18.7.06

Philip Morris

Imagine uma empresa proprietária de 7 das 15 maiores marcas de cigarros do mundo e oferece um mix sólido de produtos locais e internacionais que têm como alvo uma faixa variada de fumantes adultos. Esta é a PHILIP MORRIS, uma empresa comprometida com o fornecimento dos produtos da mais alta qualidade aos mais exigentes consumidores. Apesar de comercializar produtos nocivos à saúde, a empresa procura interagir de forma proativa com agências reguladoras e a comunidade de saúde pública para tratar as questões complexas que envolvem o uso do tabaco.
-
A história
Tudo começou em 1847 quando o senhor Philip Morris abriu uma pequena tabacaria, localizada na Rua Bond (Bons Street) na cidade de Londres, para vender tabaco importados e cigarros prontos. Somente em 1854 o senhor Philip Morris começou a fazer seus próprios cigarros. Em 1870 a empresa começa a produzir duas marcas que se tornariam famosas: Cambridge e Philip Morris Oxford Blues (conhecidas mais tarde como Oxford Ovals e Philip Morris Blues). Com sua morte em 1873, o negócio foi assumido por sua mulher Margaret e seu irmão Leopold. Em 1881 Leopold Morris abriu o capital da empresa e se juntou a Joseph Grunebaum para estabelecer a Philip Morris & Company and Grunebaum. A sociedade foi desfeita em 1885 e a empresa passou a se chamar Philip Morris & Co. Por fim, em 1894, a empresa saiu do controle da família fundadora e foi assumida por William Curtis Thomson e sua família.
-
-
Sob a direção de Thomson, a empresa foi nomeada a fornecedora oficial de tabaco do Rei Eduardo VII e, em 1902, foi incorporada em Nova Iorque por Gustav Eckmeyer (um representante exclusivo da PHILIP MORRIS nos Estados Unidos desde 1872, importando e vendendo cigarros fabricados na Inglaterra), chegando ao mercado americano com 50% do capital em mãos inglesas e os outros 50% em mãos americanas. Nesse mesmo ano um dos produtos de maior sucesso da história foi introduzido no mercado americano com o lançamento do cigarro MARLBORO. Além dele, a empresa vendia marcas de cigarros inglesas como Philip Morris, Blues, Derby e Cambridge.
-
-
O ano de 1919 foi crucial para a empresa. Foi o ano da introdução do brasão com a coroa no logotipo (conhecido como Coronet Logo) da PHILIP MORRIS, da aquisição da Philip Morris Company nos Estados Unidos por uma nova empresa de propriedade de acionistas norte-americanos e da sua incorporação, no estado da Virgínia, sob o nome de Philip Morris & Co., Ltd., Inc. Em 1924, o Marlboro foi reintroduzido no mercado com o slogan “Mild as May”, endossado pela atriz Mae West, uma espécie de sugestão para o público feminino ao qual era voltado. Isto porque, nesta época todos os cigarros com filtro eram tidos como “femininos”, por serem, em tese, mais fracos. No final desta década, a empresa começou a produzir cigarros na sua fábrica em Richmond, localizada no estado da Virgínia, em 1929. No início da década de 50, em 1951, a empresa investiu nos patrocínios a programas de televisão, entre eles o famoso seriado “I Love Lucy”, um sucesso na televisão americana. Em meados desta década, a empresa já fazia parte da cultura norte-americana e, pouco depois, a PHILIP MORRIS INTERNATIONAL foi criada para fabricar e comercializar seus produtos em todo o mundo. A divisão australiana foi formada em 1954, sendo a primeira subsidiária fora dos Estados Unidos. Foi nesta época que a empresa comprou a tradicional marca de cigarro Benson & Hedges.
-
-
Pouco depois, em 1957, o primeiro Marlboro produzido fora dos Estados Unidos, é fabricado através de um acordo com a Fabriques de Tabac Réunies na Suíça. Neste mesmo ano, a empresa adquiriu a Milprint & Nicolet Paper, sendo a primeira aquisição não ligada à indústria do tabaco feito pela PHILIP MORRIS. No ano de 1967 a empresa é dividida em três: Philip Morris Domestic (Philip Morris USA), Philip Morris International e Philip Morris Industrial. O ano de 1972 foi marcado por sucessos: Marlboro se tornou a marca de cigarro mais vendida do mundo; o volume de vendas internacionais superou 113 bilhões de unidades; e um acordo com a Japan Tobacco permitiu a produção local do Marlboro naquele país. Nesta época, em plena Guerra Fria, a empresa desenvolveu um tipo de cigarro "American Blend" para distribuição na União Soviética, abrindo caminho para o mercado dos países da Cortina de Ferro (leste europeu). No ano seguinte, pela primeira vez em sua história, o volume de vendas internacionais superou o volume americano.
