1.6.06

FRITO-LAY


Quem diz que a comida não pode ser divertida é porque ainda não conhece a família de produtos da FRITO-LAY, que incluem marcas de batatas fritas e de salgadinhos como Doritos, sempre crocante e saboroso; Ruffles, a batata da onda; Lay’s, a batata frita mais consumida do mundo; Cheetos, praticamente irresistível; e Tostitos, com sabor marcante e inconfundível. 

A história 
A história da FRITO-LAY começou em 1932, época da Grande Depressão econômica que assolava os Estados Unidos, quando Charles Elmer Doolin fundou a Frito Company na cidade de San Antonio, estado americano do Texas. Elmer estava tomando um lanche em um pequeno café na cidade de San Antonio quando comprou um salgadinho de milho por 5 centavos de dólar. Gostou tanto do produto que adquiriu a receita de um negociante por US$ 100, além de 19 clientes e maquinário, e passou a produzir o produto, lançando-o no mercado com o nome de FRITOS BRAND CORN CHIPS. O produto era feito de forma artesanal na cozinha da casa de sua mãe e vendido em saquinhos por apenas 5 centavos de dólar. Inicialmente as vendas diárias do produto variavam entre US$ 8 à US$ 10, e o lucro era de US$ 2.


No mesmo ano, Herman W. Lay iniciou um pequeno negócio na cidade de Nashville, no Tennessee, distribuindo, em seu Ford Model A de 1928, batatas-fritas fabricadas por uma empresa de Atlanta. Em 1938 o senhor Lay comprou a fábrica de Atlanta e a renomeou para H.W. Lay & Company, introduzindo as famosas batatas fritas com a marca LAY’S. A relação com a Frito Company surgiu em 1945, através de um contrato de exclusividade de produção e distribuição dos salgadinhos com a marca Fritos, por parte da Lay & Company, na região sudeste dos Estados Unidos. Era o começo de uma relação que iria resultar na criação da FRITOLAY. As duas décadas seguintes caracterizaram-se pela expansão e pela prosperidade de ambas as empresas: a Frito Company lançou as marcas CHEETOS e FRITO KID, além de adquirir os direitos da marca RUFFLES; enquanto a Lay & Company desenvolveu suas redes de distribuição nacional através da aquisição de infraestrutura da marca Rold Gold.


A década de 1960 ficou marcada pelas fusões. Primeiro, em setembro de 1961, foi a da FRITO com a LAY, que originou a atual FRITO-LAY (cujo nome é a junção das marcas de salgadinhos FRITOS e LAY’S), uma empresa com vendas superiores a US$ 127 milhões na época; e quatro anos mais tarde, a desta empresa com a Pepsi-Cola Company, da qual resultou a PepsiCo. Nesta época a empresa possuía 46 fábricas e 150 centros de distribuição. A FRITO-LAY e a Pepsi-Cola mantiveram-se como divisões independentes da mesma empresa. A FRITO-LAY se beneficiou da forte presença internacional da Pepsi em mais de 100 países para vender seus produtos pelo mundo afora.


Nas décadas seguintes, a diversificação, desenvolvimento e a introdução de novos produtos como TOSTITOS e DORITOS, além de empregados dedicados e experientes no segmento, uma filosofia empresarial consistente e produtos de alta qualidade, a FRITO-LAY transformou-se na empresa líder do mercado de salgadinhos (snacks) no mundo. Em 1980 a empresa começou a diversificar seus produtos com a aquisição da fábrica de biscoitos GRANDMA’S. Ainda neste ano introduziu a linha light de salgadinhos, com percentual de gordura reduzida. Nesta época os produtos da empresa eram praticamente onipresentes nas casas americanas e se transformaram em uma companhia saborosa para momentos de diversão.


