5.6.06

YAKULT


Contribuir para uma vida saudável e alegre de milhões de pessoas no mundo, com base em pesquisas contínuas da ciência da vida. Esta é a filosofia de YAKULT, aprovado por milhões de consumidores como um produto com probiótico que traz benefícios à saúde por meio de uma alimentação saudável. O produto é considerado um alimento funcional porque colabora com a saúde intestinal. A marca está continuamente trabalhando para tornar a vida mais saudável e o consumidor mais satisfeito. Por isso, YAKULT é saúde em potinhos. 

A história 
No ano de 1925, o Japão apresentava alto índice de mortalidade infantil em virtude de um surto de infecções intestinais e desnutrição. Inconformado com isso, o Dr. Minoru Shirota, médico e pesquisador em microbiologia do sistema gastrointestinal, iniciou seus estudos sobre lactobacilos intestinais, com o objetivo de usá-los em prol da medicina preventiva. Nesta época, a medicina preocupava-se mais com o tratamento do que com a prevenção das doenças. Além disso, existiam poucas pesquisas sobre microrganismos úteis ao intestino. No ano de 1930, após anos de contínuas pesquisas no laboratório de microbiologia da Universidade de Medicina de Kyoto, o Dr. Shirota selecionou uma espécie de lactobacilos (microrganismos vivos com a biotecnologia já conhecida da fermentação láctica), resistentes à acidez do estômago e, que se mantendo vivos no intestino, inibiam a proliferação de bactérias intestinais nocivas. Desta forma, promoviam o equilíbrio da flora intestinal. Estes microrganismos revolucionaram todos os conceitos da área de saúde e foram batizados de Lactobacillus casei Shirota.


Finalmente em 1935 foi desenvolvido o Leite Fermentado YAKULT, um alimento à base de leite desnatado e fermentado composto por Lactobacillus casei Shirota, fabricado e distribuído na cidade de Fukuoka. Foi o primeiro alimento com microrganismos probióticos do mundo. Registros oficiais indicam que YAKULT deriva da palavra jahurto, antiga forma de jogurto, palavra em Esperanto que significa iogurte. Para que o produto estivesse facilmente disponível para o maior número de pessoas foi adotado o sistema de entrega domiciliar, um exército de senhoras que entregavam a bebida diretamente nas casas das pessoas e usavam bicicletas como meio de transporte. Essas mulheres eram chamadas de “Yakult Obaasan” (Tias Yakult). Inicialmente o produto ajudou a manter milhões de crianças com saúde por meio de um intestino saudável, diminuindo assim os riscos de aparecimento de doenças. Somente no ano de 1938, YAKULT foi registrado como marca.


No ano de 1940 foi estabelecido o instituto de pesquisa na cidade de Kyoto. Em 1963, com o objetivo de dar continuidade ao trabalho iniciado pelo Dr. Minoru Shirota, a distribuição do leite fermentado no Japão passou a contar com as famosas “Yakult Ladies” (vendedoras autônomas que comercializavam o produto em tradicionais carrinhos), aqui no Brasil conhecidas como Mulheres do Yakult. No ano seguinte têm início as atividades internacionais da empresa em Taiwan com a instalação de sua primeira fábrica fora do Japão. Pouco depois, em 1966, YAKULT passou a ser produzido no Brasil, devido ao enorme número de imigrantes japoneses. No início o produto enfrentou resistência dos consumidores brasileiros, que associavam lactobacilos a enfermidades. Mas com o tempo, o leite fermentado passou a ser valorizado e reconhecido como um alimento funcional que traz uma série de benefícios para a saúde e intestino. Desde então, a empresa tem se expandido com sucesso na Ásia, América, Europa e Oceania. Atravessou fronteiras desenvolvendo atividades adequadas às necessidades de cada país e conquistou o respeito de milhões de consumidores.


