20.6.06

LE COQ SPORTIF


Um pequeno galinho dentro de um triângulo é presença constante em calçados e roupas esportivas em quadras de tênis, campos de futebol, competições de ciclismo, nos castigados campos de rúgbi e nas ruas de cidades cosmopolitas. Ele é o principal símbolo da tradicional marca francesa LE COQ SPORTIF, sinônimo de tecnologia à serviço das vitórias em competições esportivas e da alta qualidade e estilo no mundo fashion. Agora, o galo canta, mas com estilo. 

A história 
A história da marca começou no ano de 1882 com o senhor Émile Camuset, que na época produzia uma pequena linha de camisas esportivas para a prática de ginástica, futebol e ciclismo em uma pequena confecção na cidade de Romilly-sur-Seine, localizada na bela região francesa de Aube. Os produtos faziam tanto sucesso que inúmeras pessoas vinham de Paris e da Inglaterra para comprá-los. Na década de 1920, a empresa se tornou fornecedora oficial de camisas para jogadores franceses profissionais de rúgbi, futebol, basquete e atletismo. Em 1929, a empresa lançou seu primeiro catálogo de produtos e criou camisas esportivas especificamente desenvolvidas para a prática do ciclismo. A marca LE COQ SPORTIF (cujo significado é “Galo Esportivo” em português) surgiu somente em 1948. O nome da marca deriva do galo gaulês, um símbolo nacional da França. O único critério para os produtos da marca nesta época era a alta qualidade, reforçado pelo slogan “La marque des champions” (“A marca dos campeões”).


Em 1951 a marca começou a patrocinar a tradicional corrida ciclística Tour de France (Volta da França), onde ciclistas de 12 países vestiam camisas com a marca LE COQ SPORTIF. Era o verdadeiro início de uma estreita relação da marca francesa com esse esporte, extremamente popular na Europa. Ao mesmo tempo a marca patrocinava cerca de 80% das seleções africanas de futebol, construindo assim uma forte presença naquele continente. Em 1958 a seleção francesa de futebol já vestia uniformes fornecidos pela LE COQ SPORTIF. Essa ligação com a seleção francesa continuou e, em 1966, na Copa do Mundo de Futebol, realizada na Inglaterra, os craques franceses ostentavam orgulhosos o logotipo do tradicional “galinho” em suas camisas. Pouco depois, em 1968, com o logotipo da LE COQ SPORTIF já bem conhecido, a empresa decidiu utilizá-lo em todos os seus produtos. Nesta mesma época a marca começou o patrocínio individual de atletas. Seu primeiro atleta patrocinado foi o jogador de tênis francês Patrick Proisy. Em 1971 ganhou enorme reconhecimento no continente europeu ao patrocinar a equipe holandesa de futebol do Ajax, que se sagrou campeã europeia. Era a primeira grande exposição da marca no universo do esporte mais popular do planeta. Neste momento a marca francesa também ingressava no mundo do boxe, sendo a primeira no continente europeu a utilizar a televisão como veículo de comunicação. De 1975 a 1980 a marca foi notícia dentro do universo do tênis ao patrocinar o tenista Yannick Noah, lançando coleções coloridas até então nunca vista no tradicional e clássico mundo desse esporte. Além disso, patrocinou o tenista americano Arthur Ashe, um dos grandes nomes da história desse esporte. Foi com o nome do tenista que a marca lançou um de seus tênis mais icônicos.


No início de 1981, a marca ganhou mais notoriedade mundial ao ter como garoto-propaganda o craque do futebol francês Michel Platini e ao patrocinar a tradicional seleção de rúgbi da França. A partir deste momento a LE COQ SPORTIF ingressou de vez no mundo do futebol, patrocinando nesta década equipes tradicionais como Tottenham Hotspur, que conquistou a Copa da Inglaterra em 1981 e 1982; Aston Villa; Chelsea; Sunderland; Everton; PSG; Monaco; além das seleções da França, Itália (o galinho estava estampado nos uniformes da azzurra que conquistou a Copa do Mundo em 1982) e da Argentina (equipe que a marca havia patrocinado em 1978, quando se sagrou campeã mundial de futebol e, que em 1986, repetiu o feito com o galinho estampado no peito de Diego Maradona ao levantar a taça). Com a conquista do torneio de Roland Garros por Yannick Noah em 1983, a LE COQ SPORTIF, ganhou ainda mais popularidade. Nesta época, se tornou extremamente popular no Brasil por ter confeccionado uniformes para o Internacional e o São Paulo, além de ter como garoto-propaganda o jogador Zico, o que não deve ter sido uma coincidência visto que o apelido do craque flamenguista era galinho.


