19.11.07

CROCS


Todos usam: jovens, adultos e crianças, provavelmente seu maior público. Alguns acham brega. Outros usam sem nenhuma vergonha. Eles são coloridos, transados, confortáveis, higiênicos, fáceis de usar e digamos um pouco esquisitos. Os calçados CROCS se transformaram em um fenômeno global, a ponto de ser fotografado nos pés do ex-presidente americano George W. Busch, um fã declarado dos confortáveis calçados, assim como Al Pacino, Jack Nicholson, Ben Afleck, Drew Barrymore, Oprah Winfrey e a cantora Madonna. Até Sergey Brin, um dos fundadores do Google, ostentou um par vermelho em uma conferência. Uma verdadeira epidemia fashion nos pés. 

A história 
A ideia surgiu em 1999 quando a empresa canadense Foam Creations desenvolveu o Croslite™, um material exclusivo composto de uma resina de célula fechada que representava uma expressiva inovação no âmbito do conforto e funcionalidade do calçado: antimicrobiano, resistente ao odor (bactérias e fungos), leve, resistente e antiderrapante. O novo material ainda proporcionava amortecimento e reduzia o impacto recebido pelos pés e pernas ao andar. Foi então que Lyndon “Duke” Hanson, Scott Seamans e George Boedecker Jr., três jovens executivos americanos e velejadores da cidade de Boulder no estado do Colorado, queriam apenas ter, em seus armários, um calçado perfeito para usar em barcos: confortável, antiderrapante e que não acumulasse água. Descontentes com os produtos que existiam no mercado, eles resolveram desenvolver um modelo próprio utilizando a tal resina. O nome CROCS, uma abreviatura em inglês para crocodilo, surgiu em alusão a esses animais fortes e resistentes e que não contam com nenhum predador natural. Os crocodilos adaptam-se bem tanto na água, quanto na terra e tem vida longa, essencial para qualquer calçado. Todas estas qualidades eram e ainda são inerentes aos produtos da marca: não escorregam, não produzem cheiro e são impermeáveis. Originalmente o intuito era vender o calçado para velejadores, devido ao seu solado antiderrapante que não marcava o deque dos barcos.


A CROCS marcou sua estreia no mercado americano em novembro de 2002 com o modelo Beach, um calçado extremamente leve (pesava apenas 170g), macio, antiderrapante e livre de odores e bactérias, ideal para o lazer e para atividades recreativas ao ar livre, como pesca, vela e ciclismo. O modelo foi oficialmente colocado a venda em uma feira náutica na cidade de Ft. Lauderdale, na ensolarada Flórida. Em apenas três dias, ao preço de US$ 30, vendeu mil pares rapidamente. Com formato que remetia ao dos tradicionais tamancos holandeses de madeira, o modelo se diferenciava, além da modelagem que privilegia o conforto e a total ergonomia, por uma inovadora alça intercambiável que envolvia o calcanhar e, principalmente, por seu material exclusivo e ultraleve. Não demorou muito para os médicos, grandes praticantes de vela, descobrirem que os calçados eram ótimos para substituir os tradicionais calçados que usavam nos hospitais.


De boca em boca, em pouco tempo, os calçados já eram usados por aqueles que profissionalmente eram obrigados a passar longos períodos em pé, e assim precisam de conforto e de calçados antiderrapantes. A fama aumentou quando atores de Hollywood e celebridades se declararam fãs do produto cheio de furinhos, preso na parte de trás do pé por uma alça, que deixava o calcanhar de fora. Em 2003 CROCS se tornou um fenômeno global aceito como um calçado confortável e fashion para todas as ocasiões. Foi neste mesmo ano que a marca lançou o primeiro calçado especificamente desenvolvido para o público feminino, batizado de Nile. Nos dois anos seguintes voltou seu foco para adaptar-se ao rápido crescimento: expandiu as linhas de produtos, inaugurou seu primeiro ponto de venda próprio (um quiosque), construiu novas fábricas, criou um programa de logística para a crescente capacidade de demanda e produção, contratou uma competente diretoria executiva e adquiriu, em 2004, a Foam Criations, empresa que produzia o material básico do calçado, o Croslite™, assegurando assim sua patente.


