22.5.08

CERVEJA DEVASSA

Quem conhece vira amante! É o tipo de cerveja que te pega pelo colarinho, te seduz pelo aroma e faz você se apaixonar de vez pelo paladar. A cerveja DEVASSA com seu iconoclasta slogan “Um tesão de cerveja”, está na boca do povo literalmente.

A história
A história da marca começou quando no mês de maio de 2003 foi fundada a União das Devassas Cervejaria Ltda., com a entrada de Joca Muller na sociedade já formada por Marcello (Cello) Macedo e Marcelo do Rio, que desde 2002 já serviam em seu bar na Av. General San Martin 1.241, no Leblon, Rio de Janeiro, a CERVEJA DEVASSA, uma fórmula exclusiva de cerveja, encomendada e fabricada em forma de terceirização, ao mestre cervejeiro André Nothaft. Em agosto do ano seguinte, com a conclusão da montagem da primeira fábrica, localizada na Rua Santo Cristo, bairro de Santo Cristo, zona portuária do Rio de Janeiro, e com produção mensal de 8 mil litros e capacidade para até 55 mil litros, foi iniciada a fabricação da DEVASSA, produzindo as cervejas DEVASSA LOURA (pilsen) e DEVASSA RUIVA (pale ale), antes fabricada pela Brewtech.


A cerveja tornou-se, rapidamente, pequeno ícone de uma cidade acostumada a construir mitos. A produção começou com 8.000 litros por mês escoados apenas pelo miúdo bar do Leblon. A decoração descontraída, o cardápio com petiscos típicos de boteco e o chope servido com três dedos de creme caíram no gosto dos clientes e a DEVASSA também. Em 2004 a marca passou a ser comercializada nas lojas do Pão de Açúcar do Rio de Janeiro, ganhando mais visibilidade no mercado ao ingressar em um poderoso canal de venda. Em maio de 2005, a cervejaria lançou no mercado a versão escura de sua cerveja, a DEVASSA NEGRA (dark lager). A DEVASSA vinha agradando não só aos brasileiros, mas também consumidores de outros países.


Em 2005, a marca iniciou um bem-sucedido movimento de internacionalização quando um distribuidor inglês quis vender o produto em pubs londrinos. Ao ver a cerveja citada numa reportagem, foi o inglês que se interessou pela importação do produto, no sentido inverso ao habitual. Hoje, a cerveja DEVASSA é vendida em mais de 14 pubs de Londres e recebeu, em 2005, um prêmio de melhor cerveja brasileira vendida na Inglaterra, dado por uma conceituada revista inglesa. Tanto sucesso chamou a atenção de cervejarias maiores, e no dia 6 de agosto de 2007, o Grupo Schincariol, comprou por R$ 30 milhões 70% da União das Devassas Cervejaria (UDC). A empresa assumiu as marcas da UDC, a unidade de produção e a estrutura de distribuição, o que foi de suma importância para a expansão da DEVASSA no Brasil. Os proprietários atuais da UDC, Marcelo do Rio e Cello Macedo, continuaram como sócios e como gestores das franquias, que englobavam três estabelecimentos próprios e 10 franqueados. Após a compra os novos proprietários optaram por expandir a rede de franquias existente, inaugurando outros bares em grandes cidades brasileiras.


A DEVASSA então passou a utilizar as 12 fábricas da Schincariol espalhadas pelo país para produzir o chope e as cervejas da marca. Como a produção é toda artesanal e as bebidas não são pasteurizadas, precisam ser fabricadas o mais próximo possível do local onde serão consumidas. Pouco antes do carnaval de 2010, a marca investiu R$ 100 milhões para o lançamento da DEVASSA BEM LOIRA, uma cerveja pilsen com um sabor mais próximo da cerveja que o brasileiro está acostumado a beber, comercializada nas versões lata (alumínio), garrafa (600 ml) e chope, inicialmente na região sudeste. A campanha de lançamento foi protagonizada pela polêmica celebridade internacional Paris Hilton, ex-herdeira milionária dos hotéis da rede Hilton. No início de 2011, mais uma campanha polêmica, que tinha como garota-propaganda a então recatada Sandy. O primeiro filme da campanha mostrava a cantora, com os cabelos pintados de loiro, na balada, e tinha como tema a frase “Todo mundo tem um lado Devassa. A Sandy também”. Com a recente compra do Grupo Schincariol pela Kirin Holdings Company, a DEVASSA passou a fazer parte da tradicional empresa japonesa.