Apesar do sucesso, na década de 1990, a marca francesa perdeu mercado, apelo e glamour, e suas vendas entraram em forte declínio. Nike, Puma e Adidas ganharam espaço no segmento do esporte fashion. A marca francesa reagiu. A partir de 1998 a marca adotou um novo posicionamento no mercado, adotando coleções fashion, e voltando a investir em atletas de renome internacional. Em 2005, a marca, que na década anterior era uma subsidiária da alemã Adidas, foi adquirida pelo fundo de investimento suíço Airesis. A partir deste momento a LE COQ SPORTIF voltou a crescer, reingressou em alguns mercados mundiais e mudou radicalmente suas coleções, adotando um ar ainda mais fashion e vintage, misturando o visual esportivo com a moda. Em 2007, inaugurou sua nova loja âncora em Paris. Por lá é possível encontrar incríveis releituras de tênis e roupas originais (em edições limitadas), vários modelos de jeans sequinhos e bolsas grandonas. Tudo graças a um novo time de designers japoneses, baseados em Tóquio.


No mês de setembro de 2010, a marca inaugurou um moderno centro de pesquisas e desenvolvimento de produtos em sua cidade natal, Romilly-sur-Seine. Em 2012 voltou a patrocinar a tradicional competição de ciclismo Tour de France. Já em 2014, a marca foi relançada no mercado brasileiro com a inauguração de sua primeira loja no Morumbi Shopping, zona sul de São Paulo. A grife francesa, que é sucesso em muitos países, trouxe na bagagem a sua coleção lifestyle, apresentando modelos exclusivos de roupas, calçados e acessórios. O reposicionamento da marca nos últimos anos, incluindo a inauguração de modernas lojas âncoras, o lançamento de coleções com uma “pegada mais fashion”, relançamento de modelos clássicos e edições limitadas, fez com que o lúdico galo entrasse de novo na moda, agora ostentado por celebridades e um público descolado. A marca se tornou bem menos “sportif” e muito mais “life style”, apelando para a elegância francesa e o conforto.


Atualmente a marca patrocina atletas de renome como o nadador Yannick Agnel; o jogador de rúgbi Frédéric Michalak; o tenista Richard Gasquet; a bela e talentosa tenista Alizé Lim; o ciclista Kévin Reza; além do ex-tenista Yannick Noah, principal embaixador da marca no mundo. Além disso, é fornecedora oficial da equipe francesa de futebol do Saint-Etienne, cuja camisa verde tem estreita relação com a LE COQ SPORTIF há décadas; além de assinar um contrato, em 2015, com a equipe italiana da Fiorentina para ser fornecedora de equipamentos esportivos.


A evolução visual 
O logotipo da LE COQ SPORTIF passou por algumas atualizações ao longo dos anos, mas sempre manteve como principal destaque o galinho, seu ícone de reconhecimento mundial. O primeiro logotipo da marca, introduzido em 1948, era retangular e continha apenas a cabeça do galo. Em 1950 a marca adotou um novo logotipo que continha um galo (agora de corpo inteiro) em frente a um sol, dentro de um triângulo. Se a Lacoste, outra tradicional marca esportiva francesa, tinha um crocodilo como símbolo, porque a LE COQ SPORTIF não poderia ter um galo? Na Olimpíada de Roma em 1960, a marca introduziu um logotipo especialmente desenvolvido para esta competição, contendo um galo dentro dos anéis olímpicos. A primeira aparição do logotipo foi um grande sucesso. Em 1965, a marca remodelou mais uma vez seu logotipo com o galo ganhando um novo design. Pouco depois, mais uma mudança significativa: além de uma nova tipografia de letra, o tradicional galo ganhou nova imagem, agora virado para a esquerda. Depois de uma fracassada remodelação em 1972, o galo voltou ao design anterior e, no ano de 1975, ganhou um novo visual.


