19.9.06

SMITH & WESSON

Sempre respondendo às necessidades e as exigências dos consumidores, quer sejam eles civis ou militares, as iniciais S&W gravadas em cada arma, tanto de fogo como facas de combate e munições, são a garantia de qualidade e precisão da SMITH & WESSON, que possui em seu arsenal modelos de sucesso, como por exemplo, o tradicional 38 S&W Special, 44 Special, 357 Magnum, 41 Magnum, 44 Magnum e a 40 S&W.

A história
A marca de armas mais conhecida do mundo, a SMITH & WESSON, foi fundada por Horace Smith, um fabricante de ferramentas, e Daniel Baird Wesson, um armeiro, em 1852 na cidade de Norwich, estado americano de Connecticut. O objetivo era fabricar revólveres e cartuchos de metal. Patentearam um rifle de repetição e lançaram um revólver pouco depois, em 1854, ambos com cartuchos metálicos. No ano seguinte lançaram o SMITH WESSON de sete tiros calibre 22. No ano seguinte, eles ampliaram sua linha de produtos com o lançamento do S&W de sete tiros calibre 22. Uma nova fábrica foi inaugurada em 1857 na cidade de Springfield, estado americano de Massachusetts, ano em que a marca apresentou seu primeiro revólver de repetição.


Pouco depois, em 1860, o início da Guerra Civil Americana foi o incentivo que faltava para o crescimento das encomendas e a conseqüente expansão da empresa. Com isso, a S&W, como a empresa ficou conhecida, promoveu significantes melhorias no rifle de Jenkins e montou uma nova fábrica em New Haven no ano de 1866. Pouco depois, em 1870, com o lançamento do revólver Model 3 American (revólver calibre 44), que se tornou extremamente popular nos Estados Unidos, a SMITH & WESSON se estabelecia como a maior produtora de armas de fogo do mundo. Os maiores clientes do novo revólver foram a cavalaria americana (que comprou mais de mil unidades) e as forças imperiais russas. Com a aposentadoria de Smith em 1873, Wesson comprou sua parte na sociedade e deu continuidade a introdução dos filhos como sócios da empresa, especialmente Walter e Joseph Wesson, levando à exportação de armamentos de fogo leves para outros países. Era o início de uma tímida internacionalização da marca SMITH & WESSON.


Em 1877, a empresa lançou no mercado um de seus produtos que se tornaria um verdadeiro ícone: o famoso revólver calibre 38 SMITH & WESSON. As novidades continuaram no ano seguinte com a introdução do rifle 44 e do versátil revólver calibre 32, além de melhorias nos revólveres calibre 38. Em 1902, a empresa lançou no mercado o calibre 38 SPECIAL, que se tornou um dos revólveres mais populares do mundo, adotado por muitas forças policiais em diversos países. Esse modelo vendeu mais de 6 milhões de unidades.


O famoso calibre 357 Magnum, mais temível que muitas pistolas semi-automáticas, surgiu no mercado americano no ano de 1935, desenvolvido especialmente para alcançar um desempenho excepcional em termos de balística. No final da década de 40, em 1949, a empresa desenvolveu a pistola Model 39 para as Forças Armadas Americanas. Essa pistola foi disponibilizada para o mercado civil somente em 1955, sendo a primeira geração das pistolas semi-automáticas que levavam gravada a marca SMITH & WESSON. Em 1956 foi lançado no mercado o Model 29, popularmente conhecido como MAGNUM 44, imortalizado em Hollywood e nas telas do cinema por Clint Eastwood nos filmes “Dirty Harry”.


O primeiro revólver feito totalmente em aço foi introduzido pela SMITH & WESSON em 1965 com o nome de Model 60. Em 1967, a empresa desenvolveu e lançou no mercado sua primeira submetralhadora, que se tornou extremamente popular com os soldados americanos na Guerra do Vietnã. No final da próxima década, em 1979, a SMITH & WESSON produziu seu primeiro par de algemas, ingressando em uma nova categoria de mercado. Rapidamente suas algemas chamaram a atenção de vários departamentos de polícia do país, e os pedidos aumentaram ano a ano. A empresa dominou o mercado de armas de fogo por mais de um século, até que na década de 80 teve sua participação reduzida em virtude da entrada das pistolas austríacas Glock no mercado norte-americano. De 1987 a 2001 a empresa britânica Tomkins PLC foi proprietária da SMITH & WESSON. Durante este período, a empresa voltou a surpreender ao lançar no mercado em 1990 a pistola .40, especialmente desenvolvida para o FBI (Federal Bureau of Investigation).


