenciados.


A marca foi adquirida pela poderosa Nestlé em 1988 e iniciou um forte processo de expansão pelos países asiáticos e da América Latina. Pouco depois, em 1993, o logotipo oval em design estilizado foi introduzido. Nos anos seguintes a marca lançou no mercado outras variações do tradicional Kit Kat, como por exemplo, o chocolate com recheio de caramelo, manteiga de amendoim, laranja e até chocolate branco com limão. Além disso, o tradicional chocolate ganhou também formatos variados, como a versão em miniatura, e as edições limitadas e comemorativas (Dia dos Namorados, Dia das Bruxas). Com a chegada do novo milênio, o chocolate passou a ser produzido em diversas fábricas da Nestlé espalhadas pelo mundo e introduzido em novos mercados. O ano de 2008 foi muito importante para a marca pela melhoria introduzida na receita, aumentando o frescor do produto, tornando-o ainda mais crocante e cremoso. No dia 10 de outubro de 2010 o chocolate comemorou oficialmente 75 anos de vida lançando uma embalagem em edição limitada que recriava o logotipo original da marca.


A partir do mês de julho de 2011, após insistentes e acalorados pedidos dos consumidores através do Serviço de Atendimento ao Consumidor e redes sociais, além de pessoas que viajavam para o exterior e se questionavam o motivo do chocolate só existir dentro dos aeroportos, a Nestlé decidiu relançar no Brasil o tradicional chocolate (a versão “Four finger”, formada por quatro pequenas barras), que estreou por aqui no início dos anos de 1990, mas teve a comercialização suspensa em 1994 devido às fracas vendas. E o público adorou: o produto conseguiu crescer 65% em participação de mercado e 56% em unidades vendidas entre 2013 e 2014, no Brasil.


Ainda em 2013, através de uma parceria criativa entre o Google e a Nestlé, o gigante da tecnologia lançou a nova versão de seu sistema operacional para dispositivos móveis, seguindo a tradição de batizá-lo com nomes de apetitosos doces: Android Kit Kat. Como parte da campanha de marketing do novo Android, a Nestlé remodelou a embalagem do KitKat, por tempo limitado, para 19 mercados mundiais, como por exemplo, Austrália, Alemanha, Índia, Japão, Oriente Médio, Rússia e Estados Unidos. A promoção para o mercado americano distribuiu diversos prêmios como tablets Nexus 7, 150 mil cupons de créditos de US$ 5 para o Google Play e 20 mil bolsas de Kit Kat. Além disso, nas embalagens dos chocolates, em edição limitada, o tradicional robô verde, símbolo do Android, aparecia mordendo uma barra do delicioso chocolate.


A linha do tempo 
1996 
Lançamento do chocolate com recheio de laranja, primeira variação de sabor do Kit Kat na história da marca. O produto esteve disponível inicialmente no Reino Unido. 
1997 
Lançamento do KIT KAT MINT, o tradicional chocolate com sabor de menta. 
Lançamento do KIT KAT DARK, o tradicional chocolate na versão amarga. 
1999 
Lançamento, primeiramente na Inglaterra, do KIT KAT CHUNKY (conhecido nos Estados Unidos como BIG KAT), mesmo chocolate que o original, porém em tamanho maior e apenas uma fileira (com 2.5 cm de largura), que se tornou um dos maiores sucessos da marca nessa década. Em apenas uma semana foram vendidos aproximadamente 54 milhões de chocolates. 
2003 
Lançamento da edição especial KIT KAT WHITE LEMON (chocolate branco e limão). 
Lançamento do KIT KAT KUBES, o tradicional chocolate em formato de pequenos cubos. 
2004 
Lançamento da edição especial KIT KAT BLOOD ORANGE (laranja vermelha). 
2005 
Lançamento do KIT KAT CARAMAC (com recheio de caramelo). 
Lançamento do KIT KAT POP CHOC, o tradicional chocolate em formato de pequenas bolinhas, que imitam pipocas. 
2006 
Lançamento do KIT KAT FINE DARK, nova versão feita com chocolate amargo para os mercados inglês e alemão. 
Lançamento do KIT KAT CHUNKY PEANUT BUTTER, chocolate na versão gigante e recheado com manteiga de amendoim. 
2007 
Lançamento, inicialmente no Canadá, do KIT KAT SINGLES, o tradicional chocolate com apenas uma fileira. 
2008 
Lançamento do KIT KAT SENSES, uma nova versão do chocolate original, com wafer crocante, chocolate ao leite e recheio de creme de avelã. Com apenas 165 calorias, essa versão foi especialmente desenvolvida para o público feminino. 
2012 
Lançamento no Reino Unido do KIT KAT COOKIES & CREAM, o tradicional chocolate com recheio de creme e deliciosos pedaços de cookies. 
Lançamento do KIT KAT CHUNKY WHITE, versão maior com cobertura de chocolate branco. 
2015 
Lançamento da edição limitada KIT KAT TOFFEE TREAT, wafer coberto com o tradicional chocolate ao leite e chocolate branco com caramelo.


