16.5.06

GODIVA


O melhor dos prazeres. É assim que os chocólatras definem a marca GODIVA, produtora de um dos melhores chocolates do planeta. O melhor dos vícios para quem gosta de chocolate. Uma indulgência indispensável. Quem já saboreou um legítimo chocolate GODIVA sabe que se trata de uma guloseima digna da realeza. Quando você dá a primeira mordida em um bombom retirado de uma caixa dourada ou vermelha, está mergulhando em uma mística construída detalhe por detalhe no decorrer de quase 90 anos. 

A história 
A história da marca GODIVA começou no ano de 1926 em um pequeno e modesto ateliê liderado por Joseph Draps, descendente de uma tradicional família de confeiteiros, em Bruxelas na Bélgica, quando ele desenvolveu uma fórmula única para um chocolate rico, suave, de alta qualidade e moldado em pequenas conchas. O nome foi uma ideia da esposa de Joseph para fazer uma associação elegante ou até uma homenagem à lendária Lady Godiva, que há mais de 900 anos cavalgou nua pelas ruas pequenas de Coventry, cidade inglesa próxima a Londres, em uma tentativa de interceder junto ao marido, o duque Leofric, a favor dos moradores para que reduzisse os impostos. Com isso, a bela moça se tornou símbolo do proibido e inalcançável. A ideia da família era ligar a marca de chocolates à elegância e requinte da nobre inglesa, transformando essa lenda em algo real, comestível, desejado e de sabor único. Inicialmente os chocolates eram vendidos na própria cidade, onde mantinham uma pequena loja na calçada da Grande Place (Grande Praça). Nos anos seguintes, o sucesso de seu chocolate e iguarias derivadas levou a abertura de outras muitas lojas pelo país.


A primeira loja internacional foi inaugurada em 1958 na cidade de Paris, no sofisticado endereço da Rue St. Honoré, iniciando assim uma tímida globalização da marca. Nesta época, os chocolates da marca eram expostos nas vitrines com se fossem pequenas joias. Pouco depois, outras lojas foram inauguradas no Reino Unido, Alemanha e Itália. E com isso, a fama do chocolate GODIVA cresceu na mesma proporção. No ano de 1966 a marca começou a exportar seus chocolates para os Estados Unidos, onde inicialmente eram vendidos na luxuosa loja de departamento Wanamaker’s, localizada na cidade da Filadélfia. Rapidamente outras refinadas lojas do país começaram a vender os saborosos e macios chocolates da marca belga. A paixão pela inovação e pelo luxo, combinada com sua experiência verdadeiramente notável contida em cada pedaço de chocolate, fizeram com que a marca GODIVA fosse nomeada fornecedora oficial da Casa Real Belga em 1968. Era mais um atestado de excelência para as delícias fabricadas pela marca.


A primeira loja própria da marca nos Estados Unidos foi inaugurada em 1972, no luxuoso endereço da 5ª Avenida em Nova York. Hoje em dia existem mais de 275 lojas da marca espalhadas pelo território americano. Foi também neste mesmo ano que os chocolates GODIVA estiveram disponíveis pela primeira vez no mercado japonês através da prestigiosa loja de departamento Nihonbashi Mitsukoshi em Tóquio, iniciando assim uma expansão pelo continente asiático. Nas décadas seguintes a marca passou a ser presença constante nos mais finos e requintados ambientes do mundo, se transformando inclusive em presente de luxo. Em 1993, a marca resolveu expandir seus produtos ao lançar uma completa linha de cafés aromáticos, bolachas, deliciosas sobremesas e o GODIVA ORIGINAL CHOCOLATE LIQUEUR, um licor a base do mais puro chocolate GODIVA. O produto fez tanto sucesso, que mais três versões foram lançadas posteriormente: Godiva White Chocolate Liqueur (1996), Godiva Mocha Liqueur (2006), Godiva Milk Chocolate Liqueur (2006) e Godiva Dark Chocolate Liqueur (2014).


Em 1997, ocorreu o lançamento da famosa campanha do Dia dos Namorados (conhecida como “Valentine’s Day Chocolate & Diamonds”), onde em uma inteligente ação de marketing três certificados de anéis de diamantes, no valor de US$ 10 mil cada, foram inseridos nas embalagens da linha Love in Bloom, que custavam na época US$ 18. Essa promoção acabou virando um símbolo da marca, tendo continuidade nos anos seguintes com prêmios que incluíam uma BMW Z4 e viagens para hotéis de luxo em lugares românticos. Pouco depois, outros produtos foram introduzidos no mercado, como uma nova linha de biscoitos em 1998; uma linha de sorvete disponível em seis deliciosos sabores em 1999; e a luxuosa G Collecttion, uma linha de bombons decorados à mão com ingredientes selecionados (como mel da Tasmânia e chocolate quente mexicano) e criados pelo chef Norman Love, que estreou em 2003. Outro grande sucesso da marca belga, lançado pela primeira vez em 2005, é o Chocolixir, uma linha de bebidas frias preparada à base do mais puro chocolate GODIVA, que atualmente está disponível em vários sabores que incluem o Dark Chocolate Decadence (chocolate amargo), Milk Chocolate Latte (chocolate ao leite), Milk Chocolate Caramel (chocolate com caramelo) e White Chocolate Raspberry (chocolate branco com morango). Além disso, a marca também produz bombons e chocolates em edições limitadas com embalagens especiais para as principais festas e celebrações ocorridas durante o ano.