No ano de 1967 a empresa deu um grande passo rumo à inovação científica ao inaugurar o Instituto Central de Pesquisas em Microbiologia na cidade de Kunitachi, nos arredores de Tóquio. Em 1968 o produto passou a ser vendido nos tradicionais potinhos de plástico. A inspiração para o design da embalagem teria sido as Kokeshis, bonecas de madeira originárias do norte do Japão. Sobre a época em que o produto era vendido em garrafas de vidro (semelhantes a ampolas), uma curiosidade: as operárias japonesas responsáveis por lavar essas embalagens para reutilização ficavam com as mãos extremamente macias. Foi o que impulsionou a produção de cosméticos pela empresa, em um mercado em que as vendas da YAKULT também são “fermentadas”. Essa nova divisão começou a operar em 1961 depois que o Dr. Minoru Shirota passou a pesquisar a possibilidade desse benefício ser aplicado ao tratamento cosmético, para amenizar os efeitos de sensibilidade na pele, comum principalmente durante o rigoroso inverno japonês. Por meio de suas pesquisas, ele descobriu o Complexo S.E. (ou Shirota Essence), componente obtido da fermentação láctea pelos lactobacilos de YAKULT, que hidrata e promove o rejuvenescimento da pele.


Nas décadas seguintes, a empresa lançou inúmeros produtos novos, sempre mantendo YAKULT como carro-chefe. O Dr. Shirota faleceu no dia 10 de março de 1982 aos 82 anos deixando como herança uma nova visão em relação à medicina preventiva, mostrando que a prevenção é tão importante quanto o tratamento das doenças. Na década de 1990 a marca começou sua grande e rápida expansão pelo continente europeu, ingressando primeiramente no mercado holandês em 1994. Entre os anos de 1995 a 1997 o produto foi introduzido com sucesso na Bélgica, Luxemburgo, Alemanha e Inglaterra. Em 2000 foi a vez do mercado francês e espanhol, e depois da República da Irlanda, Áustria, Malásia, China e Itália conhecerem o YAKULT. Assim, o Leite Fermentado YAKULT tornou-se um dos alimentos mais consumidos no século 20.


A inovação em produto não parou e, no ano de 2006, foi lançado no mercado o YAKULT LIGHT, que contém menos açúcar e calorias que a versão original. Pouco depois, em 2009, lançou um novo produto: YAKULT ACE, versão do leite fermentado mais concentrado, onde cada potinho contém 30 bilhões de Lactobacillus casei Shirota, 30% menos açúcar e calorias, além de nutrientes como cálcio e vitaminas. Sua mais recente novidade, introduzida em 2014, é o YAKULT GOLD, uma bebida de leite fermentado de alto valor agregado, especialmente desenvolvido para pessoas idosas.


Processo de produção 
Preparação de leite 
O leite desnatado é esterilizado e segue para os tanques de Pré-Fermentação e de Fermentação. 
Fermentação 
No tanque de Pré-Fermentação, o leite esterilizado recebe a cultura de Lactobacillus casei Shirota. Decorrido o período de pré-fermentação, o líquido é transferido ao Tanque de Fermentação. A fermentação é a etapa mais importante da fabricação do Leite Fermentado YAKULT, pois dela depende o perfeito desenvolvimento dos lactobacilos probióticos do produto. Após a fermentação, o leite fermentado passa pelo tanque de equilíbrio e depois pelo homogeneizador. O leite homogeneizado segue então para o Tanque de Mistura. 
Preparação do Xarope 
Nesta seção o açúcar é dissolvido em água e segue para o Tanque de Dissolução. Após a dissolução, o xarope passa pelo filtro e depois pela esterilização. O xarope esterilizado fica armazenado no Tanque de Estocagem até ser enviado para o Tanque de Mistura. 
Mistura 
No Tanque de Mistura, a essência é adicionada ao leite fermentado e ao xarope para conferir o aroma e o sabor característico do Leite Fermentado YAKULT. O leite fermentado é resfriado e está pronto para ser engarrafado.


