7.6.06

LUCKY STRIKE

LUCKY STRIKE se tornou um símbolo da cultura norte-americana. Um cigarro forte que é dono de uma imagem de rebeldia (fruto de suas campanhas de marketing durante anos). A marca centenária explora o conceito “Original Smoke” e valoriza sua história e sua herança para os consumidores. Ao fumar um cigarro LUCKY STRIKE, o consumidor está fumando uma rica história no segmento de tabacaria.
-
A história
O LUCKY STRIKE foi inventado por Matt Tellman e lançado no mercado em 1871 pela empresa R.A. Patterson na cidade de Richmond, estado americano da Virginia, sendo a primeira marca de cigarro a ser produzida em massa. Inicialmente foi lançado como cigarro mascável e pouco depois como cigarros normais. O nome LUCKY STRIKE foi escolhido em referência aos tempos da “Corrida do Ouro”. Em 1905 a American Tabacco Company, empresa fundada três anos antes, comprou a marca. No ano de 1916 o cigarro foi reintroduzido no mercado pela nova proprietária, vendido em maços verde-escuro. No ano seguinte foi lançado o slogan “It’s Toasted”, para descrever o processo de produção do cigarro na época (mais tostado do que desidratado), além do novo logotipo da marca. Essa nova imagem era necessária para competir com outras marcas fortes estabelecidas no mercado como Camel.
-
-
Foi uma das primeiras marca a utilizar o veículo de comunicação chamado Skywriting, em 1923, onde aviões escreviam o nome do cigarro no céu através de fumaça. Em 1927 foi lançada a campanha publicitária voltada para o público feminino com o slogan “Reach for a LUCKY instead of sweet”, além de testemunhais de atrizes e cantoras. Nesta época o LUCKY STRIKE se popularizava rapidamente. Já em 1930 a marca era a mais popular e vendida nos Estados Unidos com 43.2 bilhões de cigarros comercializados. Isto foi resultado de um maciço investimento: a American Tobacco pagou, no final desta década, o equivalente hoje a US$ 3.2 milhões aos astros do cinema para relacioná-los aos cigarros LUCKY STRIKE. Foi assim que as grandes estrelas da época ajudaram a promover a imagem da marca. O cantor de Jazz Al Jolson assinou testemunhos dizendo que LUCKY STRIKE era "o cigarro dos atores"; Carole Lombard, Barbara Stanwyck e Myrna Loy receberam US$ 10 mil (equivalente a quase US$ 150 mil hoje), para promover a marca. O mesmo ocorreu com Clark Gable, Gary Cooper e Robert Taylor.
-
-
Foi durante a Segunda Guerra Mundial que o cigarro esteve disponível também no sabor menta. Pouco depois, em 1942, a embalagem passa a ser produzida na cor branca por um mero acaso: em virtude da guerra, o pigmento verde, utilizado nos maços de cigarro, era também usado para produção de acessórios militares, fazendo com que seu uso se tornasse escasso para empresas particulares. Para comunicar este fato a seus consumidores a marca lançou o slogan “Lucky Strike Green has gone to war”, significando que a cor verde tinha ido para a Guerra e soando como uma coisa patriótica. Em 1944 a marca começou uma nova campanha publicitária com o slogan “Lucky Strike Means Fine Tabacco”. Esse slogan ficou tão famoso que todos os maços do cigarro levam essa inscrição até os dias de hoje. Na década de 50 a marca começou a patrocinar programas de televisão, ganhando ainda mais visibilidade.
-
-
Em 1978 a tabacaria Brown & Williamson adquiriu os direitos da marca para exportação, e, em 1994 comprou os direitos da marca para o mercado americano, passando a ser proprietária do LUCKY STRIKE, que depois retornariam a British American Tobacco. No ano seguinte, o LUCKY STRIKE King Size ganha novo tamanho. Em 1996 foi introduzido no mercado da cidade de San Francisco a versão Flitered Styles, sendo expandida para todo estado da Califórnia no ano seguinte, passando a ser distribuído nacionalmente em 1999.
-
-
Os chamados “Trivia Cards” (cartões com perguntas desafiantes) são introduzidos dentro dos maços em 1997. Pouco depois, em 1999, a marca lançou uma avassaladora ação de marketing que incluía cafezinho de graça e flores no dia dos namorados. Depois, os consumidores que participaram da ação recebiam em casa um cartão com a inscrição “Lucky Loves You”, que continha um número 1-800 (equivalente à ligação gratuita), onde poderiam conhecer um pouco mais sobre a marca e o produto.
-
-
A marca continua trazendo grandes inovações (várias embalagens comemorativas e diferenciadas), mas mantém a originalidade e o sabor característico. A mais recente novidade, introduzida no mercado em 2010, é o LUCKY STRIKE CONVERTIBLES, um cigarro normal da marca com uma bolinha dentro do filtro, que ao ser estourada faz com que o cigarro vire mentolado. Atualmente o cigarro é comercializado nas versões: Original, King Size e Light, além das recentes, Red e Silver, com menores níveis de nicotina e alcatrão.
-
-
O logotipo
O tradicional e popular logotipo da LUCKY STRIKE, conhecido como Bull’s Eye, foi desenvolvido e criado pelo renomado designer Raymond Loewy em 1940, criador também de ícones famosos da cultura americana como os rótulos das sopas Campbell’s e do logotipo da Shell. A fonte usada no logotipo é Futura Condensed Bold, delicadamente modificada.
-
-
A marca na mídia
A marca LUCKY STRIKE sempre esteve muito presente em vários tipos de mídia. Foi a patrocinadora do programa de rádio de Jack Benny e também de vários programas de televisão transmitidos pela rede CBS nas décadas de 40 e 50. Em meio a populares slogans nas propagandas nos shows, faladas pelo anunciador Don Wilson, estavam o clássica "LSMFT: Lucky Strike means fine tobacco!" e a "Be happy go lucky, be happy, smoke Lucky Strike!". No começo da década de 60, os comerciais de televisão da marca traziam o slogan: "Lucky Strike separates the men from the boys... but not from the girls", que no bom português diz: "Lucky Strike separa os homens dos garotos... mas não das garotas". Quando os cigarros filtrados da Lucky Strike foram introduzidos no mercado, em meados desta décadas, os comerciais mudaram para um slogan cantado que dizia: "Show me a filter cigarette that delivers the taste, and I'll eat my hat!", algo como: "Mostre um cigarro filtrado que dá o sabor e eu comerei o meu chapéu".
-
-
Na mídia impressa a marca criou uma série de propagandas com esportistas saudáveis superando uma espécie de sombra em má forma física. Corredores, tenistas e nadadores vendiam o estilo de vida da marca, que fazia questão de alertar em letras miúdas que seus cigarros não reduziam a gordura: "Encare os fatos! Quando a tentação da comida for demais, acenda um Lucky". Outras diziam que o cigarro LUCKY STRIKE era capaz de proteger a garganta, buscando também o apoio de pesquisas médicas. De acordo com a publicidade da marca, datada de 1930, mais de 20 mil médicos aprovavam LUCKY STRIKE como sendo "o menos irritante” do mercado como dizia a frase “médicos dizem que Lucky Strike irrita menos a garganta”.
-
-
Atualmente a LUCKY STRIKE direciona a maioria de seus investimentos para patrocínio de competições automobilísticas, sendo uma das principais parceiras da equipe de Fórmula 1 BAR, durante alguns anos.
-
-
Os slogans
An American Original.
Lucky Strike Means Fine Tabacco.
(1944)
LUCKY STRIKE Has Gone To War. (1942)
Reach for a LUCKY instead of sweet. (1923)
-
-
Dados corporativos
● Origem:
Estados Unidos
● Lançamento: 1871
● Criador:
Matt Tellman
● Sede mundial:
Londres, Inglaterra
● Proprietário da marca: British American Tobacco
● Capital aberto:
Não
● Chairman: Jan Du Plessis
● CEO: Paul Adams
● Faturamento:
Não divulgado
● Lucro:
Não divulgado
● Presença global:
+ 90 países
● Presença no Brasil:
Sim
● Funcionários: 55.000 (BAT)
● Segmento: Tabaco
● Principais produtos:
Cigarros
● Ícones:
O logotipo muito conhecido como bull's eye
● Slogan: Lucky Strike Means Fine Tabacco.
● Website:
www.bat.com
-
A marca no mundo
A marca é comercializada em mais de 90 países ao redor do mundo, sendo uma das mais vendidas, estratégicas e valiosas da empresa British American Tobacco (no Brasil representada pela Souza Cruz). Somente em 2007 foram comercializados mais de 23 bilhões de cigarros LUCKY STRIKE, que possui como importantes mercados a Alemanha, Espanha, França, Japão e Indonésia.
-
Você sabia?
Um dos mais famosos fumantes da marca LUCKY STRIKE na televisão foi o famoso detetive Sonny Crockett (interpretado por Don Johnson) do seriado Miami Vice, exibido na década de 80.
-