Os sabores 
Dependendo dos países em que é comercializado, os chocolates Kit Kat possuem uma grande variedade de formatos (4 fileiras, 2 fileiras, 1 fileira, cubos, mini e até ovo de Páscoa) e sabores, alguns deles considerados bastante exóticos e até estranhos. O Japão é o campeão de sabores, muito deles inusitados, como por exemplo, uma versão coberta com chocolate misturado com matcha (pó de chá verde), outros recheados ou com sabores de creme de kinako (farelo de soja), vinagre de maçã, rosas, batata doce com gergelim, caramelo com sal, milho, flor de cerejeira, morango, laranja e limão, pera, uva, manga, soja verde, pimenta japonesa, biscoito de canela, chá verde torrado, cheesecake de morango, xarope de açúcar mascavo, feijão vermelho e até wasabi (pasta verde fresca e picante). Até uma versão do chocolate para ir ao forno foi lançada recentemente (depois de dois minutos se transforma em um cookie crocante). No início de 2014, a Nestlé inaugurou o primeiro museu e butique Kit Kat (batizada de Chocolatory) do mundo na cidade de Tóquio, em resposta aos seguidores que têm a marca no país como uma espécie de culto. Desde 2000 o Japão já lançou mais de 200 sabores de Kit Kat (muitos dos quais em edição limitada).


Outras versões já oferecidas são: KIT KAT CHIL IT (para ser colocada na geladeira); café e canela, maçã ao vinagre, kiwi, morango e banana (Canadá); abacaxi (África do Sul); manteiga de amendoim (Reino Unido) e abóbora (edição especial para O Dia das Bruxas), comercializada nos Estados Unidos. Além disso, no Reino Unido, existe a versão de luxo “Editions”, que apresenta sabores refinados como Tiramisu, laranja de Sevilha, sonho de caramelo e caramelo dourado. Também existe a versão com limão, edição limitada para o Dia dos Namorados, e a cobertura com até 70% de cacau. Em alguns países, como Canadá e Reino Unido, a Nestlé produz ainda o sorvete Kit Kat, disponível em tijolos, cones e picolés, e também na versão de sobremesa láctea cremosa.


Campanhas que fizeram história 
A ideia da pausa aparece na comunicação da marca desde 1939. Mas foi somente em 1957 que a agência de publicidade JWT criou uma das campanhas mais conhecidas e duradouras da publicidade mundial com o famoso slogan “Have a Break. Have a Kit Kat.” (em português “Dê um Tempo. Coma um Kit Kat.”), que acompanha o chocolate até os dias de hoje. O conceito da campanha era simples e direto: faça uma pausa, quer seja no trabalho, no esporte ou na diversão, e adicione um toque de prazer extra, saboreando um chocolate Kit Kat. Em outras palavras: quatro pequenas barrinhas de chocolate que devem ser consumidos em separado, aumentando assim o tempo necessário para degustar e, por consequência uma pausa maior. A campanha marcou o primeiro comercial de televisão da marca Kit Kat, que estreou em 1958. E fez tanto sucesso que as vendas aumentaram 25%. Somente em 1969 surgiu o primeiro comercial de televisão colorido do produto.