-
-
A década de 80 foi marca pela inauguração da maior fábrica da empresa fora dos Estados Unidos, localizada em Bergen op Zoom na Holanda, que até hoje continua sendo sua maior unidade industrial fora do mercado americano. Nas décadas seguintes a PHILIP MORRIS continuou sua expansão, inaugurando fábricas na Malásia (1995) e nas Filipinas (2005); adquirindo a Sampoerna, marca de tabaco extremamente famosa da Indonésia, em 2005; e assinando um acordo de licenciamento para a produção e distribuição do Marlboro na China. Além disso, em 2003 mudou seu nome para Altria Group, provavelmente, com o objetivo de dissociar a imagem da marca do tabaco, já que a empresa possuía negócios no segmento de alimentos e bebidas alcoólicas. Porém, recentemente, no mês de março de 2008, a PHILIP MORRIS INTERNATIONAL se tornou uma empresa independente do Grupo Altria, com ações negociadas na Bolsa de Valores. A divisão americana (conhecida por PHILIP MORRIS USA) continuou sob o comando do Grupo Altria. Ainda neste ano adquiriu a tradicional empresa canadense Rothmans Inc.
-
-
A linha do tempo
1885
Lançamento dos cigarros BLUES, CAMBRIDGE, DERBY, UNIS e um cigarro feminino chamado MARLBOROUGH (que depois seria conhecido como Marlboro).
1902
Lançamento do cigarro BOND STREET.
1922
Lançamento do cigarro PLAYERS.
1933
Reintrodução da marca PHILIP MORRIS custando apenas 15 centavos de dólar.
1953
Lançamento do cigarro L&M.
1954
Lançamento da embalagem Flip-Top Box (caixinha).
1956
Lançamento do cigarro PARLIAMENT em sua tradicional caixinha azul, dourada e branca.
1959
Lançamento do cigarro ALPINE.
1963
Lançamento do cigarro SARATOGA, primeiramente na cidade de Seattle como teste.
1964
Lançamento do cigarro GALAXY.
1967
Lançamento do MARLBORO MENTHOL, um cigarro com sabor mentolado e marcante.
1968
Lançamento do cigarro Premium VIRGINIA SLIMS com o slogan “You’ve come a long way, baby”.
1972
Lançamento do MARLBORO LIGHTS.
1998
Lançamento do MARLBORO ULTRA LIGHTS, um cigarro ainda mais fraco que a versão light, com menores teores de nicotina e alcatrão.
1999
Compra da marca LARK, cigarro introduzido no mercado em 1963.
2005
Lançamento do NEXT na Malásia, cigarro popular introduzido como uma alternativa ao Marlboro. O cigarro foi criado em virtude dos altos impostos cobrados no país em cima da marca Marlboro.
-
-
As marcas
A empresa o portfólio de produtos mais forte e diversificado do setor, liderado por Marlboro, a marca número um em vendas no mundo, e L&M, a quarta marca mais popular. Este portfólio inclui uma variedade de misturas e estilos entre 150 marcas diferentes e mais de 1.900 variações. Na verdade, 7 das 15 maiores marcas do mundo são produzidas pela PHILIP MORRIS. Suas principais marcas mundiais são:
● Marlboro é a marca de cigarros líder do mundo, com quase o triplo em vendas que os concorrentes mais próximos. Em 2008, o volume de vendas do Marlboro superou em muito o volume total das quatro principais marcas pertencentes aos principais concorrentes, atingindo 310 bilhões de unidades (excluindo o mercado americano).
● L&M é a quarta marca de cigarros mais popular do mundo com um fornecimento superior a 92.4 bilhões de unidades. Entre 2002 e 2007, o volume de L&M cresceu a uma taxa anual composta de 1,7%, ocupando uma fatia de 2,9% do mercado internacional de cigarros, excluindo a China e os Estados Unidos.
● Chesterfield é uma marca que cresceu e chegou à terceira maior em importância para a empresa, e a décima no mundo em número de cigarros vendidos. Era a marca preferida do ator Humphrey Bogart.
● Philip Morris é a quinta maior da empresa, está presente em mais de 40 mercados e vende mais de 37 bilhões de unidades anualmente.
