27.7.06

ROYAL


O fermento em pó ROYAL, ícone da culinária brasileira e mundial, é presença garantida em milhões de cozinhas pelo mundo afora. Afinal, há mais de um século, donas-de-casa criam receitas deliciosas e meninas aprendem a fazer bolos apetitosos usando o produto, em sua tradicional lata vermelha com letras em branco. E tem mais. Dificilmente alguém com mais de 20 anos de idade não teve a infância marcada pelas deliciosas e coloridas gelatinas da marca ROYAL. E provavelmente se lembre do famoso slogan “Abra a boca é Royal”. Durante várias gerações a ROYAL tem transmitido tradição, qualidade e confiança de produtos consagrados no paladar de milhões de famílias brasileiras. 

A história 
A história da tradicional marca começou em 1863 quando os irmãos e químicos Cornelius e Joseph Christoffel Hoagland, descendentes de holandeses, com a ajuda de Thomas Biddle, resolveram formar uma sociedade para fabricar fermento em pó, com ingredientes importados da Europa, inicialmente comercializado na pequena mercearia da família na cidade de Fort Wayne, estado americano de Indiana. O nome do novo produto era pomposo, como muitos outros da época: ROYAL BAKING POWDER. Em 1873, com a entrada de novos investidores, William Ziegler e John H. Seal, o negócio pode ser expandido, resultando na fundação da Royal Baking Powder Company. Rapidamente eles investiram na maciça divulgação do produto e da marca ROYAL, chegando a patrocinar livros de receitas, e o produto começou a ser um grande companheiro das donas de casa americanas na hora de cozinhar. Em 1899, a empresa se mudou para a cidade de Nova York e se tornou a maior produtora de fermento em pó do mundo, exportando seu produto para vários outros países nos anos seguintes.


Na década de 1920, quando o produto já estava presente em 32 países ao redor do mundo, em sua grande maioria com enorme participação de mercado, somente a marca ROYAL estava avaliada em US$ 40 milhões, mostrando, já naquela época, toda sua força e tradição. O produto foi lançado oficialmente no Brasil em 1923, quando ainda era importado dos Estados Unidos. O rótulo da latinha cilíndrica era praticamente igual ao do final do século: vermelho e azul, igual a embalagem original americana, a não ser pelo fato de que o produto então se chamava Real Fermento Inglez. Já em 1931 a ROYAL resolveu estender sua marca para gelatinas em pó, uma sobremesa prática e refrescante. Rapidamente a deliciosa sobremesa se tornou uma das favoritas das famílias americanas. No ano de 1934 a ROYAL passou produzir seu fermento no Brasil, em uma fábrica localizada em Petrópolis, estado do Rio de Janeiro.


A tradicional linha de sobremesas da marca ROYAL, imortalizada nas cabeças e bocas de todos os brasileiros, foi introduzida no Brasil em 1946 com o lançamento da gelatina em pó sabor morango. Com o enorme sucesso do produto, nos anos seguintes a gelatina ganhou outros sabores como framboesa, cereja, limão e laranja. Nas décadas seguintes as gelatinas ROYAL marcaram a infância da garotada, ao lado dos doces caseiros, sendo presença constante nos lanches e sobremesas. Somente no ano de 1954 foi inaugurada uma nova fábrica para produzir o fermento em pó ROYAL, localizada na cidade de Jundiaí (interior do estado de São Paulo). Durante décadas o fermento ROYAL acompanhou milhões de donas de casa brasileiras e se tornou ingrediente indispensável em qualquer boa receita, especialmente de bolos, tortas e pães.


Em 1981, a marca passou a fazer parte do portfólio de produtos da Nabisco depois de uma fusão. Nos anos seguintes, a linha de produtos com a marca ROYAL também foi ampliada com o lançamento de pudins, flans e maria-mole em pó. No final desta década foi lançada a gelatina Diet, enriquecida com vitaminas A, C e E. Já a gelatina ROYAL LIGHT (livre de açúcar) foi lançada em 1999, e tinha como principal objetivo atender mulheres preocupadas com a jovialidade e beleza, mantendo uma alimentação saudável e boa forma física. Era a única gelatina light com sabores diferenciados e aroma natural, garantindo o verdadeiro sabor da fruta, sem adição de açúcar e com 85% de redução calórica.


