20.6.06

ILLY CAFÉ

O aroma e o sabor que o mundo conhece como sendo o do café “espresso” perfeito consumido em residências, escritórios, lojas, bares e restaurantes, se devem em grande parte à arte e à ciência desenvolvidas ao longo das últimas sete décadas pela italiana ILLY. A combinação perfeita da tradição italiana com a mais avançada tecnologia de produção torna o gosto e o aroma do café em uma recompensa inesquecível para os sentidos. Do perfeito equilíbrio de seus blends, provenientes da América do Sul e Central, Índia e África, nasce o inconfundível sabor ILLY, sempre constante, em todas as xícaras, em qualquer parte do mundo onde seja apreciado. Entre seus consumidores “sorridentes” estão, por exemplo, a rainha Sofia, da Espanha, os atores Robert De Niro e Michele Pfeifer, o maestro Zubin Mehta e o cineasta Francis Ford Coppola.

A história
A história da marca ILLY começou quando um homem, de origem húngara, chamado Francesco Illy, chegou a Trieste, na Itália, durante a Primeira Guerra Mundial como oficial do exército austro-húngaro. Terminado o conflito, ele ficou na cidade que tinha acabado de ser anexada ao Reino da Itália, e iniciou uma atividade empresarial no setor do cacau e do café para depois decidir dedicar-se exclusivamente ao café. Afinal, a cidade portuária de Trieste à beira do Adriático era um entreposto vibrante, o local mais adequado para receber café da África e da América do Sul, processá-lo e mandá-lo para as metrópoles européias. Assim nasceu a ILLY CAFFÉ no dia 23 de julho de 1933. De início a empresa produzia café torrado sob os efeitos da crise mundial desencadeada pelo “crack” da bolsa de valores de Nova York. Porém, desde os primeiros anos a atividade da empresa estava ligada ao famoso café espresso.


Em 1935 ele inventou a primeira máquina automática de café, chamada ILLETA, que substituiu as antigas máquinas de ar comprimido de funcionamento a vapor, antecessora das atuais máquinas de café espresso, junto com um revolucionário sistema de conservação da mescla: a pressurização, que já nos anos trinta permitia exportar o café a bares de toda a Itália. Concebeu ainda um sistema de conservação da mistura através da introdução de gás inerte no interior da lata: a pressurização. Estas inovações marcam o início das “exportações” do café ILLY para fora da sua região de produção, conseguindo assim alcançar todo o território italiano.


No final da década, em 1939, a empresa levou a cultura do expresso ao norte da Europa: Holanda e Suécia foram os primeiros países a descobrir o aroma e a experiência do café concentrado em uma xícara. Após a Segunda Guerra Mundial as rédeas da empresa passaram para Ernesto Illy, filho do fundador e licenciado em química, que inaugurou o laboratório de pesquisa, o qual posteriormente se tornou um viveiro de patentes e de novas criações.


Ao comando de Ernesto, um talentoso cientista e pesquisador, a empresa lançou parceria com academias, universidades e centros de pesquisa, além de desenvolver o conceito de café de qualidade no mundo e popularizar o consumo do espresso para fora das fronteiras da Itália. Em 1957, a ILLY criou um departamento específico para a fabricação de embalagens, que tinha como objetivo principal controlar e garantir diretamente a conservação do aroma de seu café. O primeiro laboratório de química da empresa também foi estabelecido, bem como a produção inicial de café para consumo caseiro em tamanho reduzido, comercializado em latas redondas e em grão.


Na década seguinte, em 1965, a empresa iniciou a produção em escala de café para o consumo doméstico: embalagens redondas e menores, com a mescla do café ILLY moída. Em 1974, já sendo a primeira empresa do segmento no mundo, a ILLY iniciou a produção de pastilhas individuais (serving) para o preparo da maneira mais fácil, segura e rápida, em casa ou no escritório, de um café com a mesma qualidade do que os feitos nos bares e estabelecimentos comerciais. Em 1980 a ILLY ingressou no mercado norte-americano. Era a primeira empresa de café italiana a cruzar o oceano. O café em sachê revolucionou o mercado nos Estados Unidos, conquistando os jovens e literalmente entrando nas casas dos americanos, que antes só tomavam espresso na rua. Cinco anos mais tarde, passou a vender pela primeira vez seus produtos em supermercados e grandes varejistas. Em 1998 a empresa fundou, em Trieste, o AromaLab, um avançado laboratório onde cada aroma que constitui o gosto do fino café é identificado, mapeado e estudado. Neste laboratório é estudado o perfil aromático do café, ou seja, os elementos químicos que o compõem, além das técnicas para valorizar a qualidade do café verde e tostado.