Em 2005, utilizando bom-humor e ironia a marca lançou uma campanha publicitária com o slogan “Ugly Can Be Beautiful” (O feio pode ser bonito, em português). Em 2006 a empresa adquiriu por US$ 20 milhões a Jibbitz, marca de acessórios especiais que produzia pequenos broches coloridos (cristais, flores e personagens licenciados) especialmente desenvolvidos para adornar os calçados CROCS. Hoje em dia são mais de 700 itens disponíveis para o consumidor personalizar seus calçados, além de acessórios como porta celulares. Demonstrando a força de sua marca, neste mesmo ano passou a ser patrocinadora oficial da Associação Profissional de Vôlei, um dos seus primeiros investimentos nos esportes.


Em 2006, a CROCS escolheu o Brasil para instalar a primeira fábrica na América Latina, localizada em Sorocaba, no interior de São Paulo. A mais nova unidade começou a produzir em julho e tinha capacidade para fabricar 3 milhões de pares de calçados por ano, sendo que 35% a 50% direcionados para exportação. Mas devido à grave crise econômica mundial e a inundação de importantes mercados por produtos piratas, a empresa anunciou no final de 2008, o fechamento da fábrica. Em comunicado, informou que o fechamento foi determinado pela matriz do grupo nos Estados Unidos e tinha como objetivo ajustar a estrutura de custos global da empresa. O mercado brasileiro passou a ser abastecido pelas fábricas do México, China e Estados Unidos.


Em 2010, após amargar um enorme tropeço em suas vendas, resolveu também apostar em produtos diferentes e proporcionar aos consumidores maiores opções, com o lançamento de sandálias de salto alto de tiras vermelhas; sapatilhas femininas (chamadas CROCS MARNIE); uma moderna linha de tênis, confeccionados com o mesmo material revolucionário dos calçados originais da marca; CROCBAND FLIP, uma espécie de sandália havaianas da marca; e até sapatos sociais de couro.


Além disso, a marca revolucionou o mercado em 2011 com o lançamento da CROCS CHAMELEONS, um calçado para crianças que muda de cor, de um tom de base translúcida para uma cor brilhante quando exposta à luz do sol e depois regressa à cor original quando afastado dos raios UV. Ainda este ano, a marca ingressou no mercado de calçados tonificantes de músculos, feitos de um material que permite a tonificação das pernas enquanto você anda. E nos últimos anos, como forma de enfrentar as dificuldades nas vendas de calçados, a empresa estendeu a marca CROCS para outras categorias de produtos com o lançamento de chapéus, bolsas, mochilas, meias e óculos (cujas hastes da armação podem ser personalizadas com peças coloridas). E apesar de toda essa diversificação em sua linha de produtos, os calçados mais populares da CROCS (chamados de clogs) atraem principalmente crianças, profissionais da área da saúde e da gastronomia gerando mais de 45% das vendas da empresa. Hoje em dia, o principal objetivo da CROCS é criar calçados com o conceito “Find Your Fun”, buscando de uma maneira extrovertida, a diversão e conforto, sem deixar de explorar o lado fashion dos calçados.


Os divertidos modelos 
Os calçados CROCS possuem uma ampla variedade de cores (mais de 20), incluindo tamanhos que variam do número 21, para crianças, até 44, para adultos, além de 30 modelos (básicos) de calçados diferentes, incluindo as linhas infantis e licenciadas como a Disney Kids Cayman, calçados com os buracos de ventilação cortados no formato das orelhas do Mickey Mouse. Os modelos mais populares são: 
CROCS BEACH: modelo original que custa em torno de US$ 30. 
CROCS KIDS CAYMAN: voltado para crianças a partir de 2 anos. 
CROCS OF ROAD: uma versão esportiva do modelo original, com solado que remete ao das rodas de um jipe e alça turbo original, intercambiável e ajustável, através de um vélcro. 
CROCS GIRLS MARY JANE: um calçado aberto na parte de cima e voltado para crianças e meninas adolescentes. 
CROCS ATHENS: primeira sandália de dedo da marca. 
CROCS GEORGIE: primeira bota da marca. 
CROCS ENDEAVOR: calçado fechado na parte de cima, sem os tradicionais furinhos do modelo original. 
CROCS TRANSLUCENT: uma linha com calçados mais delicados (sapatilhas com cores vivas e alegres) composta por modelos que têm certa transparência. 
CROCS PREPAIR: uma linha criada para auxiliar os atletas profissionais e amadores antes e após as atividades físicas com a certificação do US Ergonomics (Instituto Americano de Ergonomia), que comprova os altos benefícios ergonômicos e o destacado nível de conforto e adaptabilidade que o produto proporciona ao consumidor, minimizando os fatores de risco que podem acarretar no desenvolvimento de lesões musculares. 
CROCS RX: linha desenvolvida especialmente para pessoas com problemas relacionados à saúde dos pés e lançada em 2005. 
CROCS GABE: uma versão divertida do modelo Kids Classic com a carinha do Duke (Crocodilo símbolo da marca) estampada no calçado. 
CROCS WORK SHOES: que une a leveza e o conforto do material exclusivo Croslite™, com a proteção necessária aos pés de profissionais de cozinha e trabalhadores de outros segmentos, como por exemplo, do setor hospitalar e hoteleiro.