No ano de 2000 a empresa Kraft Foods, uma das maiores indústrias alimentícias do mundo, comprou a fabricante de alimentos Nabisco e, com ela, a marca ROYAL, que se tornou referência no segmento de sobremesas em pó e também fermento. Com isso, a ROYAL ganhou uma melhor distribuição nos mercados onde vende seus produtos. Além disso, novos produtos foram incorporados a sua linha. Como por exemplo, em 2004, quando ocorreu o lançamento do pudim instantâneo, que ficava pronto em apenas 5 minutos. Pouco depois, em 2006, outra novidade foi introduzida pela marca: ROYALZINHO, primeira sobremesa em pó que, acrescida de leite, se assemelha aos refrigerados prontos para o consumo voltado ao público infantil, que ganharam a preferência da garotada no tradicional sabor morango. Em 2008, identificando que o consumidor cada vez mais procura produtos com menos teores de açúcares e gorduras, a marca lançou no mercado a gelatina ROYAL ZERO nos sabores uva, maracujá, morango, amora e tangerina. Outra novidade foi o relançamento de toda a linha regular de gelatinas ROYAL, com nova formulação e dicas de receitas no verso das embalagens. O novo layout trazia também mais destaque para Bocão, personagem símbolo da marca. Em 2011, a marca inovou mais uma vez ao lançar a primeira gelatina com dois sabores que não se misturam (ROYAL DUO MAGIC). Preparados simultaneamente, quando colocados juntos, os sabores se separam no mesmo pote, criando uma gelatina com duas cores.


A tradicional latinha 
Além de sua alta qualidade, o fermento em pó ROYAL ao longo de anos sempre foi reconhecido pelas consumidoras por sua tradicional embalagem: uma latinha pequena e cilíndrica.


Esse ícone da marca passou, nos últimos anos, por algumas alterações. Em 2003, ao completar 80 anos, a embalagem do tradicional fermento em pó passou por uma sensível modificação: sua lata teve a altura reduzida e a largura aumentada (atendendo justamente a maior solicitação das consumidoras, que há algum tempo queriam “enfiar” a colher de sopa dentro da latinha). Já em 2008, a embalagem de metal do fermento em pó deu lugar ao plástico, que ganhou formas anatômicas, além de maior facilidade para ser aberta ou fechada. Auxiliando as leais consumidoras, a nova tampa também servia como medidor, equivalendo a uma colher de sopa. A campanha de comunicação das novas embalagens trazia o slogan “Você mudou, nós também”, que ressaltava os atributos modernos do produto sem, no entanto, esquecer de suas características já tradicionais, como as receitas no verso do rótulo do fermento da marca e a cor vermelha. Em 2013 ocorreu a última alteração.


Marketing eficiente 
Durante anos no Brasil a ROYAL permaneceu como mais uma entre as tantas marcas expostas nas gôndolas dos supermercados. No entanto, a história começou a mudar quando a Nabisco deixou a marca ROYAL sob a responsabilidade da agência de publicidade J. Walter Thompson. Tendo como principal objetivo aproximar o produto (neste caso a gelatina) da rotina das crianças e comunicar formas divertidas de como consumir esta iguaria, foi então criado o jingle “Abre a boca, é Royal”, veiculado pela primeira vez em 1988, em um comercial que ainda não contava com a participação do tradicional personagem BOCÃO, que passou a figurar na comunicação do produto somente no ano seguinte, em continuação desta campanha. A criação do personagem deu mais força à iniciativa da marca, que pretendia mostrar para as crianças como era divertido comer gelatina. Feito com recursos de animação gráfica, o personagem procurava encontrar maneiras divertidas de levar as crianças a uma viagem ao mundo fantasioso da gelatina. Com base nesse pressuposto, a propaganda de ROYAL passou a ser desenvolvida mostrando a vida de Bocão e seus amigos em seu mundo.