No ano de 2000, a empresa fundou a Universidade do Café, onde barmans e pessoas apaixonadas pelo assunto aprendem a arte e a cultura do café, desde a preparação á gestão do local, passando pela comunicação com o cliente, do grão à máquina. Em 2008, a ILLY comemorou 75 anos de existência. Para celebrar esta data tão importante, a empresa não poderia escolher outro local se não a cidade de Trieste, onde foram realizados diversos eventos envolvendo a cidade e interlocutores internacionais. Outras atividades também foram desenvolvidas em Berlim (Alemanha) e Veneza (Itália). A primeira celebração, realizada em Trieste, foi uma convenção internacional organizada pela empresa e intitulada “Um Horizonte Mais Amplo”. Para a ocasião, a cidade hospedou os colaboradores da empresa que trabalham ao redor do mundo. Outra novidade foi a exibição nas cidades de Nova York, Milão e Trieste, da GALLERIA ILLY, um espaço temporário planejado pela empresa, que oferece eventos dedicados à arte, à literatura e à gastronomia, assim como um curso de degustação promovido pela Università Del Caffè. Em 2011 a marca italiana ingressou oficialmente no mercado chinês, desenvolvendo estreito relacionamento com grandes redes de hotéis de luxo e restaurantes.


A linha do tempo
1972

Primeira empresa no mundo a produzir porções individuais de café, para serem preparadas em casa.
1988
Patenteia uma máquina que seleciona os grãos de café um a um, assegurando assim a perfeição deles em relação a forma e a cor.
1991
O designer Matteo Thun desenha, baseada em uma idéia de Francesco illy, a famosa xícara branca ILLY, uma síntese de beleza e funcionalidade, que se tornaria um ícone da marca italiana.
1992
Lançamento das primeiras ILLY COLLECTION, as coleções de xícaras de café “espresso” concebidas por artistas e designers de renome internacional.
1996
Criação do novo logotipo da marca italiana, desenhado pelo artista James Rosenquist: o quadrado vermelho com as letras em branco, resultado de quatro pinceladas dinâmicas e suaves.
1999
O cineasta Francis Ford Coppola cria uma das famosas séries da ILLY COLLECTION, as coleções de xícaras de café “espresso” concebidas por artistas de renome internacional.
2001
Uma nova embalagem em lata foi desenhada e imediatamente se tornou um ícone da marca italiana.
2002
Criação do SensoryLab, onde a química, a física e a psicologia se unem para estudar as relações entre os estímulos sensoriais e as sensações evocadas por eles, sobretudo em relação com o gosto e o olfato.
2006
O modo de preparação de um café espresso sofre uma importante transformação: o Sistema Hyper Espresso (sistema de cápsulas de altíssima qualidade, desenvolvido para uso doméstico) é inventado. O sistema assegura uma extração ideal de todos os aromas do café espresso, formando um creme rico, aveludado e persistente. Isto graças a uma cápsula que, no seu interior, extrai o café em duas fases, a hiper-infusão e a emulsão - diferenciando-se da preparação tradicional na qual o espresso é produzido por percolação.
2007
Lançamento em parceria com a destilaria de Bepi Tosolini do ILLY ESPRESSO LIQUEUR, um licor de café que contém a mistura de 120g de café 100% arábica.
2008
Lançamento do ILLY ISSIMO, uma linha de bebidas prontas à base de café para ser consumida fria ou gelada. O novo produto foi fruto da união entre a empresa italiana e a The Coca-Cola Company. De cor intensa e com um perfume forte, é a primeira bebida pronta a beber (ready-to-drink) feita exclusivamente à base de café ILLY, sem corantes nem conservantes, apresentada em uma lata de 150 ml. A linha está disponível em quatro versões: cafè, cappuccino, latte macchiato e sem açúcar.
2009
Lançamento da nova coleção ILLY ART COLLECTION assinada por Pedro Alomodóvar.
2010
Criação da revolucionária ILLY FRANCIS FRANCIS Y1, primeira máquina da marca italiana a utilizar o sistema de cápsulas, já conhecido pelos usuários da Nespresso, permitindo assim fazer um café espresso perfeito em casa. A máquina utiliza o método IPERESPRESSO ILLY, que utiliza uma cápsula de café que possui cinco patentes internacionais. Com esta nova cápsula o café passa através de duas fases: hiper-infusão e emulsão, uma dupla ação que assegura uma extração melhor de todos os aromas do café e consegue um creme rico, aveludado e persistente por mais de 15 minutos.