Fabricação dos Frascos 
Os frascos do YAKULT são fabricados com um tipo especial de matéria-prima próprio para a indústria de alimentos que é derretido e, em seguida, injetado nos moldes. Os moldes recebem sopro de ar comprimido para obter o formato característico dos frascos de Leite Fermentado YAKULT. Os frascos prontos seguem para os Silos de Estocagem de Frascos. 
Engarrafamento 
Os frascos provenientes dos Silos de Estocagem são ordenados com o bocal para cima e recebem a impressão do rótulo. Em seguida, os frascos são envasados com o Leite Fermentado, recebem a tampa e são selados. Depois, passam pela Datadora e recebem as datas de fabricação e de validade. 
Empacotamento 
Os frascos de Leite Fermentado YAKULT são conduzidos por meio de esteiras para as embaladoras automáticas, onde são formados mini-pacotes com 4 ou 6 unidades. Então, os mini-pacotes são embalados novamente em pacotes com 40 ou 60 unidades e esses são empilhados sobre paletes. 
Armazenamento e Transporte 
Os paletes seguem para a Câmara-Refrigerada e são dispostos automaticamente em prateleiras. Após liberação do Laboratório de Controle de Qualidade, o Leite Fermentado YAKULT sai da fábrica em caminhões refrigerados para os pontos de comercialização e, finalmente, aos consumidores.


A identidade visual 
O tradicional logotipo da marca em vermelho é aplicado de duas formas: sem o círculo oval (corporativo e outros produtos) e com o círculo (somente para a linha de leites fermentados).


Os slogans 
Para um amanhã mais saudável, Yakult hoje. (2011) 
Saúde de criança para todos, todos os dias. (2008) 
Saúde de criança pra vida toda. 
Every body. Every Day. 
Saúde Global em Harmonia. (corporativo, Brasil) 
In order for people to be healthy, everything around them must also be healthy. (corporativo, global)


Dados corporativos 
● Origem: Japão 
● Fundação: 1935 
● Fundador: Minoru Shirota 
● Sede mundial: Tóquio, Japão 
● Proprietário da marca: Yakult Honsha Co. Ltd. 
● Capital aberto: Sim (1981) 
● Chairman & CEO: Sumiya Hori 
● Presidente: Takashige Negishi 
● Faturamento: US$ 3 bilhões (2014) 
● Lucro: US$ 208.8 milhões (2014) 
● Valor de mercado: US$ 8.5 bilhões (outubro/2015) 
● Revendedoras: 80.000 
● Presença global: 33 países 
● Presença no Brasil: Sim 
● Funcionários: 20.400 
● Segmento: Alimentos funcionais 
● Principais produtos: Leites fermentados, sucos e produtos lácteos 
● Concorrentes diretos: Vitagen, Nutrigen, Chamyto, Batavito, Actimel e Activia 
● Ícones: Os Lactobacillus casei Shirota 
● Slogan: Saúde Global em Harmonia. 
● Website: www.yakult.com.br 

A marca no Brasil 
A empresa chegou ao Brasil em 1966 e, em 1968, começou a produção do produto na fábrica de São Bernardo do Campo, no ABC paulista, a primeira da empresa fora da Ásia. Mais de uma década depois, tem início em 1979, as atividades na unidade industrial de Lages, em Santa Catarina, para produção de suco de maçã concentrado e aromas naturais. Nos anos seguintes a YAKULT lançou novos produtos no mercado brasileiro como o Taffman-E, indicado para a reposição de determinados nutrientes perdidos no dia-a-dia dos homens, em 1982; o Suco de Maçã sem adição de açúcar (sacarose) ou adoçante, em 1984; o Tonyu, alimento à base de extrato de soja adicionado de suco de frutas, em 1985; e a bebida láctea Yodel, à base de leite desnatado e fermentado e adicionada de suco de frutas, em 1994. Em 1999, a empresa inaugurou a mais moderna fábrica da empresa, em Lorena no interior de São Paulo. Hoje em dia, a fábrica produz diariamente em média de 3 milhões de frascos de leite fermentado YAKULT.