Pouco depois, em 1989, a empresa adquiriu a marca de pipoca Smartfood, e, em 1997, a popular e tradicional marca de pipocas caramelizadas Cracker Jack, introduzidas no mercado pela primeira vez em 1893. No novo século, a FRITO-LAY, mostrando preocupação com a qualidade de vida dos consumidores adotou medidas saudáveis em sua linha de produtos: remoção da gordura trans da linha de produtos em 2002; uma linha de salgadinhos feitos com ingredientes orgânicos e sem conservantes em 2003; e a substituição do óleo normal pelo de girassol em todas as suas batatas-fritas, eliminando assim 50% de gordura saturada, em 2007.


Os salgadinhos 
A empresa possui aproximadamente 35 marcas de salgadinhos, que oferecem mais de 300 versões diferentes aos consumidores. As principais e mais importantes marcas da FRITO-LAY são: 
LAY’S: a famosa marca de batata frita, introduzida em 1938, é a líder absoluta no mercado americano e talvez a mais valiosa da FRITO-LAY. 
CHEETOS: introduzido em 1948, o salgadinho a base de milho com sabor inconfundível de queijo se tornou uma das marcas mais fortes e populares em seu segmento, principalmente em virtude da mascote Chester Cheetah. 
DORITOS: lançado pela empresa em 1964, inicialmente na costa oeste dos Estados Unidos, o salgadinho com sabor de milho e uma crocância sem igual, se transformou em uma máquina de fazer dinheiro para a FRITO-LAY. 
RUFFLES: marca de batatas fritas, conhecida como “a batata da onda” por seu formato ondulado, teve seus direitos adquiridos em 1958 e se transformou em uma das mais valiosas em seu segmento. 
TOSTITOS: salgadinho a base de milho introduzido em 1979 no mercado americano. 
FRITOS: marca mais antiga da empresa, o salgadinho de milho foi introduzido no mercado em 1932. 
SUN CHIPS: introduzida em 1991, esta marca oferece salgadinhos feitos de uma combinação de grãos como trigo, milho e arroz. Em abril de 2010, após muita pesquisa e desenvolvimento, essa marca ofereceu seus produtos em uma revolucionária embalagem, que ao invés de levar 100 anos para se degradar, leva apenas 14 semanas. E esse “milagre”, vem através da matéria-prima ácido polilático. 
MUNCHOS: marca de batata frita light introduzida no mercado em 1969, que tem como característica ser extremamente fina, quase transparente. 
ROLD GOLD: marca extremamente popular de pretzels. Criada em 1917 na cidade da Filadélfia foi adquirida pela FRITO-LAY em 1961. 
SANTITAS: introduzida em 1986, é uma marca de salgadinho (feito de milho) direcionada para um público latino. 
MISS VICKIES: marca de batata frita canadense criada em 1987 e adquirida pela empresa em 1993. 
SMARTFOOD: marca de pipocas encontradas em vários sabores. Introduzida em 1985, a marca foi adquirida pela FRITO-LAY em 1989. Atualmente a marca engloba também outros tipos de salgadinhos como amendoins. 
FUNYUNS: marca de salgadinho de milho com sabor de cebola em formato de rodelas lançado no mercado em 1969 e inventado por um funcionário da empresa chamado Ray Trinidad. 
CRACKER JACK: tradicional marca de snack, uma mistura de pipoca, amendoim e açúcar queimado, lançada no mercado pela primeira vez em 1896. A marca foi adquirida pela FRITO-LAY em 1997. 
FRITO-LAY: marca de amendoins, amêndoas, nozes e pistaches. 
FRITO-LAY DIPS: diversos molhos para acompanhar os salgadinhos da empresa. Hoje em dia são mais de 20 diferentes opções de molhos. 
GRANDMA’S: marca de bolachas recheadas e cookies para serem consumidas como lanche, que podem ser encontrada em inúmeros sabores. A marca foi adquirida pela FRITO-LAY em 1980 e lançada nacionalmente no mercado americano três anos mais tarde.