As cafeterias
As primeiras cafeterias da marca, inicialmente chamadas de ILLY BAR CONCEPT, foram fundadas em 2003 na Itália. Desenvolvidas para oferecer o autêntico espresso italiano produzido com os melhores grãos de café arábica, as unidades difundiam o conceito de “bar italiano”, procurando proporcionar uma experiência de consumo em ambiente que provocava os cinco sentidos. Ao final do primeiro ano a rede já possuía mais de 50 unidades. Atualmente a rede, chamada EXPRESSAMENTE ILLY, possui lojas modernas e sofisticadas com ambientes aconchegantes onde as pessoas podem degustar um bom café e passar momentos agradáveis. Existem dois tipos de decoração das lojas: SILVESTRIN, assinado pelo arquiteto Claudio Silvestrin, com a utilização de materiais como madeira e mármore, criando um ambiente sereno; e TRAZZI, assinado pelo arquiteto Luca Trazzi, com a utilização de matérias como aço e as cores tradicionais da marca, criando um ambiente moderno. Além dos tradicionais cafés, as lojas vendem comidas e uma enorme variedade de produtos ILLY como máquinas automáticas, xícaras e acessórios. Atualmente existem mais de 290 cafeterias espalhadas por 32 países como Itália, Austrália, China, França, Alemanha, Japão, Catar, Rússia, Espanha, Suécia e Reino Unido.


No final de maio de 2008 foi inaugurada a primeira loja da ESPRESSAMENTE ILLY no Brasil, situada no luxuoso Shopping Cidade Jardim, em São Paulo. Com esta inauguração, a torrefadora italiana dá continuidade à expansão de sua famosa e inovadora rede de cafeterias, presente em mais de 32 países. A nova cafeteria - em seu conceito “Rolling Store” -, inova também no design, especialmente desenvolvido pelo italiano Luca Trazzi. Ela é totalmente feita em aço inox e todos os produtos e equipamentos são provenientes da Itália. Além de degustar o delicioso café espresso da marca, os consumidores podem provar as famosas receitas de drinques produzidos com o excepcional blend ILLY 100% arábica. Destaque também para os salgados, doces e sanduíches que compõem o cardápio.


A universidade
Em Nápoles, no ano de 1999 (e transferida para a cidade de Trieste em 2002), nasceu a Universidade do Café (Università Del Caffè), um centro de excelência criado pela ILLY para a promoção e difusão na Itália e no resto do mundo da cultura do café de qualidade, com atenção e cuidado à cada detalhe, da planta à máquina automática. A intenção da universidade é ensinar a “tirar” um café perfeito em qualquer lugar de consumo, quer seja em Xangai ou Seul, Cairo ou Amsterdã, São Paulo ou Camberra. Na universidade é ensinado aos produtores como obter o melhor da natureza, sem esquecer as regras para a organização da plantação. Aos profissionais que trabalham em estabelecimentos comerciais oferece as melhores oportunidades de formação e atualização sobre o café, mas também sobre a gestão e a promoção do bar ou restaurante.


Atualmente existem 14 unidades (São Paulo, Bangalore, Xangai, Seul, Cairo, Roterdã, Paris, Munique, Abbazia, Londres, Nova Iorque, Atenas, Istambul, Praga e Kuala Lumpur) que oferecem nove cursos de treinamento prático e teórico sobre todos os aspectos do café para produtores, baristas e entusiastas. Anualmente, em todo o mundo, a universidade oferece formação a mais de 10 mil pessoas. No Brasil, desde sua criação, em 2000, foram treinadas mais de 7 mil pessoas.