Durante anos BOCÃO assumiu o papel de porta-voz das gelatinas ROYAL junto à garotada, participando de ações de merchandising nos programas de televisão, aparecendo nas campanhas publicitárias e também nas embalagens. Em 2011, após dois anos de ausência, a ROYAL trouxe de volta o personagem nas embalagens dos oito sabores da linha de gelatinas. O novo design pretendia aproximar a marca do público infantil e chamar a atenção dos consumidores nos pontos de venda.


Em 2011 o personagem gelatinoso foi remodelado, ganhando uma imagem e um visual mais moderno e atraente, com direito a boné e tênis mais deslocados, além de novas expressões faciais e corporais. Com isso, BOCÃO ficou mais simpático e contemporâneo do que nunca.


A evolução visual 
Durante quase sete décadas, a marca utilizou identidades visuais diferentes para sua linha de fermento em pó e gelatina no mercado brasileiro. Mas em 2013, para comemorar seus 90 anos no Brasil, as marcas foram unificadas, dando origem à Família Royal, que prometia celebrar de uma maneira inovadora este marco com seus consumidores.


Já em outros países, a marca utiliza uma identidade visual diferente da brasileira, especialmente nos mercados europeus.


E na Argentina e alguns países hispânicos a identidade visual da marca, apesar de diferente, mantém a cor vermelha.


Os slogans 
Simplesmente do seu jeito. (2013, institucional) 
O simples é mais gostoso. (2011, gelatinas) 
Abre a boca, é Royal. (1988, gelatinas) 
A alegria da mesa. (gelatinas)


Dados corporativos 
● Origem: Estados Unidos 
● Fundação: 1863 
● Fundador: Cornelius Hoagland, Joseph Hoagland e Thomas Biddle 
● Sede mundial: Deerfield, Illinois, Estados Unidos 
● Proprietário da marca: Mondelēz International Inc. 
● Capital aberto: Não 
● CEO: Irene Resenfeld 
● Faturamento: Não divulgado 
● Lucro: Não divulgado 
● Presença global: + 30 países 
● Presença no Brasil: Sim 
● Segmento: Alimentos 
● Principais produtos: Fermento em pó, gelatinas, pudins e maria-mole 
● Concorrentes diretos: Dr. Oetker, Fleischmann, Jell-O, Betty Crocker e Dona Benta (Brasil) 
● Ícones: O personagem Bocão (gelatinas) 
● Slogan: Simplesmente do seu jeito. 
● Website: www.familiaroyal.com.br 

A marca no mundo 
Atualmente a marca ROYAL comercializa seus produtos, entre os quais fermento, gelatinas em pó, misturas para bolo e até coberturas (estes dois especialmente na Europa), em mais de 30 países ao redor do mundo, com forte presença e popularidade no Brasil, Argentina, Estados Unidos, Espanha, Portugal, Irlanda e Inglaterra. No Brasil a marca é líder no segmento de fermento em pó há mais de 65 anos, com mais de 90% de participação. Já no segmento de gelatinas (no qual a ROYAL oferece oito sabores), a marca é líder no mercado brasileiro com 29%. 

Você sabia? 
O fermento em pó ROYAL é sinônimo da categoria no Brasil, sendo conhecido pela grande maioria das donas de casa e presente em mais de 60% dos lares brasileiros. 


As fontes: as informações foram retiradas e compiladas do site oficial da empresa (em várias línguas), revistas (Fortune, Forbes, Newsweek, BusinessWeek e Isto é dinheiro), jornais (Meio Mensagem), sites especializados em Marketing e Branding (BrandChannel e Mundo do Marketing) e Wikipedia (informações devidamente checadas). 

Última atualização em 17/2/2015

33 comentários:

Anônimo disse...

Olá pessoal!!! Alguém se recorda da gelatina instantânea royal que ficava pronta em 5 minutos após colocada na geladeira?
Brigadu!!!
Walter

Anônimo disse...