A evolução visual 
A marca FRITO-LAY modificou por duas vezes radicalmente seu logotipo ao longo de sua história. A primeira ocorreu no ano de 1979 e a última em fevereiro de 1997, quando o logotipo adquiriu um visual extremamente moderno e divertido.


Os slogans 
Good Fun! (2007) 
Good food for the fun of it!


Dados corporativos 
● Origem: Estados Unidos 
● Fundação: 1961 
● Fundador: Charles Elmer Doolin e Herman W. Lay 
● Sede mundial: Plano, Texas 
● Proprietário da marca: PepsiCo, Inc. 
● Capital aberto: Não (subsidiária) 
● Chairman & CEO: Indra K. Nooyi (PepsiCo.) 
● Presidente: Tom Greco 
● Faturamento: US$ 14.1 bilhões (2013) 
● Lucro: Não divulgado 
● Presença global: + 120 países 
● Presença no Brasil: Sim (Elma Chips) 
● Maiores mercados: Estados Unidos, Canadá, Inglaterra, Brasil e Austrália 
● Funcionários: 48.000 
● Segmento: Alimentos 
● Principais produtos: Salgadinhos, pipocas e bolachas 
● Marcas principais: Lay’s, Doritos, Cheetos, Fritos, Tostitos e Ruffles 
● Concorrentes diretos: Kellogg’s, ConAgra Foods, General Mills, Kraft Foods, Utz Quality Foods e Pepperidge Farm 
● Slogan: Good fun! 
● Website: www.fritolay.com 

A marca no mundo
A FRITO-LAY, que representa 37% do faturamento da PepsiCo., tem seus produtos comercializados em mais de 500 mil pontos de vendas no mundo inteiro e comercializa 8 entre 10 salgadinhos (snacks) mais consumidos no planeta. Somente no mercado americano a FRITO-LAY possui 59% de participação e faturou em 2013 mais de US$ 14 bilhões. A empresa possui 15 marcas com mais de US$ 100 milhões em faturamento anual, incluindo a batata Lay’s (vendas superiores a US$ 7 bilhões), Doritos (vendas superiores a US$ 5 bilhões), Ruffles (vendas superiores a US$ 1.5 bilhões), Tostitos (vendas superiores a US$ 1.5 bilhões), Cheetos (vendas superiores a US$ 1 bilhão) e Fritos (vendas superiores a US$ 1.5 bilhões). A maior fábrica da empresa está localizada na cidade de Perry na Geórgia e tem capacidade para abastecer 18 estados americanos. 

Você sabia? 
A FRITO-LAY distribui e fabrica seus produtos através de subsidiárias em países importantes como o Brasil, onde é conhecida como Elma Chips, que ficou muito conhecida entre os consumidores pelo famoso slogan “É impossível comer um só”; na Austrália através da The Smith’s Snackfood Company; no México com a Sabritas; no Reino Unido com a Walkers e na Espanha (com a marca Matutano). 


As fontes: as informações foram retiradas e compiladas do site oficial da empresa (em várias línguas), revistas (Fortune, Forbes, BusinessWeek, Isto é Dinheiro e Exame), jornais (Valor Econômico), sites especializados em Marketing e Branding (BrandChannel e Interbrand), Wikipedia (informações devidamente checadas) e sites financeiros (Google Finance, Yahoo Finance e Hoovers). 

Última atualização em 12/5/2014

2 comentários:

Anônimo disse...

Sera que alguem conhece um site ou loja no brasil oende eu possa comprar crackerjack ? Ja fiz varias pesquisas, mas nao encontrei nada. Por favor se puderem me ajudar , desde ja agradeço. wal.antunes@gmail.com

Anônimo disse...

Queria lembrar qual era um salgadinho ou snack, enfim, que rolava no Brasil no final dos 80 ou começo dos 90... Era bem salgado e temperado, eu gostava de um que o saquinho era roxo. Se alguém puder me informar, agradeço.