A última dessas modificações aconteceu no ano de 2009. Porém, em 2012, a marca apresentou uma nova identidade visual apenas para sua linha esportiva (ciclismo, futebol e tênis), onde o galo adquiriu um visual mais futurista. O logotipo foi apresentado oficialmente durante a Volta da França.


Dados corporativos 
● Origem: França 
● Fundação: 1882 (empresa) e 1948 (marca) 
● Fundador: Émile Camuset 
● Sede mundial: Entzheim, França 
● Proprietário da marca: Le Coq Sportif S.A. 
● Capital aberto: Não (subsidiária da Airesis S.A.) 
● CEO: Franck Heissat 
● Faturamento: €191 milhões (2014) 
● Lucro: Não divulgado 
● Lojas: 50 
● Presença global: 100 países 
● Presença no Brasil: Sim 
● Funcionários: 350 
● Segmento: Esportivo 
● Principais produtos: Calçados, roupas e acessórios 
● Concorrentes diretos: Gola, Lacoste, Ellesse, Diadora, Fila, Puma, Reebok, Nike e Adidas 
● Ícones: O galo 
● Slogan: Divirta-se, isso é esporte. (Smile, ces’t du sport) 
● Website: www.lecoqsportif.com 

A marca no mundo 
Atualmente a marca francesa, cujas vendas anuais atingem estimados €191 milhões, está presente em mais de 100 países, tendo como foco principal sua rentável linha “Vintage”, que mistura esporte com moda, além de acessórios e roupas esportivas para a prática do futebol, atletismo, tênis, entre outras modalidades. Hoje a marca é referência em sport style, calçados e acessórios, representando o conceito lifestyle da moda alinhada à qualidade de vida. A LE COQ SPORTIF mantém no mundo uma pequena rede com mais de 50 lojas próprias, incluindo lojas âncoras em cidades como Paris, Marselha, Londres, Milão e Barcelona. A marca tem forte presença em mercados como França, Itália e Espanha. 

Você sabia? 
Foi, sobretudo, graças à charmosa logomarca de um galo que a LE COQ SPORTIF virou febre nas décadas de 1960, 1970 e 1980. Era a grife que assinava os uniformes dos atletas da famosa competição de ciclismo Tour De France e patrocinava estrelas como o tenista Yannick Noah. Sempre com coleções inovadoras para o clássico mundo do esporte. 
Frequentemente se credita a Émile Camuset à criação das famosas Sweatpants, conhecidas popularmente como calças de abrigo. Segundo consta, foi em 1939 que ele criou casacos e calças forrados de algodão para a prática esportiva. 


As fontes: as informações foram retiradas e compiladas do site oficial da empresa (em várias línguas), revistas (BusinessWeek, Exame e Isto é Dinheiro), sites especializados em Marketing e Branding (BrandChannel e Interbrand) e Wikipedia (informações devidamente checadas). 

Última atualização em 5/11/2015

19 comentários:

Rodrigo disse...

Fala amigo, legal a historia q vc escreveu, li sobre essa linha chamada "vintage", vc sabe me dizer se tem isso em algum site da le coq??

Rodrigo disse...

ah, meu e-mail é drigopastore@hotmail.com

thiago disse...

fala amigo, sera que voce poderia me informar onde encontro produtos da marca le coq no rio de janeiro?
aguardo respostas obrigado!
e-mail:falhabodyplay@hotmail.com

Anônimo disse...

moro em sao paulo e gostaria de saber o nnde encontro os produtos dessa marca.

Anônimo disse...

Também gostaria de saber onde encontro produtos da le coq em São Paulo

e-mail: jrmeu@oi.com.br

Anônimo disse...