O gênio por trás da marca
Filho de Francesco, fundador da empresa, Ernesto nasceu em Trieste, na Itália, no dia 18 de julho de 1925, tendo obtido em 1947 a licenciatura em Química na Universidade de Bolonha. Embrenhou-se na biologia molecular. Passou anos devorando livros sobre café e percorrendo plantações no mundo. Em 1956 tornou-se co-proprietário e administrador da empresa. De 1963 a 2005 foi seu presidente e depois presidente honorário. Ernesto Illy revolucionou a cultura do café no Brasil e no mundo: procurando incansavelmente o espresso perfeito, incentivou a produção de café de excelente qualidade e o constante investimento em pesquisas. Dono de uma vitalidade surpreendente, que o acompanhou até o fim da vida, atribuída ao fato de acordar cedo e tomar seis xícaras de café por dia, ele revolucionou a indústria de café. Percorreu o planeta atrás dos melhores grãos, das melhores misturas e dos melhores fornecedores.


Conhecido como “Embaixador do Café”, ele promoveu o Prêmio Brasil de Qualidade do Café para Espresso (criado em 1991), a Universidade do Café no Brasil e o Clube ILLY do Café. Todas estas iniciativas foram um estímulo para as instituições públicas e privadas, não somente no setor cafeicultor. Por este seu empenho, ao longo dos anos, tornou-se cidadão honorário das cidades de Monte Carmelo, Venda Nova dos Imigrantes e Araponga; em 2004 recebeu a mais alta condecoração do Estado do Espírito Santo, a Comenda Jerônimo Monteiro e, por proposta da Associação Nacional do Café da Guatemala, nesse mesmo ano tornou-se Comendador da Ordem Flor do Café. Foi ainda um dos fundadores da Association Scientifique Internationale du Café (atualmente Association for Science and Information on Coffee) e membro da Physiological Effects of Coffee, duas das mais renomadas instituições do segmento. O grande gênio do café morreu aos 82 anos no dia 3 de fevereiro de 2008. Mas, seu legado continua vivo.


Dados corporativos
● Origem:
Itália
● Fundação: 23 de julho de 1933
● Fundador: Francesco Illy
● Sede mundial: Trieste, Itália
● Proprietário da marca:
Illycaffé S.p.A.
● Capital aberto: Não
● Chairman & CEO: Andrea Illy
● Presidente: Riccardo Illy
● Faturamento: €305 milhões (2010)
● Lucro: Não divulgado
● Cafeterias: + 290
● Presença global: + 140 países
● Presença no Brasil: Sim
● Maiores mercados: Itália, Estados Unidos e Europa
● Funcionários: 800
● Segmento: Café
● Principais produtos: Cafés, máquinas automáticas, xícaras e acessórios
● Principais concorrentes: Nespresso e Lavazza
● Ícones: O design das máquinas e as embalagens de café
● Slogan: The ultimate coffee experience.
● Website: www.illy.com

A marca no mundo
A mescla (café em pó, grão, sachê e cápsula) ILLY é destinada ao canal Ho.Re.Ca. (que inclui hotéis, restaurantes, cafés), ao consumo em casa e no escritório. É comercializado em mais de 140 países nos cinco continentes, e é servido em mais de 50.000 espaços públicos. Além disso, conta com uma extensa linha de acessórios para preparação da bebida como cafeteiras, máquinas automáticas e xícaras. As exportações alcançam aproximadamente 56% das vendas totais da empresa. A ILLY comercializa mais de 6 milhões de xícaras por dia no mundo, consumidas em casas, escritórios, e em mais de 50 mil dos melhores restaurantes, bares e hotéis.

Você sabia?
A ILLY produz e vende uma mistura única de café, composta por nove variedades de pura arábica para a preparação do café espresso. Na fábrica da ILLY, os grãos passam 114 vezes pelo controle de qualidade antes de virarem pó.


As fontes: as informações foram retiradas e compiladas do site oficial da empresa (em várias línguas), revistas (Fortune, Forbes, Newsweek, BusinessWeek e Time), sites especializados em Marketing e Branding (BrandChannel e Interbrand), Wikipedia (informações devidamente checadas) e sites financeiros (Google Finance, Yahoo Finance e Hoovers).

Última atualização em 28/8/2011

3 comentários:

João Augusto Soffe Meirelles disse...

Obrigado,illy caffe por nos qualificar cada vez mas, como proficional,na dedicação nos cafés perfeitos. Sucesso no 17º concurso.

Atenciosamente, joão Meirelles.
Classificador/Provador De Café.

Santos disse...

É extradionário provar e comprovar toda a dedicação de uma empresa no seu produto final perfeito.

Anônimo disse...

Convido-vos a visitar a JumpStock, são representantes e distribuidores ILLY.

www.jumpstock.pt