No final de 2007 a empresa foi vendida pela Campbell Soup Company por US$ 850 milhões para o grupo Ülker, uma das principais companhias de alimentos da Turquia. No ano seguinte a marca lançou mais uma promoção inusitada nos Estados Unidos para o Dia dos Namorados: uma sala inteira de chocolate, localizada em Nova York, como prêmio para quem comprasse uma caixa de chocolates da marca (vendidas a partir de US$ 23) e achasse o “vale-brinde”. O espaço, criado pelo designer Larry Abel, incluía uma pintura feita com pedaços de chocolate multicoloridos, um sofá com chocolate nas laterais e paredes também feitas do produto. O rosto da promoção era a atriz Ali Larter, da série de TV Heroes.


Recentemente, a China se tornou um mercado estratégico para a marca belga. Sua primeira loja foi inaugurada em setembro de 2009, em Pequim. A importância é tamanha, que em abril de 2010, foi inaugurada em Xangai a maior loja de chocolates do mundo com impressionantes 300 . A marca chegou ao Brasil em 1991 com a inauguração de sua primeira loja na cidade de São Paulo. Porém, atualmente a GODIVA não está mais presente no Brasil, fechando todas as suas lojas em 2002.


O processo de fabricação 
Além de saboroso e chique, o chocolate GODIVA é tradicional, basicamente, devido ao luxuoso e detalhista processo artesanal de fabricação. A começar pelo criterioso corte da matéria-prima, o cacau. Como um escultor, o artesão molda à mão a pasta de cacau, transformando-a em pequenas barras em formatos quadrados. Depois, o chocolate é misturado aos 128 ingredientes, que em uma perfeita alquimia, formam os mais variados tipos de recheios. Nos 80 tipos dos caros bombons GODIVA (o quilo não sai por menos de US$ 200), a palavra artificial não existe. Nenhum dos 128 ingredientes utiliza qualquer tipo de substância industrializada. Apenas as embalagens são feitas com o auxílio de máquinas.


As frutas que enfeitam e recheiam alguns dos chocolates passam por um sofisticado processo de secagem para não perder o frescor. As amêndoas, avelãs, caramelos e marzipãs são importados diretamente da Turquia. O acabamento também é coisa digna de um artista. A decoração é feita com chocolate branco e café, que são distribuídos por meio de uma fina peneira por cima de cada um dos bombons da famosa grife. Por trás de toda a sofisticação do aroma e do sabor está um verdadeiro processo artesanal de luxo. O resultado: chocolates com sabores atraentes, texturas delicadas e decorações cativantes, dispostos em belíssimas e modernas embalagens. Por todos esses cuidados, e no território dos chocolates, existe GODIVA, e, as outras marcas.


O novo conceito de loja 
Como um ícone global a GODIVA se mantém em constante mudança, modernizando seus pontos de venda sem abrir mão da sua tradição e história. A marca foi uma das primeiras a imprimir uma padronização nos seus pontos de venda. Em 2009, a marca belga inaugurou um novo conceito de loja, insuperável em cada detalhe, criando um forte apelo emocional e sensorial, elevando a um patamar único a experiência de consumo. Batizada de GODIVA CHOCOISTE, a primeira unidade inaugurada no distrito de Harajuku em Tóquio no Japão, causa uma sensação deliciosa: que há chocolate caindo do teto. O interior é um dos pontos fortes da loja, parece que o teto está derretendo chocolate e que ele está escorrendo nas paredes. A loja tem design limpo e moderno, com luzes bem posicionadas e móveis com linhas simples, além de um irresistível cheiro de chocolate. A frente da loja é toda aberta, o que possibilita total visão para quem está na rua dos dois andares e do fabuloso teto. O projeto foi desenvolvido pela Wonderwall, famosa empresa japonesa de design de interiores.


A evolução visual 
No ano de 2006, como parte da comemoração de 80 anos da marca, a GODIVA redefiniu todas as suas linhas de produtos, além de introduzir seu novo logotipo. A nova imagem visual da marca era composta pelo tradicional logotipo com Lady Godiva em cima de um cavalo numa versão totalmente modernizada. Mais recentemente a marca substituiu a palavra “Chocolatier” por “Belgian 1926” indicando a origem e ano de fundação da empresa. O logotipo pode ser aplicado nas cores marrom ou dourada.