Ao todos são mais de 300 modelos diferentes com mais de 400 combinações de cores para o consumidor escolher. Eis a divertida e criativa fórmula de sucesso da CROCS.


A comunicação 
A comunicação da CROCS com o consumidor é feita por diversos canais. Um dos principais são os eventos relacionados a esportes e entretenimento. Esta é uma das formas que a marca encontrou para gerar experiência com o público. Por outro lado, tem em seus quiosques uma forma de se comunicar através de materiais de ponto-de-venda. Tudo é pensado para que a marca se ajuste ao tamanho ideal, sem ficar apertado nem frouxo no pé e na cabeça do consumidor. A internet, uma coisa óbvia hoje em dia, é outra ferramenta forte utilizada pela CROCS. Navegando pela rede os usuários estão cada vez mais antenados nos lançamentos do mercado e não demorou muito para que a marca se tornasse tema e inspiração para blogs e sites de relacionamento. Além da internet, as crianças têm papel fundamental na curta história da CROCS, e não é à toa que a empresa investe em vários eventos infantis todos os anos. Presente em diversos países, a CROCS mantém um padrão em sua comunicação: ser customizada para cada público onde atua.


Em 2010, a marca lançou uma divertida campanha publicitária com o slogan “Sinta o amor” (“Feel The Love”, em inglês), que divulgava mais de 20 novos estilos de calçados e apresentava as novas e excêntricas mascotes da marca, batizadas de “Croslite”, uma turminha colorida de CROCS animados, que brincam com o conforto do calçado. A criação das mascotes foi inspirada para dar vida à principal matéria-prima dos calçados, o Croslite™, mostrando aos consumidores a função dos produtos de cuidar e massagear os pés. Justamente um dos filmes comerciais da marca mostrava as divertidas mascotes massageando os pés de uma moça que acabou de voltar depois de um árduo dia de trabalho.


A evolução visual 
A identidade visual da marca passou apenas por uma acentuada modificação ao longo de sua história. Hoje em dia o logotipo da marca pode ser aplicado em preto ou no tradicional verde-claro. O simpático jacaré, batizado de DUKE (apelido de um dos fundadores da empresa) é o principal símbolo de reconhecimento da marca.


Os slogans 
Find your Fun. (2015) 
A Shoe For Every You. (2013) 
Feel The Love. (2010) 
Feel As Good As You Look. 
Ugly Can Be Beautiful. (2005) 
Anywhere. Any Time.


Dados corporativos 
● Origem: Estados Unidos 
● Fundação: Julho de 2002 
● Fundador: Lyndon Hanson, Scott Seamans e George Boedecker Jr. 
● Sede mundial: Niwot, Colorado, Estados Unidos 
● Proprietário da marca: Crocs Inc. 
● Capital aberto: Sim (2006) 
● Chairman: Thomas Smach 
● CEO: Gregg Ribatt 
● Faturamento: US$ 1.19 bilhões (2014) 
● Lucro: - US$ 2.2 milhões (2014) 
● Valor de mercado: US$ 843.3 milhões (dezembro/2015) 
● Fábricas:
● Lojas: 500 (lojas, quiosques e outlets) 
● Presença global: 90 países 
● Presença no Brasil: Sim 
● Funcionários: 4.900 
● Segmento: Moda 
● Principais produtos: Sandálias, botas, sapatilhas, tênis e acessórios 
● Principais concorrentes: Nike, Deckers Outdoor, Skechers, Geox, Timberland e Havaianas 
● Ícones: O calçado original da marca e Duke (o jacaré) 
● Mascote: Croslite 
● Slogan: Find your Fun. 
● Website: www.crocs.com.br 