Em 1987, uma campanha estrelada por ursos pandas patinadores se tornou extremamente popular no Reino Unido (clique aqui para assistir ). Nos últimos anos as ações em torno do posicionamento da marca se intensificaram. Em uma delas foi criado um filme, intitulado “Third Life”. Desenvolvido e criado exclusivamente para internet, o que mais chamava atenção era a capacidade viral de um filme que não escondeu o fato de que era na verdade um comercial. Normalmente, ações virais omitem a autoria “oficial” das marcas. Utilizando um conceito baseado no slogan “Have a Break, Have a Kit Kat”, e apresentado através de uma divertida sátira ao Second Life, o então famoso simulador da vida real em um mundo virtual totalmente 3D, o filme cativou os internautas e se tornou um enorme sucesso. Clique aqui para assistir ao filme. Mais recentemente a marca realizou um “break” mundial, convidando os consumidores à pararem um pouco suas rotinas e desejarem um mundo melhor.


A evolução visual 
O tradicional logotipo da marca passou por algumas alterações ao longo dos anos, com pequenas variações na tipografia da letra. A partir da década de 1990, após a marca ser adquirida pela Nestlé, o logotipo da empresa suíça foi incorporado a identidade visual da marca. Mais tarde, em 2003, a identidade visual foi revitalizada ganhando uma inclinação e novos detalhes.


As embalagens de Kit Kat também evoluíram ao longo dos anos, chegando até utilizar a cor azul, em detrimento do tradicional vermelho, no período da Segunda Guerra Mundial. A embalagem vermelha voltaria somente em 1949. Nos últimos anos as embalagens da marca passaram a contar com imagens do tradicional chocolate sendo partido, para mostrar a crocância e o delicioso wafer dentro.


Como nos Estados Unidos a marca é comercializada e distribuída pela The Hershey Company, o produto utiliza embalagem e logotipo diferentes, mas mantém as tradicionais cores branca e vermelha. O logotipo oval foi adotado em 2002. No mercado americano a marca utiliza o slogan “Break time. Anytime”.


Dados corporativos 
● Origem: Inglaterra 
● Lançamento: 29 de agosto de 1935 
● Criador: Rowentree Limited of York 
● Sede mundial: Vevey, Suíça 
● Proprietário da marca: Nestlé S.A. (mundo) e The Hershey Company (USA) 
● Capital aberto: Não 
● CEO: Paul Bulcke 
● Faturamento: US$ 1.5 bilhões (estimado) 
● Lucro: Não divulgado 
● Presença global: 80 países 
● Presença no Brasil: Sim 
● Segmento: Alimentos 
● Principais produtos: Chocolates com wafer 
● Concorrentes diretos: Reese’s, Snickers, TwixMilkaCadbury e Bis (Brasil) 
● Ícones: A embalagem vermelha e branca 
● Slogan: Have a Break, Have a KitKat. 
● Website: www.kitkat.com 

A marca no mundo 
Kit Kat, marca de chocolate da Nestlé mais comercializada no mundo, sendo um dos produtos líderes em sua categoria (segundo em vendas mundiais no segmento de chocolate em barra), é comercializado em mais de 80 países. A marca vende atualmente mais de 650 unidades por segundo. Somente no Reino Unido são consumidos todos os anos mais de 1 bilhão de unidades do tradicional chocolate. No mundo, são 17.6 bilhões de unidades. Seus produtos são comercializados pela Nestlé no mundo inteiro, exceto nos Estados Unidos, onde a The Hershey Company é a responsável pelo Kit Kat, licença obtida através de um acordo com a antiga proprietária da marca, a Rowentree Limited, em 1969. Os chocolates Kit Kat são produzidos em mais de 15 países, entre os quais Inglaterra, Canadá, Austrália, África do Sul, Alemanha, Japão, China, Malásia, Índia, Turquia, Emirados Árabes, Bulgária e Brasil. A cada cinco minutos, são produzidas unidades de KitKat suficientes para ultrapassar a altura da Torre Eiffel. 

Você sabia? 
O Kit Kat é um dos itens mais comercializados nos aeroportos internacionais. 
Nos últimos anos o chocolate virou um grande fenômeno de vendas no Japão, atribuído a similaridade do nome da marca com a expressão “kitto katsu” (em tradução livre para o português “Você irá certamente vencer”). As vendas aumentaram, pois os pais e estudantes começaram a comprar o chocolate para levar nas escolas em dias de prova como um símbolo de boa sorte. 