● Parliament é distribuído em mais de 50 mercados internacionais, sendo a 14ª marca do mundo e a 6ª em importância para a empresa. Em 2008 atingiu um volume de vendas de 37.4 bilhões, com crescimento acima de 20% em países como Coréia do Sul, Rússia, Turquia e Ucrânia.
● Virginia Slims é a marca de cigarro Premium da empresa, que em 2008 atingiu um volume de vendas 8.2% maior que no ano anterior.
● Bond Street é um cigarro de preço baixo e extremamente popular na Europa Oriental.
-
-
Outras marcas importantes da empresa são: Basic, Merit, Alpine, Cambridge, Bristol, Bucks, Collector's Choice, Commander, English Ovals, Lark, Benson & Hedges, Next, Players e Saratoga. Além disso, a empresa possui diversas marcas locais importantes, o que permite manter uma forte participação em mercados muito distintos entre si por todo o mundo. A PHILIP MORRIS fabrica A Hijau, A Mild e Dji Sam Soe na Indonésia, Diana na Itália, Optima e Apollo-Soyuz na Rússia, Morven Gold no Paquistão, Boston na Colômbia, Best e Classic na Sérvia, f6 na Alemanha, Delicados no México, Assos na Grécia e Petra na República Checa e na Eslováquia. Só para mencionar alguns poucos.
-
-
Apesar dessa situação confortável, a empresa continua a desenvolver produtos inovadores voltados para as preferências mais atuais dos consumidores adultos, investindo intensamente em pesquisas e desenvolvimento, e trabalhando incessantemente para a criação de produtos novos e avançados que possam reduzir os riscos das doenças associadas ao tabaco.
-
Fumo e saúde
A PHILIP MORRIS reconhece e concorda que fabrica um produto que causa dependência e provoca doenças graves. Esta é a razão pela qual divulga de forma clara informações sobre os riscos à saúde associados ao tabaco e defende uma regulação abrangente dos produtos de tabaco onde quer que faça negócios. Para a empresa, a responsabilidade começa com o produto. Esta é a razão pela qual está comprometida com a divulgação dos riscos à saúde do consumo de tabaco de uma forma direta e transparente, bem como com o apoio à regulação do tabaco em todos os lugares nos quais vende seus produtos. Além disso, apóia iniciativas em comunidades em que os seus funcionários residem e trabalham, e também nos locais de onde provém o tabaco que utiliza, com o objetivo de atuar em questões sociais centrais. Essa ajuda é direcionada principalmente para as áreas de necessidades humanas e sociais, agricultura e meio ambiente, combate a fome e a violência doméstica. Em 2007, suas doações totalizaram mais de US$ 18 milhões.
-
Dados corporativos
● Origem: Inglaterra
● Fundação: 1847
● Fundador: Philip Morris
● Sede mundial:
Lausanne, Suíça
● Proprietário da marca:
Philip Morris International, Inc.
● Capital aberto:
Sim
● Chairman & CEO: Louis C. Camilleri
● CFO:
Hermann Waldemer
● Faturamento: US$ 25.7 bilhões (2008)
● Lucro: US$ 6.89 bilhões (2008)
● Valor de mercado: US$ 74.5 bilhões (abril/2009)
● Fábricas: 59
● Presença global:
160 países
● Presença no Brasil: Sim
● Funcionários:
75.600
● Segmento:
Tabaco
● Principais produtos: Cigarros
● Ícones: O cigarro Marlboro
● Website:
www.philipmorrisinternational.com
-
A marca no mundo
A PHILIP MORRIS INTERNATIONAL, empresa de tabaco líder do mercado internacional, vende seus produtos em mais de 160 países, possuindo 59 fábricas (localizadas em 32 nações) e emprega 75.000 pessoas. O volume de vendas em 2008 superou 870 bilhões de unidades e atingiu uma participação de mercado mundial de 15.6%. Além dos Estados Unidos (através da PHILIP MORRIS USA), Japão, Itália, Alemanha, Rússia e Turquia são alguns dos principais mercados da empresa.
-
-
As fontes: as informações foram retiradas e compiladas do site oficial da empresa (em várias línguas), revistas (Fortune, Forbes, Newsweek, BusinessWeek e Time), sites especializados em Marketing e Branding (BrandChannel e Interbrand), Wikipedia (informações devidamente checadas) e sites financeiros (Google Finance, Yahoo Finance e Hoovers).
-
Última atualização em 9/2/2009