A marca no mundo 
Hoje em dia, a marca CROCS está presente em mais de 90 países, tendo seus produtos vendidos em aproximadamente 21.000 pontos-de-venda, 500 lojas próprias (incluindo quiosques e unidades no formato outlet), além de 46 lojas virtuais da empresa. No Brasil, os calçados podem ser encontrados em mais de 1.000 pontos-de-venda (incluindo 70 lojas e quiosques próprios). Os calçados são produzidos em seis fábricas: Estados Unidos, México, Itália, Bósnia, China e Canadá. Uma equipe de designers italianos da empresa, altamente qualificada, atua para garantir que a marca coloque no mercado lançamentos que traduzam novas tendências em design e cores a cada dois meses. A empresa vendeu mais de 56 milhões de pares de calçados no mundo inteiro em 2014. 

Você sabia? 
A empresa é a terceira maior fabricante de calçados do planeta, e desde o lançamento dos calçados CROCS já foram vendidos mais de 300 milhões de pares. 
Em 2007 a marca firmou uma parceria com o badalado chef de cozinha americano Mario Batali, que resultou na criação do calçado em um tom de laranja exclusivo, batizado de Batali Bistro. 
Desde 2008, a marca já doou mais de 3 milhões de pares de calçados para pessoas necessitadas em mais de 40 países como parte de sua plataforma de responsabilidade social chamada CROCS CARE


As fontes: as informações foram retiradas e compiladas do site oficial da empresa (em várias línguas), revistas (Fortune, Forbes, BusinessWeek, Isto é Dinheiro e Exame), jornais (Valor Econômico e Meio Mensagem), sites especializados em Marketing e Branding (BrandChannel e Mundo do Marketing), Wikipedia (informações devidamente checadas) e sites financeiros (Google Finance, Yahoo Finance e Hoovers). 

Última atualização em 10/12/2015

11 comentários:

Anônimo disse...

Cara muito bom o seu site/blog, eu achei sem querer e gostei muito.
Parabéns.

Só um pedido, coloca tudo isso no wikipedia.

Até mais.

Anônimo disse...

Comprei minha sandálias crocs e elas são tão bonitinhas. Com elas posso ir para todos os lugares e combina com qualquer roupa. São do jeitinho que eu gosto. Muito Obrigada.

Rosangela disse...

Tenho 4 pares de crocs é um dos melhores calçados que ja tive, gostaria de ter o crocs rx cloud que é para pé diabetico, mas até hoje nao consegui encontar a nao ser em propaganda.

Anônimo disse...

São lindas e confortáveis.... Meu filho de 19 meses já teve três.... quando começa a ficar pequena, compro outra. Combina com tudo!

Lais Fernanda disse...

Adorei...Mas quero saber quanto custa e onde comprar...Lays.basket@hotmail.com

Pablo Galvão disse...

Naaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaum... acreditam que a única fábrica no Brasil da CROCS vai ser fechada!? =.[
Como vou fazer pra comprar outra quando a minha ficar velha!?

Mary disse...

eu também achava e acho feio mais eu tenho, porque ugly can be beautiful -> feio pode ser bonito. ;D

Thats disse...

nossa que post incrível
adorei as curiosidades
e à todos que tem dúvidas sobre 'onde eu encontro' se vc for no site da crocs do brasil, ele te da os endereços de várias lojas

Gaby Moreira disse...

Descobri o blog por acaso... e estou fascinada pelo conteúdo!!! Parabéns.

E pra quem gosta de CROCS como eu (trabalho em pé, então ele é meu companheiro ;p) tenho alguns modelos e cores disponíveis novinhos, na embalagem, com um ótimo desconto. Estão no blog http://adoteumaroupa.wordpress.com O pagamento é feito pelo PagSeguro podendo até parcelar.

Abs e muito sucesso ao Mundo Das Marcas!!!!

Anônimo disse...

eu axava horriveis, mas a partir do momento em q experimentei, foi amor a primeira vista....esta sandalia eh simplesmente sensacional, vc pode ficar o dia inteiro em peh q vc nao sente dor.

a minha tem um detalhe em couro, q a deixa menos feia. hehehe

Anônimo disse...

Parabéns pelo blog!!!