Os tipos de cervejas
A cervejaria produz atualmente cinco tipos especiais da cerveja DEAVASSA. Eles seriam os cinco tipos de mulheres brasileiras que chamam mais a atenção, afinal, todas as cervejarias normalmente só possuem a loura, mas a DEVASSA não:
DEVASSA LOURA: Em chope ou long-neck, é a cerveja tipo Pilsener ou Lager, feita com maltes selecionados. É leve, refrescante e tem um sabor muito mais apurado do que o das Pilseners comuns. Ideal para acompanhar peixes, frangos e saladas.
DEVASSA RUIVA: Em chope ou long-neck, é encorpada, feita com seis tipos de maltes importados, tem cor avermelhada e é extremamente cremosa. É uma Tropical Ale. Ou seja: uma Ale com ginga, cheia de malandragem. Ideal para acompanhar carnes vermelhas, massas com molhos condimentados e queijos como parmesão, gouda e emmental.
DEVASSA NEGRA: em chope ou long-neck, é uma cerveja escura produzida com maltes especiais. Deliciosamente cremosa, tem um paladar marcante, amargor moderado e aroma de café. Ideal para acompanhar sobremesas, principalmente as que têm como base o chocolate.
DEVASSA ÍNDIA: cerveja inspirada na tradicional Ale britânica, com alto teor alcoólico, amargor intenso e forte aroma de lúpulo.
DEVASSA SARARÁ: chope tipo Weiss, feito de malte de trigo e cevada, com aromas que lembram banana e cravo. De coloração clara, mas aparência turva, por não ser filtrada, é uma cerveja de baixíssimo amargor, muito refrescante e ideal para os dias quentes de verão. Este chope vai muito bem quando acompanhado de petiscos e pratos apimentados.


O conceito
DEVASSA é uma cerveja que nasceu pra ser cult. Começa pelo nome: uma cerveja que se auto-proclama “Devassa” deve ser, no mínimo, espirituosa. Alguém que vale a pena conhecer. No universo das cervejas, marcado por uma corrida desenfreada pela garota-propaganda mais gostosa, de repente, surge uma pequena marca que tira sarro de tudo isso. DEVASSA é o escracho, uma gostosa maneira de você tirar uma onda. Ela é tudo que as outras cervejas gostariam de ser, mas morrem de vergonha. E, só de curtição. DEVASSA vem nas versões loura, ruiva e negra. Fetiche completo. DEVASSA é um estado de espírito. Aquele astral que atrai coisas boas, pessoas interessantes, papos divertidos. Pedir uma DEVASSA tem também uma certa dose de “segundas intenções”. DEVASSA suscita “azaração”. Se não fosse pra ser assim, o nome poderia ser qualquer um, menos este. Mas não é só isso. DEVASSA é descompromisso. Quem bebe procura liberdade. Nada de fazer tipo, caras e bocas, fingir ser o que não é. DEVASSA é autêntica. Deboche, escracho, carioquice, e boa dose de sem-vergonhice. DEVASSA faz a vida ser mais gostosa. É um tesão de cerveja.