Que delicia mas queria que voceis criacem uma gelatina de chocolate

Jane Lancieri Juneck disse...

Meu nome é Jane Lancieri Juneck,tenho 56anos e conheço a Royal q me lembre,desde a infância.
Mas,hoje em dia encontro dificuldade em executar seus produtos em geral.Por exemplo a gelatina mesmo diminuindo a quantidade de água não fica como antigamente.
Desejo que esta minha crítica só venha a somar para que melhorem,revendo o necessário.
Obrigada pela atenção.

jucelia santos aleixo disse...

bom,pessoal nao consigo encontrar em supermarcado nenhum a gelatina com sabor de royalzinho(danoninho) ja estou ficando loca para experimemtar e nao consigo achar por favor me ajude pois se nao eu vou morrer de vontade pois amo produtos da royal prinsipalmente as novidades.

Anônimo disse...

Essa gelatina é a maior merda, é muito ruim mesmo. É uma porcaria, propaganda enganosa

Anônimo disse...

Abri tres pacotes de gelatina sabor morango e nenhumas dela endureceu,para minha surpresa
no saquinho nao tem o S A C.
Como poderei reclamar!
Alguem sabe o e-mail da royal,gostaria de saber.

Erika disse...

.Assim com fizeram gelatina diete, light, acho falta de gelatina sem corante para os alérgicos. Conheço várias pessoas que tem alergia à corante e não pode saborear gelatina pelo excesso de corante que tem nela. Socorro! Inventem isto o mais breve possível?!

Alda Cristina Pimentel disse...

Toda vez que leio os ingredientes da gelatina vejo a gelatina como ingrediente, mas não diz do que ela é feita.É verdade que é feita de ossos de animais e peles fervidas?
E por que não consta na embalagem esses ingredientes? O consumidor tem o direito de saber!

Anônimo disse...

eu adoraria receber receitas com gelatinas e que eu ja adoro gelatinas imagune fazer algo com essas maravilhas

Mari disse...

"bom,pessoal nao consigo encontrar em supermarcado nenhum a gelatina com sabor de royalzinho(danoninho)" Acho sempre no Carrefor. E é muito boa. Basta seguir a quantidade de leite.

Monica disse...

Gostaria de receitas com gelatina diet ou light, como posso adquiri-las ?

Anônimo disse...

ola pexual.. bem esprenentei a tal gelatina i nao vale um cornu,,,
nao sei pa k é tanta publixidade xe é tdu mentira...

Anônimo disse...

gostaria de saber, porque vocês usam o ciclamato e a sacarina como edulcorantes, visto que vocês têm a versão diet,e isso implica que muitas pessoas inclusives crianças estão fazendo uso de adoçantes sem necessidade.

Anônimo disse...

eu gostaria que em um mesmo pacote viesse 2 tipos diferentes de sabores.digo sabores misturados, como se fosse sabores surpresa!raquel

Anônimo disse...

Gostaria de saber o site com receitas de gelatina royal. Aqui usamos muito esta marca queremos mais receitas Obrigada.

Denise Medeiros disse...

Olá,
Gostaria de saber se existe gelatina de sabor "goiaba", pois outras marcas possui e é uma delícia. Existe?

Se não existe, segue aí uma sugestão.
Grata,
Denise Medeiros

DENISE disse...

Existe o sabor de goiaba para o Pudim de Maria Mole?

Se não existe, segue aí uma sugestão.

Grata,
Denise Medeiros

Luciano disse...

Ola a todos. O que pouquissimas pessoas sabem é que a gelatina royal e derivada do porco ou boi. Na Europa a Royal já é obrigada a escrever " contem protudo Suino" assim todos ficam exclarecidos! ;)

Anônimo disse...

Olá, minha gente. A gelatina royal é a melhor marca e a melhor
gelatina que tem no mercado. Faço um mousse de morango com essa gelatina que é uma delicia. Parabens. Só gostaria mesmo é de saber exatamente se é feito com derivado de boi ou de porco.

Anônimo disse...