No ano seguinte tem início as atividades da divisão Yakult Farma com a importação do Yakult RI, medicamento composto pela alta concentração de Lactobacillus casei e Streptococcus Faecalis. Nesta época também foram introduzidos o Hiline, alimento adicionado de nutrientes essenciais com vitaminas e minerais com alto teor de fibra e ferro desenvolvido especialmente para as mulheres; e o YAKULT 40, contendo 40 bilhões de Lactobacillus casei Shirota em cada frasquinho, um produto voltado principalmente para o público adulto que se encaixa na tendência mundial de produtos saudáveis. Nos anos seguintes a linha de produtos da empresa foi ampliada com o lançamento do Sofyl, uma linha de sobremesas lácteas fermentadas com os exclusivos probióticos Lactobacillus casei Shirota, em 2002; e do YAKULT LB, regulador intestinal com Lactobacillus casei e Bifidobacterium breve liofilizados, em substituição ao Yakult RI, em 2005.


A marca no mundo 
Atualmente a marca, líder mundial no segmento de leites fermentados, está presente em mais de 33 países como Brasil, França, Alemanha, Holanda, Reino Unido, Bélgica, Espanha, Estados Unidos, Austrália, México, China, Indonésia, Tailândia e Japão, sendo consumida por mais de 30 milhões de pessoas diariamente. YAKULT ainda comercializa sucos de frutas, leites de soja e sobremesas lácteas. A empresa possui 30 fábricas e aproximadamente 47 mil comerciantes autônomas no Japão (conhecidas como Yakult Ladies) e 33 mil em 11 outros países, que entregam o produto direto aos consumidores, além de provê-los com informações e dicas de saúde. No Brasil, são mais de 6.000 vendedoras autônomas, que representam 60% das vendas da empresa. Depois do Japão, o México e o Brasil são importantes mercados para a marca. A francesa Danone detém 20% das ações da YAKULT e figura como uma das principais acionistas da empresa japonesa. 

Você sabia? 
Cada frasco de 80 ml do leite fermentado YAKULT tradicional possui 16 bilhões de Lactobacillus casei Shirota. 
Dependendo do mercado, o tradicional potinho de YAKULT é comercializado nos tamanhos de 65 ml (Austrália, Europa, Índia), 80 ml (Estados Unidos, México, Japão e Brasil) e 100 ml (China, Cingapura, Hong Kong). 
Cingapura é o único país onde YAKULT é comercializado em outros sabores (laranja, uva e maçã) além do original. 
O Leite Fermentado YAKULT foi o primeiro da categoria no Brasil a ser reconhecido pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) como “alimento com alegações de propriedades funcionais”, em 2001. 
A empresa é proprietária de uma das maiores franquias de beisebol do Japão, o Tokyo Yakult Swallows


As fontes: as informações foram retiradas e compiladas do site oficial da empresa (em várias línguas), revistas (BusinessWeek, Exame, Isto é Dinheiro e EmbalagemMarca), jornais (Meio Mensagem), sites especializados em Marketing e Branding (BrandChannel e Interbrand), Wikipedia (informações devidamente checadas) e sites financeiros (Google Finance, Yahoo Finance e Hoovers).
  
Última atualização em 15/10/2015

25 comentários:

Anônimo disse...

É verdade que o Yakult não pode ficar fora da geladeira por um cert tempo? Me falaram que se fora, ele perde seus lactobacilos vivos!

Anônimo disse...

Dependendo do tempo q ficar fora da geladeira, isso pode acontecer mesmo, pois para eles manter-se vivos precisam estar numa certa temperatura (+ ou - 10º graus).
Portanto não se aconselha deixa-lo por mais de 10 minutos fora da geladeira pois ele irá perder seus lactobacilos gradativamente.

Obs: Se a pessoa não quiser darele muito gelado para o bebê por exemplo, aconselha-se deixar por 10 minutos em um recipiente com aguá para quebrar o gelo.

Anônimo disse...

Gostaria de saber se caso uma pessoa adulta ou criança tomando mais de dois yakult no dia e possivel que o lactobacilos vivo fiquem na garganta e pode até causar doença grave como cancer?

Anônimo disse...