No início do novo milênio, a empresa foi adquirida pela Saf-T-Hammer Corporation, que nos anos seguintes, apesar das restrições impostas as armas de fogo no mundo inteiro, conseguiu fazer com que a SMITH & WESSON se tornasse lucrativa novamente, mesmo que por um pequeno período. Esse período também foi marcado pelo lançamento de novos produtos, como por exemplo, em 2002, quando através de um contrato de licenciamento, introduziu bicicletas especialmente desenvolvidas para forças policiais; em 2003 quando lançou o revólver Model 500 (conhecido como .500 Magnum), considerado o mais potente do mundo; ou em 2006, quando ingressou na categoria dos fuzis AR-15 com a introdução da série de rifles M&P15. A empresa também passou a produzir lanternas, calçados para forças policiais, relógios, óculos, lanternas, além de uma ampla linha de facas de combate e canivetes. E tem mais, a S&W possui uma divisão de soluções para segurança que projeta e fabrica barreiras de segurança e contenção, entre outros equipamentos de proteção.


O museu
A S&W possui um enorme e completo museu que abriga uma grande variedade de armas e documentos históricos que contam a história da marca mais famosa de armas de fogo do mundo. No museu, inaugurado oficialmente no mês de junho de 2005 dentro de sua sede mundial na cidade de Springfield, estado de Massachusetts, pode ser visto mais de 100 preciosidades como espingardas fabricadas antes da criação da empresa; a primeira arma de fogo produzida pela S&W; protótipos de modelos históricos; revólveres desenvolvidos especialmente para a Guerra Civil Americana; enorme variedade de revólveres S&W da I e II Guerras Mundiais; exemplares de revólveres utilizados na época do Velho Oeste; modelos de Magnum 44 utilizados por Clint Eastwood nos filmes “Dirty Harry”; além do processo de fabricação do 500 Magnum, novo modelo de revólver produzido pela S&W. Os itens expostos pertencem a Smith & Wesson Historic Preservation Charitable Trust, que foi criada pela empresa tendo como objetivo zelar pela preservação da sua coleção.


Dados corporativos
● Origem:
Estados Unidos
● Fundação: 1852
● Fundador:
Horace Smith e Daniel Baird Wesson
● Sede mundial:
Springfield, Massachusetts
● Proprietário da marca:
Smith & Wesson Holding Corp.
● Capital aberto: Sim
● CEO & Presidente: James Debney
● Faturamento: US$ 392.3 milhões (2010)
● Lucro: - US$ 82.8 milhões (2010)
● Valor de mercado: US$ 345.1 milhões (fevereiro/2012)
● Fábricas: 4
● Presença global:
120 países
● Presença no Brasil:
Sim
● Funcionários:
1.520
● Segmento: Segurança e defesa
● Principais produtos:
Revólveres, pistolas automáticas, rifles e armas brancas
● Concorrentes diretos:
Ruger, Taurus, Glock, Colt e Beretta
● Ícones:
A Magnum 44
● Website: www.smith-wesson.com

A marca no mundo
A SMITH & WESSON, maior produtora de armas dos Estados Unidos, comercializa sua gama de produtos (que inclui revólveres, pistolas, rifles, facas, canivetes, algemas, munições, entre outros itens de segurança), além de rifles esportivos, em mais de 120 países ao redor do mundo. A S&W possui quatro unidades fabris nos Estados Unidos (Springfield, Houlton, Maine e Rochester). A empresa fabrica aproximadamente 74 modelos diferentes de pistolas. Recentemente a empresa atingiu a marca de 6 milhões de algemas produzidas em toda sua história.

Você sabia?
A marca também é conhecida por trabalhar com matéria prima de extrema qualidade para desenvolver as melhores facas e canivetes de combate do mundo.


As fontes: as informações foram retiradas e compiladas do site oficial da empresa (em várias línguas), revistas (Fortune, Forbes, Newsweek, BusinessWeek e Time), sites especializados em Marketing e Branding (BrandChannel e Interbrand), Wikipedia (informações devidamente checadas) e sites financeiros (Google Finance, Yahoo Finance e Hoovers).

Última atualização em 5/2/2012

Nenhum comentário: