8.2.09

AREZZO

O conceito da grife AREZZO, sinônimo de sapatos e sucesso no setor calçadista, conta com a valorização do design, materiais de alta qualidade e tecnologia de ponta. Calçados e bolsas com ares modernos, e muitos deles ousados, estão sempre em sintonia com as principais tendências da moda mundial. Suas lojas, com ambientes limpos e aconchegantes, são um convite praticamente irrecusável para qualquer mulher renovar sua coleção de bolsa, sandália, bota e sapatos de salto.
-
A história
A história da marca começou em 1972, na cidade de Belo horizonte, estado de Minas Gerais, quando os irmãos Anderson e Jefferson Birman, então dois jovens com apenas 18 e 21 anos respectivamente, fundaram uma fábrica de calçados. O nome da empresa foi escolhido, literalmente, a dedo. Tendo em mãos um mapa da Itália, país que nos anos 70 exercia uma grande influência na moda mundial, os irmãos apontaram ao acaso para um lugar, que era a cidade de Arezzo, na ensolarada região da Toscana. Inicialmente voltada à produção de sapatos masculinos, a empresa vendia seus produtos às lojas multimarcas. Em seguida direcionou-se ao mercado de sapatos femininos. Em 1974, a empresa abriu sua primeira loja de sapatos femininos, focada em aspectos como design e estilo. Seu primeiro sucesso foi a sandália anabela revestida de juta, um lançamento de verão, que virou mania nacional em 1979. Na década de 80, consolidou-se como uma fábrica de sapatos com capacidade produtiva de dois milhões de pares por ano.
-
-
Em 1990 abriu sua primeira loja conceito na badalada Rua Oscar Freire, importante área comercial de marcas nacionais e internacionais na cidade de São Paulo. Nesta época, os custos industriais de Belo Horizonte tornaram-se proibitivos – e os irmãos começaram a planejar o movimento que os levaria a reinventar sua empresa. Desativaram gradualmente as linhas de produção (que empregavam duas mil pessoas), colocaram de pé o modelo de terceirização industrial no Vale dos Sinos e, como ponto final, transferiram o cérebro criativo da empresa para a cidade de Campo Bom, Rio Grande do Sul, no centro do maior complexo calçadista do Brasil. A partir deste momento, a AREZZO mudou seu foco de fabricante de sapatos para administradora de uma grande rede de varejo de calçados concentrando-se no desenvolvimento de conceitos de marca e moda e nos seus canais de distribuição. Além disso, passou a investir cada vez mais em diversas ações nos pontos de venda e as operações do canal de franquias foram fortalecidas, o que permitiu levar seus produtos a todo o território nacional. A AREZZO também investiu na abertura de lojas próprias em centros estratégicos de consumo.
-
-
Nos anos seguintes a AREZZO seguiu inovando e oferecendo às suas consumidoras produtos de qualidade, sempre em dia com a moda. Em 2004, como mais um esforço de firmar de vez a AREZZO com uma marca fashion, a empresa contratou como garota-propaganda a modelo Eletra Rossellini. Outra ação foi o lançamento de uma coleção que buscava expressar a tendência retro, com grande valorização das peças “vintage” (coleções antigas com valor estético e cultural). Um dos trunfos era o giro das mercadorias nas lojas, com o lançamento de quatro novos modelos por dia. Em 2005, a AREZZO recebeu o título de melhor franquia do Brasil, segundo pesquisa feita pela Fundação Getúlio Vargas (FGV).
-
-
Em 2007, depois de comprar a participação do irmão na empresa, Anderson arquitetou a união com a Schultz (fundada por seu filho Alexandre em 1995), originando o GRUPO AREZZO, e vendeu 25% da nova empresa por R$ 76.3 milhões para a Tarpon, gestora de recursos. A partir daí, o grupo passou a apostar na diversificação de marcas, criou uma nova grife de luxo com o nome de Alexandre Birman. A idéia era cobrir todos os segmentos: a AREZZO, sapatos que custam, em média, R$ 160; a Schultz, calçados com um apelo mais fashion a um preço médio de R$ 230; e a Alexandre Birman, uma marca cujo nicho de mercado é o luxo e que ostenta modelos de produção mais artesanal, com preços que variam de R$ 400 a R$ 800. Os novos passos do grupo se deram por meio da extensão da grife AREZZO para as linhas Uomo, com sapatos masculinos, e Bambini, com produtos para crianças.
-
-
A marca mineira desembarcou na China em 2008 com planos ambiciosos: inaugurou quatro lojas em Xangai, e, até 2016, serão 300 lojas próprias no país - número bem superior às atuais existentes no Brasil. A AREZZO ingressou no mercado chinês para vender sapatos, não para produzi-los. No país conhecido pelos produtos baratos, a marca aposta em modelos top, para consumidoras de classe média e alta. Recentemente, a empresa introduziu um novo layout em suas lojas, com concepção arrojada privilegiando os espaços nos quais sapatos, bolsas e acessórios são expostos como obras de arte. O objetivo é valorizar a sofisticação, o requinte e o luxo das peças.
-
-
Além disso, expandiu sua atuação ao lançar uma coleção prá lá de moderna de óculos escuros. A AREZZO também apostou em um novo modelo de negócios, oferecendo uma linha de cosméticos que inclui autobronzeadores, hidratantes e esfoliantes específicos para os cuidados com as pernas e os pés; além do lançamento de uma linha de esmaltes composta por 8 cores no ano de 2009. O sucesso dos esmaltes foi tanto que a marca lançou no ano seguinte a AREZZO BEAUTY, uma linha de maquiagens composta por gloss, batons, sombras em pó, kits de sombras e delineador. Recentemente o grupo lançou mais uma marca: AnaCapri, voltada para o público feminino jovem, que gosta de usar sapatos confortáveis sem abrir mão da elegância e estilo, mas com preços mais acessíveis.
-
- -
Uma marca fashion
O sucesso da marca está amparado no tripé conceito, alta qualidade e design contemporâneo, além de um sistema de produção terceirizada que está na esteira de marcas internacionais de sucesso. A AREZZO é a única grande companhia brasileira que não tem fábricas. Suas coleções, ao todo são oito por ano, são produzidas na região sapateira do Vale dos Sinos (RS). A AREZZO distingue-se no mercado brasileiro por ter uma forte identidade de marca em um cenário dominado por commodities e produtos baratos. Somado à rede de lojas exclusivas, esse perfil original permite à AREZZO trabalhar com sapatos de maior valor agregado, como fazem as grandes marcas estrangeiras.
-
-
Além dessas características, a AREZZO tem investido muito, entenda-se milhões de Reais, em comunicação, com objetivo de fixar cada vez mais a marca no segmento fashion. Em uma de suas mais famosas campanhas a marca contou com nomes estrelados e associados a um visual completamente moderno: Cláudia Raia, Mariana Ximenez e Patrícia Pillar. O público alvo da grife, sempre à frente das últimas tendências internacionais, era a mulher contemporânea, conhecedora de moda e ciente da importância da imagem no mundo atual. Justamente como as três belas e chiques atrizes que representaram a marca AREZZO. Nos anos seguintes novas musas estrelaram as campanhas da marca, entre elas as belas Juliana Paes e Cléo Pires. A última campanha da marca, lançada em 2011, é estrelada pela atriz Glória Pires
- -
-
-
Dados corporativos
● Origem:
Brasil
● Fundação: 1972
● Fundador:
Anderson e Jefferson Birman
● Sede mundial:
Campo Bom, Rio Grande do Sul, Brasil
● Proprietário da marca:
Arezzo S.A.
● Capital aberto: Sim (2011)
● Presidente:
Anderson Birman
● Vice-presidente:
Alexandre Birman
● Faturamento:
R$ 478.7 milhões (2010) *
● Lucro: R$ 43 milhões (2010) *
● Valor de mercado: R$ 1.8 bilhões (março/2011)
● Lojas: 287
● Presença global: 30 países
● Presença no Brasil:
Sim
● Funcionários: 1.o
00
● Segmento:
Varejo
● Principais produtos:
Calçados, bolsas, cintos e carteiras
● Outras marcas: Schutz, Alexandre Birman e AnaCapri
● Website:
www.arezzo.com.br
* resultados referentes até o período de 30/09/2010
-
A marca no mundo
Anualmente a AREZZO vende cerca de 7 milhões de pares de calçados (6.2 milhões), bolsas (mais de 230 mil unidades), acessórios (cintos e carteiras) e bijuterias em mais de 280 lojas próprias distribuídas em mais de 90 cidades brasileiras, presente em todos os estados, além de 16 unidades em países como China, Paraguai, Bolívia, Venezuela e Portugal, e distribuidores em outros 30 países. Os produtos da marca também estão presentes em mais de 1.600 lojas multimarcas no Brasil. A AREZZO tem mais de um milhão de clientes cadastrados. A empresa ainda é dona das marcas Schultz (com produtos vendidos em 4 lojas próprias, 1.000 lojas multimarcas no Brasil, além de 300 pontos no exterior), Alexandre Birman (que não possui loja e só é encontrada em locais de alto luxo como a paulistana Daslu e as americanas Bergdorf & Goodman e Neiman Marcus) e AnaCapri (com cinco lojas próprias). Os sapatos, cintos e bolsas da AREZZO são produzidos em 90 fábricas, entre parceiras e licenciadas.
-
Você sabia?
Atualmente é a maior marca de varejo de calçados femininos fashions da América Latina.
A empresa investe anualmente R$ 13 milhões em pesquisa e desenvolvimento de produto, comunicação e marketing.
-
-
As fontes: as informações foram retiradas e compiladas do site oficial da empresa (em várias línguas), revistas (Veja, Isto é Dinheiro, Exame e Época Negócios), sites especializados em Marketing e Branding e Wikipedia (informações devidamente checadas).

Última atualização em 18/3/2011

5 comentários:

Julio Yam disse...

Te desejo sorte neste novo formato adotado para o mundo das marcas. Quarta-feira, estarei aqui para ser um dos primeiros, de muuuuuitos, desbravadores de marcas a freqüentar o portal.

Abraços.

DRI DESIGNER disse...

Muito interessante este blog. Vou linka-lo ao meu blog, ok.
Sucesso neste novo formato de blog do mundo das marcas.

http://dz-designerdejoias.blogspot.com/

Em breve estarei postando novidades no meu blog, também.

Abraço.

LAO disse...

Utilizo seu blog como referência para meus alunos encontrarem as marcas que eles precisam trabalhar em sala de aula. É muito bom e útil!
Te desejo muito bom trabalho e continue persistindo nesse ideal!
Parabéns!
Ligia Inhan

Consultora Educacional disse...

Gosto muito dos artigos de ótima qualidade do seu Blog. Quando for possível dá uma passadinha para ver nosso Curso de Ingles. Melissa

michelle disse...

realmente muito bom o blog. Estava fazendo um trabalho sobre a Arezzo pra faculdade e me ajudou muito!