11 comentários:

neiva disse...

Gostaria de saber se ouve aumento nas tarifas de cigarros

biracir disse...

eu tenho um coleção de latinhas e caixinhas da marlboro e gostaria de estar recebento em minha casa caixinhas e latinha vazias para minha coleçao que não tem nos comecios para veder mas tambem sou fumante a mais de cinco anos muito obrigado pela qualidade .

Anônimo disse...

Preciso saber o faturamento da empresa recentemente (2007 ou 2008)

Andre AlO disse...

Meu nome é André Alô,
Como usuario do Malrboro gostaria de parabenizar por essa marca tão forte em todo mercado mundial.
E como profissional da area comercial gostaria de fazer parte desse time campeão.
Como posso enviar meu curriculo.
tenho esperiencia na area comercial varejo pois trabalhei na AMBEV.
Grande abraço e fico no aguardo.

ricardinho disse...

ricardo neto:como usuario de malboro parabenizo a empresa pela qulidade dos produtos, tamben gostaria de saber como posso enviar meu curriculum, tenho esperiencia comercial na Ford Brasil. ricardinhoneto_@hotmail.com

Flavio disse...

fui consumidor da malboro até 1991.
parei por praticas esportivas.

a déia é bôa mas prejudicial.

portanto o fumante naopode querer qualidade de vida.

logo:

voces como empresa de exelencia nunca procuraram fazer um cigarro benigno ??????

afirmo que é possivel
obrigado

Rutinéia disse...

OLA1!!? independente dos males privovado pelo fumo admiro a copetência e eficacia que a empresa se favorece ao trabalhadores e consumidores,é de suma importâcia frizar que tudo de exesso prejudica a sa´de poém a empresa produz fundos de bilhões e não afeta a produção e somente tende a crescer cada dia mais pelo produto ser de tamanha satisfação de todos os consumidores... sou fã de carterinha da phillips morris. Parabens a admistração ao inventores e a produção sempre fazendo o de melhor para o melhor..

NEURI disse...

GOSTARIA SABER OS CODIGO DAS CORES LA E PHILIP MORRIS DOURADO SE É PANTONE OU MUNSSEL E COD. GRATO NEURI

Andre disse...

A galera pensando que essa é a pagina da Philip Morris.. ahuhauhaua

maldita inclusão digital

Mirna disse...

Eu acho que as edições limitadas são muito bons, além de ter esse sabor especial, são muito difíceis de obter e tabacarias
muito poucos têm.

Thiago Moura disse...

Olá boa tarde!
Sou estudante do 4º ano de Serviço Social da Unitau. Estou realizando meu trabalho de conclusão de curso sobre o tabagismo e por isso preciso saber o nome da pessoa que criou esse blog para que eu possa colocar em minha referência bibliográfica.
Se você puder entrar em contato comigo por e-mail: daianamoura86@hotmail.com.
Desde já agradeço pela atenção.