As fontes: as informações foram retiradas e compiladas do site oficial da empresa (em várias línguas), revistas (Fortune, Forbes, Newsweek, BusinessWeek e Time), sites especializados em Marketing e Branding (BrandChannel e Interbrand), Wikipedia (informações devidamente checadas) e sites financeiros (Google Finance, Yahoo Finance e Hoovers). 

Última atualização em 10/2/2015

16 comentários:

Fernando disse...

KitKat já foi comercializado no Brasil? Existe alguma previsão para tal?

Anônimo disse...

Já foi comercializado sim,antes era normalmente vendido no Brasil, agora é impossivel de encontrá-lo.Somente encontra ele fora do país, ou em free shop.

Anônimo disse...

Alguem tem idéia de porque não é mais vendido aqui no Brasil ????

Anônimo disse...

moro em campinas .... onde posso comprar kit kat?? estou desesperado....
obrigado..

Eric disse...

Eu era muito fã de KitKat... no brasil, sempre comprava... há cerca de 12 anos atrás... hauhuaha...

Ano passado fui pra Irlanda... E trouxe vários pacotes do Chunky, mint e do normal... pena q acabou... Já estou com saudades... enquanto não viajo, nem relançam no brasil... Me contento com BIS.

Anônimo disse...

encontrei kit kat em curitiba, na loja de doces do shopping crystal, perto da entrada dos cinemas. A tristeza é q custa 5 reais a barra (que dor!!!) comprei pra matar a saudade, mas foi triste.... abraço!

Anônimo disse...

Oi, comprei Kit Kat na Sweet Sweet Way no Shopping Cystal em Curitiba... Custou R$ 5.50, não foi barato, mas valeu a pena, estava louca de vontade... Mas se formos pensar, infelismente não dá p ir p fora p trazer, sempre que dá vontade, pelo menos é otimo saber que tem um lugar pertinho de mim, sempre que a vontade apertar...

Centro disse...

Achava que eu era louca, pois me lembrava de já ter comido Kit Kat no Brasil, no entanto nunca mais encontrei este chocolate por aqui. Mesmo por R$ 5,50 eu faria tudo pra ter alguns perto de mim. AMO KIT KAT!!!!

Luis Renato Petroski disse...

Dica pra quem quer ver Kit Kat de volta no Brasil!
Acesse o site da Nestle e va ao link fale conosco. Mande uma mensagem dizendo que gostaria de ter Kit Kat de volta no Brasil. Fiz isso e a central de relacionamento com o cliente da Nestle me telefonou. Na ligação eles falaram que ainda não há previsão de ser novamente comercializado no Brasil, mas todos os emails e pedidos são encaminhados para o departamento de marketing para analise.
Bom, não custa tentar juntar o máximo de pessoas possível pra fazer uma pressão pelo retorno de Kit Kat.

Abraços.

Anônimo disse...

Como foi dito, manifestem o interesse pelo retorno do Kit Kat no site da Nestle! Quanto mais gente, maior a chance dele voltar! :)

Anônimo disse...

Existem sites como o mercadolivre por exemplo onde o kit kat pode ser comprado. São importados e não são baratos.

Anônimo disse...

Outra dica é ir no site da amazon e pedir Kit Kat por lá, não são todas as lojas que entregam aqui no Brasil, mas vai tentando até a char uma, já fiz isso duas vezes e deu tudo certo

Anônimo disse...

É relativamente facil encontrar Kit Kat em São paulo. Existem vário emporios e padarias que vendem o chocolate a mais ou menos R$ 7,50 o tradicional.
Local: Emporio Hungaro (Santo Amaro) e Galeria dos Paes (pinheiros)

Anônimo disse...

Compramos ontem (05/12/2011) um saco de chocoçlates Kit Kat no SAM´s Clube aqui de São Bernardo... eles não sobreviveram ao nosso jantar... rs rs rs

Luis disse...

Comprei lá pro dia 15/12/2011 na Americanas do Barra Shopping, 5 kit kats. parece que está mesmo vindo para o brasil.. achei uma caixa cheia de kit kats grandes (igual ao da 2a foto) cada um por R$3,50!!

Edna Manhica disse...

Gosto muito desde que me conheço como gente. Agora estou a saboerar kit kat dark, o meu predileto.
Amo chocolate, amo kit kat,