Gostaria de saber a origem desses lactobacilos vivos, eles são retirados do leite de animais ou do intestino... ou do ser humano???

Anônimo disse...

Gostaria de saber se posso incluir a ingestão de lactobacilos vivos na alimentação de meu filho de apenas 1 ano de idade? Existe idade mínima para ingestão dos mesmos?

Anônimo disse...

gostaria de saber se alguém sabe um site onde conste os brinquedos que eram feitos das vasilhas de yakult. gostaria de fazê-los p/ o meu filho. Grata.

Anônimo disse...

Gostaria de saber se tomar 01 Yakult durante período indeterminado engorda???

Anônimo disse...

Olá! Eu gostaria de saber se posso tomar um yakult 40 pela manhã em jejum antes de minhas caminhadas e outro a noite antes de dormir? quardo respostas

Paula disse...

É possível fazer um iogurte com lactobacilos vivos?

Paula

Anônimo disse...

gostaria de saber se consumir mais de um yakult por dia pode causar algum disturbio, tipo diarréia?

Anônimo disse...

Não há risco de causar diarréia em caso de consumo de mais de 1 Yakult por dia, desde que seja respeitado o bom senso. O que pode ocorrer é a simples eliminação natural dos lactobacilos excessivos. Claro que consumir uma quantidade muito grande do produto pode causar alguma perturbação, mas isso é algo que pode ocorrer com qualquer alimento. Você consumiria 5 litros de leite ou 2kg de chocolate ou 10 cápsulas de vitamina C em um dia sem passar mal?

O volume existente no frasco é a dose exata de consumo para 1 dia em um organismo normal e é por isso que não existe um Yakult 2 litros, pois o objetivo não é somente o consumo desenfreado, e sim manter a marca como produto probiótico. Caso haja necessidade de maior quantidade de lactobacilos devido ao uso de remédios, álcool ou algum tratamento que acabe eliminando boa parte de seus lactobacilos, pode-se consumir o Yakult 40, que possui uma quantidade maior da bactéria que o produto tradicional.

Anônimo disse...

como encontro os brinquedos e artezanato feito a partir dos potinhos de yakult??

alexandra disse...

como faço para mandar um curriculu para esta empresa

Silvinha Fernanda disse...

Qual a difernça do yakult normal para o yakult 40?

Anônimo disse...

gostaria de sabe se voces empregao pessoas para vende de porta em porta

Anônimo disse...

Consumindo yakult pode curar a candidíase ??? E quandos yakult podemos tomar por dia?

gislene disse...

tenho um bebe de 1 mes posso dar a ela yakult

Edimildes disse...

Gostaria de saber se é verdade que yakut tamb´´em vai fezes de n´nem rescem nascido

Anônimo disse...

goastaria de receber no meu email com faço aquele bicinho do yakult com o leite e o pão, e verdade q isso funciona. q o pão vira laquitobarcilos vivo?

glaucia disse...

queria receberum contato para que os vendedores venhao ate a minha casa para mim comprar pois o meu filho precisa tomar mas eu nao sei o telefone para eu fazer o pedido agardo resposta

Anônimo disse...

Gostaria de saber com consigo, comprar lactobacilos para fazer leite fermentado em casa.
grata
raquel

Anônimo disse...

Gostaria de saber onde consigo lactobacilos-vivo.
é verdade que posso retira-los do pão e do leite e como faço?
grata
jessica ferreira
enviar email para jessicalindinha21@yahoo.com.br

Anônimo disse...

QUERO SER UMA REVEVDEDORA YAKULT.
cOMO DEVO FAZER?

Anônimo disse...

Gostaria de saber se fosse inventado um Yakut de 2L seria prejudicial a saúde(ocasionaria algúm tipo de problema?)

Anônimo disse...

Silvinha Fernanda o Yakult normal tem 16 bilhões de Lactobacillus casei Shirota e o Yakult 40 tem 40 bilhões de Lactobacillus casei Shirota e não tem nada haver de q só pessoas acima de 40 anos beber o yakult40 esse é pra + pessoas com o intestino preguiçoso
flw