OLA A TODOS TAMBEM GOSTARIA DE SABER AONDE POSSO ADQUIRIR PRODUTOS DESSA MARCA , QUE POR SINAL É DE EXTREMA QUALIDADE eu email é mouraray@uol.com.br

Anônimo disse...

gostaria de obter um par de tênis le coq meu email é joaope2006@yahoo.com.br
se souber de uma laja por favor me mande um email.

sid disse...

por favor se alguem souber onde compro tenis da marca le coq porr favor mande um e mail .usei muito esta marca na minha adolescencia . os tenis eram otimos principalmente o columbia sem mais agradeço

amois disse...

cara fais tempo que procuro um tenis da marca le coq era um tenis de couro branco com o galinho na lateral mande onde posso encontrar mande um catalago da marca amois_silva@hotmail.com

Anônimo disse...

Olá!

__Eu já tive um tênis Le Coq Sportif na década de 90, e de lá prá cá eu nunca mais vi, aqui no Rio. Lembro que nesta época, era a patrocinadora do Fluminense Futebol Clube. Desde 2004 eu tenho procurado tênis desta marca aqui no Brasil, pensava que em São Paulo Tinha mas só camisas, meias e bones. Pela internet, eu encontrei alguns modelos( inclusive no site da Le Coq )mas são modelos muito feios que não me agradaram. No Preço Mania eu também encontrei vários modelos legais. No Mercado Livre ( Argentina), em 2005, eu encontrei o modelo que eu queria, mas, fiquei meio "cabreiro", pois bom seria seu fosse lá pessoalmente. Na internet se acha a camisas, bermudas,bonés,agasalhos e etc. E, também, no Mercado Livre tem camisa da seleção da Argentina e tênis usado... Eu já enviei e-mails para Net Shoes, Boulder Sports, Calçados On Line, etc., mas em todas as respostas foram que não trabalhavam com esta marca. _É uma pena! Tem uns sites americanos, pela internet, que se consegue. Mas a melhor maneira de comprar, é viajar para os E.U.A. e Europa que acha, só que tem uns modelinhos bem feinhos.

Texnet

Boa sorte!

mcsblack disse...

gostaria de saber se estes tenis ainda são vendidos no Brasil..
por na lojas especializadas não encontro aqui em BRASILIA...

sera que so e sites de lojas da europa...?

mcsblack@gmail.com

Mostarda Comunicação disse...

Por favor, gostaria de saber onde encontrar um Le Coq em São Paulo. Já faz um bom tempo que não encontro e sinceramente, tenho grande apreciação por esta marca.

Meu e-mail pra contato é: raf_salles@hotmail.com

pepper_stunt disse...

BRIGADÃO! Este blog ajudou-me bastante no meu trabalho de Francês ;)

Anônimo disse...

Já tive um na decada de 80, durou 4 anos e ainda doei para outra pessoa usar, não estragava nunca. A melhor marca de tenis para mim, pena q não achamos mais.

Anônimo disse...

Ei ... me lembro do ZICO do flamengo(dessa nínguem lembrou) no inicio da decada de 80 em uma propaganda na tv da le coq sportif ,foi qdo comprei uma camisa esportiva de ótima qualidade e durou pakas.

Anônimo disse...

esta loja soh possui duas lojas oficiais em toda america do sul. Uma na Argentina no bairro Palermo onde comprei muitas roupas e outra no chile. Abraços a todos
marcos.a.garbin@hotmail.com

Anônimo disse...

a loja oficial mais proxima fica na Argentina - Rua Armenia - Palermo Soho - Buenos Aires.

RIBEIROVOSKI@gmail.com disse...

BOA TARDE!
QUANDO GAROTO SEMPRE USEI ESTE TENIS, MAS SUMIU DO MERCADO
QUAL O ENDEREÇO MAIS PERTO AQUI EM SÃO PAULO

RIBEIROVOSKI@gmail.com

Anônimo disse...

EM 1992 eu tive um (preto com amarelo e luminoso prata) lindo lindo.....tenis mais lindo que tive até hoje.Nao consigo mais encontrar ...nem usado e nem novo.....que pena !!