Os slogans 
Look, smell, listen, feel and taste that’s what Godiva chocolate is all about. (2010) 
Let the decadence begin. (2007)


Dados corporativos 
● Origem: Bélgica 
● Fundação: 1926 
● Fundador: Joseph Draps 
● Sede mundial: Bruxelas, Bélgica 
● Proprietário da marca: Ülker Group 
● Capital aberto: Não (subsidiária) 
● CEO: Jim Goldman 
● Faturamento: US$ 900 milhões (estimado) 
● Lucro: Não divulgado 
● Lojas: 470 
● Fábricas: 2 
● Presença global: 90 países 
● Presença no Brasil: Não 
● Maiores mercados: Estados Unidos, Europa e Japão 
● Funcionários: 2.000 
● Segmento: Chocolates 
● Principais produtos: Chocolates, bombons, sorvetes, cafés e licores 
● Concorrentes diretos: Lindt, Valrhona, Neuhaus, Pierre Marcolini e La Maison du Chocolat 
● Ícones: As luxuosas embalagens douradas e Lady Godiva 
● Slogan: Look, smell, listen, feel and taste that’s what Godiva chocolate is all about. 
● Website: www.godiva.com 

A marca no mundo 
Atualmente a marca GODIVA tem mais de 470 lojas na América do Norte e em centros sofisticados como Paris, Tóquio, Hong Kong, Roma e Londres, vendendo não somente os famosos chocolates, bombons e trufas, mas também sorvetes, bolos, cafés, biscoitos e licores, que geram um faturamento superior a US$ 900 milhões anualmente. Seus produtos também podem ser encontrados em aproximadamente 10.000 pontos de vendas, que incluem lojas de departamento, em Free Shops, lojas especializadas, através de seus catálogos (introduzidos na década de 1980) e do telefone 1-800-9-Godiva. Atualmente a marca belga, que é sinônimo do que há de mais sofisticado no mundo em termos de chocolate, pertence à empresa turca Ülker, e seus principais mercados estão localizados na Europa, Estados Unidos e Japão. A empresa mantém apenas duas fábricas no mundo, uma na cidade de Bruxelas e outra localizada em Reading, estado americano da Pensilvânia. 

Você sabia? 
Aproximadamente 60% dos seus negócios são concentrados no período de outubro a dezembro, quando o clima frio e as festas de final de ano aumentam o consumo de chocolate. 
Atualmente o responsável pela qualidade dos produtos GODIVA é o mestre chocolatier Thierry Muret. 


As fontes: as informações foram retiradas e compiladas do site oficial da empresa (em várias línguas), revistas (Fortune, Forbes, Newsweek, BusinessWeek e Isto é Dinheiro), sites especializados em Marketing e Branding (BrandChannel e Interbrand) e Wikipedia (informações devidamente checadas). 

Última atualização em 9/5/2014

10 comentários:

ricardo disse...

onde compro godiva?? meu email: ricardosabia@hotmail.com. abrçs.

talita disse...

no Brasil nao tem GODIVA..nao que eu saiba. tem aqui nos EUA em todo shopping. nao sei se eles entregam assim ou se vc conhece alguem que mora aqui pode mandar pra vc.eh realmente o melhor!

Luana disse...

Ganhei duas caixas de um amigo que foi à NY. Estou apaixonada... pelos chocolates!!!

Anônimo disse...

Estive em Paris no início de fevereiro 2011, e tive a oportunidE de conhecer os chocolates Godiva, realmente um sonho, penso que o Brasil já absorveria tranquilamente uma loja da marca.

Silvane/ BH

Jaque disse...

... privar o Brasil desse prazer! quem diria... acabei saboreando um Godiva aqui do outro lado do Atlântico... em Angola!

Anônimo disse...

Nossa deve ser mesmo um luxo e tb muito gostoso, nunca provei mais tenho muita vontade, pena que aqui no Brasil não tenha, mais tem problema não deve ter em portugal!!

Suzana disse...

Pessoas, aki no Brasil existe sim esses chocolates... Até aki em MT, Cuiabá, que dizem ser o fim do mundo tem.... E são saborosos...

Leonardo Cacau disse...

Aqui no brasil, tinha uma loja da GODIVA no Barra Shopping no Rio, não sei por qual mtivo mas acabou fechando. Uma lástima!!!

Anônimo disse...

Sempre tomo o shake do godiva adoro
O chocolate não como muito pq e meio carinho rsrs
Os chocolates do japão esta quase no mesmo nivel rs

Tayane Morais disse...

Boa tarde!!

Estou aqui saboreando um delicioso biscoito Godiva de chocolate com morango, mas fiquei com uma dúvida ao ler informações da caixa, pois diz que foi produzido na Suíça.
Mas, afinal, ele é fabricado na Suíça ou Bélgica??

Obrigada.
Abraços!