-
As fontes: as informações foram retiradas e compiladas do site oficial da empresa (em várias línguas), revistas (Fortune, Forbes, Newsweek, BusinessWeek e Time), sites especializados em Marketing e Branding (BrandChannel e Interbrand), Wikipedia (informações devidamente checadas) e sites financeiros (Google Finance, Yahoo Finance e Hoovers).
-
Última atualização em 4/7/2010

11 comentários:

C. DuBois disse...

Eu quero um lucky strike menta!!! Não sabia de nada da história do meu cigarro preferido...

Adorei o blog! Volto sempre!

Bruno disse...

O melhor cigarro, acompanhado da melhor campanha de publicidade do mundo.
Viva o Lucky!

Anônimo disse...

meu, agora eu vou fumar até cair os dentes..adoro lucky strike(l)

Na falta doq fazer, vamos escrever... disse...

Melhor cigarro!
A história e logotipo não podia ficar para trás!

=)

Anônimo disse...

O melhor é o preto!de menta!

Anônimo disse...

POw. comecei a fumar lucky strike por indicação de um amigo, é muito Firme. me apaixonei. o LS click & roll é o melhor.!! abraços..

Anônimo disse...

Lucky Strike é o melhor !!!
Larguei o Carlton ...

Matheus Molinaro disse...

Lucky Strike, concerteza o melhor do mundo, um cigarro de história, sou tão fanático, que possuo um isqueiro Zippo Lucky, tando o black como o silver são bons, mas prefiro o red.

Meu Diário disse...

Eu gostei desse Lucky da bolinha,mais suave que outros cigarros que contem menta..e tambem porque posso fumar ele normal..gostei da opção!!!

Anônimo disse...

LUCKY STRIKE ée mt boOm
o mentaa é o melhor

JL disse...

O Red é ridiculamente bom. Fiquei impressionado ao experimentar pela primeira vez. Para mim, o Lucky Strike Conseguiu deixar o tão aclamado Marlboro pra trás. Depois do Lucky, os outros ficam fraquinhos, fraquinhos, que nem tem graça.