Queria que alguem me falasse com fazer a gelatina sem formar uma camada no fundo da travessa que parece uma camada de plástico. Ja tentei varias coisas e não consigo acertar
Se alguem souber por favor me fale
Anonimo

Anônimo disse...

Ola pessoal gostaria de obter a receita premiada do bocão que foi feita no programa do Hoje em Dia no dia 27/02/2008, pois não encontrei no site do programa quem souber me envie.
bjuxxxx

Anônimo disse...

Recadinho pro anônimo que postou seu comentário 12:56 PM,que faz um
mousse delicioso,gostaria de sugerir que posta-se sua receita.
bjuxxxxxxxxxx

Angela disse...

De verdade, mais do que a gelatina da royal eu prefiro a da Dr.Oetker.

a da royal é bonita na embalagem pq tem o Bocão, mas o sabor é MUITO ARTIFICIAL.... parece que vc está comendo corante, aroma e açucar.

A gelatina da Dr.Oetker (www.oetker.com.br), é feita com polpa de frutas e mantém o sabor original, da fruta mesmo....

ah... alias, eles estão com uma promoção no ar, vi na tv ontem mesmo... bem divertido! www.oetker.com.br

vale a dica!

Anônimo disse...

Sinceramente, me decepcionei com a gelatina royal, da ultima vez comprei a de sabor limão.Não consegui sentir o sabor.Estava estranha pra caramba.Ao invés de melhorar vcs estao piorando.Comprei a royal justamente devido a confiança q ela sempre passou, mas agora estou vendo q não vale mais nada.

Anônimo disse...

Tenho 59 anos, gosto muito da gelatina royal, mas é corante demais !!!!. Porque não fazem gelatina com corantes naturais????? Mesmo que o saber não seja tão bom não importa!! Voces sabem quantos anos leva p/ nosso organismo eliminar esses corantes??

Anônimo disse...

Quero saber se ja tem gelatina no sabor de melancia .

Dione

Anônimo disse...

Não é um comentario mas sim um pedido se possivel
Estive em Portugal e encontei a receita do Bolo Rosinha no Clube do Bocão
è um bolo coloca a massa na forma e despeja pudim de morango por cima e depois assa quando pronto ele fica recheado
Mas esqueci de trazer a receita
Fico muito grata se puderem me enviar a receita
Aproveito para desejar um FELIZ NATAL E UM ANO NOVO COM MUITA SAUDE E FELICIDADE
hELENA

cassia disse...

Para o anonimo que disse para inventar gelatina de chocolate informo que ja fiz é uma delicia mas isso foi la em Portugal e é Royal

DriRejane disse...

Acho um crime produtos que são destinados prioritariamente às crianças conterem tantas substâncias nocivas como o ciclamato de sódio que é proibido em vários países e aqui está em vários produtos sem discriminação. Se o produto não é diet ou ligt porque não é adoçado com açucar? Até bebês consomem gelatina e isso é um crime e a Royal é uma das piores nesse sentido.

Giovana disse...

Tem SAC sim...
Serviço de atendimento junto com a marca KRAFT 0800 7041940

Anônimo disse...

Meu nome é Estefania e sempre gostei dos produtos Royal,mas, ja faz um bom tempo venho notando que tem um sabor amargo e nao fica durinha fica aguada, descobri que a gelatina não é adoçada com açucar e sim com adoçante, estou falando da gelatina normal sem ser a light, que pena que voces nos obriguem a ingerir adoçante, eu não comprei mais pois não vou dar a minha familia adoçante, é uma pena, vou procurar outra marca que contenha açucar e não adoçante.

Anônimo disse...

Boa noite !meu nome É Elizangela e moro em Portugal , Lisboa . nao sei quem pode me ajudar mas ja tem uns tempos que não consigo encontrar o leite creme da royal nos supermercados agora so encontro preparo tipo leite creme que parece que tem fuba no preparo pois nao e tao puro. alguem sabe me informar porque deixaram de produzir este tipo de produto?

Anônimo disse...

Incrível a quantidade de pessoas que postam comentários como se estivessem no site da Royal. É o cúmulo da falta de atenção.