Os bares
Atualmente existem 20 bares DEVASSA localizados em cidades como Rio de Janeiro, Campinas, São Paulo (Guarulhos), Belo Horizonte e Goiânia, que servem como importante ferramenta de marketing para a marca. Só a decoração já vale a visita: mesinhas de madeira, piso lembrando o calçadão de Copacabana, iluminação gostosa e aconchegante, criando um clima descolado para encontrar amigos. Nas paredes, o toque especial são as reproduções de imagens dos tanques de fabricação, ajudando a criar uma sensação de que você está tomando uma DEVASSA no local onde ela foi criada. Mas o show fica mesmo pela maneira que a DEVASSA instituiu para servir o chope. Logo após a produção os barris seguem para os bares da rede e permanecem armazenados em câmaras frias. De lá, o chope é conduzido por uma tubulação subterrânea a 3 graus negativos até chegar ao balcão, em torneiras belgas, para enfim ser lentamente despejado na temperatura ideal no copo. O cardápio dos bares foi criado com petiscos e guloseimas especialmente para serem consumidos com cada determinado tipo de cerveja que a DEVASSA oferece.


A cervejaria
Boa parte dessas deliciosas cervejas especiais são produzidas em uma fábrica, 1.200 m² e uma capacidade de produção de 1 milhão de litros/mês, localizada no bairro de Santo Cristo na cidade do Rio de Janeiro. Lá são fabricados os três tipos de cerveja e os três tipos de chope (loura, ruiva e negra). A produção artesanal, os maltes selecionados e importados utilizados na sua fabricação e sua fórmula única fazem com que a cerveja tenha um sabor único. Além de um conceituado mestre cervejeiro, a fábrica conta com um laboratório para desenvolvimento de novas cervejas e até dos novos sabores.


Os slogans
Todo mundo tem um lado devassa. (2011)

A cerveja bem devassa.
Um tesão de cerveja.


Dados corporativos
● Origem:
Brasil
● Lançamento: 2003
● Fundador: Joca Muller, Marcello Macedo e Marcelo do Rio
● Sede mundial:
Rio de Janeiro, Brasil
● Proprietário da marca: Kirin Holdings Company
● Capital aberto: Não (subsidiária)
● Diretor executivo:
Adriano Schincariol
● Faturamento:
Não divulgado
● Lucro:
Não divulgado
● Bares:
+ 25
● Presença global: 6 países
● Funcionários:
500
● Segmento:
Cervejas
● Principais produtos: Cervejas e chope
● Principais concorrentes:
Brahma, Skol, Antarctica, Kaiser e Itaipava
● Ícones:
A irreverência de suas cervejas
● Slogan: Todo mundo tem um lado devassa.
● Website:
www.devassa.com.br

A marca no mundo
No Brasil suas cervejas são encontradas em mais de 1.600 pontos-de-venda (bares e supermercados) nas regiões sul e sudeste, e mais recentemente no sul e nordeste, além dos quiosques da marca e em mais de 25 bares DEVASSA localizados no Rio de Janeiro, São Paulo, Campinas, Goiânia, Belo Horizonte, Curitiba, Brasília, Maringá e Vitória. A cerveja também é exportada para outros países como a Inglaterra, Escócia e Estados Unidos.


As fontes: as informações foram retiradas e compiladas do site oficial da empresa (em várias línguas), revistas (Isto é Dinheiro, Exame e Época Negócios), jornais (Valor Econômico), sites especializados em Marketing e Branding (Mundo do Marketing) e Wikipedia (informações devidamente checadas).

Última atualização em 19/9/2011

4 comentários:

Lonrds disse...

vou adora essa devassa

c i n t i a disse...

O novo comercial que eles estão veiculando na tv está um arraso! Paris Hilton é a perfeita "devassa" e combinou muito com o produto. Os teasers da campanha foram perfeitos.
Nota dez para a marca.

Cintia

Marcelo disse...

Acho que agora a Schin vai pra frente no mercado de cervejas com valor agregado. Estratégia acertada a de não vincular as marcas. Óbvio!

Bárbara Wirlane disse...

Olá! Tem mas algum dado para ser atualizado na Devassa? É que sou estudante de Publicidade e estou fazendo um trabalho sobre a Devassa, com a cantora Sandy.