25.5.06

TAMPAX


Hoje em dia, com as mulheres cada vez mais assumindo um papel de destaque na sociedade, o período menstrual passou a ser um problema e tanto para as atividades do dia-a-dia. Porém, a modernidade foi capaz de trazer conforto e segurança durante esses períodos, possibilitando trabalhar sem preocupação e praticar esportes com total segurança. Com os absorventes internos TAMPAX, ir à praia, nadar, fazer exercícios físicos, trabalhar ou cuidar da família durante o período menstrual se tornou tão simples e seguro como qualquer outra fase da vida de uma mulher. 

A história 
Tudo começou em 1929 quando o médico ginecologista americano Earle Cleveland Haas, da cidade de Denver no estado do Colorado, teve a ideia de utilizar o princípio do tampão cirúrgico para minimizar os incômodos do penso higiênico usado naquela época pelas mulheres durante o período menstrual. Sua inspiração veio quando ele observou as constantes reclamações e desconforto de sua esposa e pacientes ao utilizar as volumosas compressas da época. O doutor baseou-se no princípio cirúrgico de utilizar algodão para absorver sangue e da prática de usar rolos deste material para introduzir antissépticos na vagina. Suas matérias-primas foram algodão, como absorvente, e um cordão costurado às fibras dele para uni-las e poder extrair o absorvente com mais facilidade. Também pensou no que hoje conhecemos como o aplicador para evitar que os dedos tocassem no absorvente antes de inserido, uma medida higiênica, além de prática.


A patente do produto foi aprovada no dia 19 de novembro de 1931. Porém, em janeiro de 1934, Gertrude Tenderich, uma investidora do estado do Wyoming, comprou a patente e a marca TAMPAX e criou a Corporação de Vendas TAMPAX. O nome deriva da palavra tampões em inglês (tampons). O produto era fabricado em sua casa, utilizando para isso um compressor de algodão manual e simples uma máquina de costurar. Além disso, contratou vendedores para convencer os proprietários de drogarias a comprar o novo produto. Também se utilizou das ferramentas mais básicas de marketing, o boca a boca, e vendedoras do sexo feminino executando vendas porta a porta.


No início a distribuição foi muito difícil, já que os donos dos estabelecimentos mostraram receosos em expor as caixas azuis e brancas, por temor de ofender seus clientes. Outros simplesmente exigiam demanda antes de ter o produto em depósito. Adicionalmente, os jornais negavam-se a fazer a divulgação de publicidade do produto. Para incrementar as vendas e acabar com esses temores, a equipe de vendas lançou uma campanha educativa, mas as vendas foram insuficientes para continuar sustentando a campanha. Até que, em 1936, um membro do conselho da Drug Store Retailing, uma importante e influente revista do setor, se interessou por TAMPAX e seu conceito, promovendo uma série de divulgações, apresentado os tampões como um produto inovador. Foi então que Ellery Mann fundou a empresa TAMPAX INCORPORATED para vender e distribuir os absorventes internos pelos Estados Unidos e Canadá. Ele criou cadeias de produção, onde além de compressores de algodão e máquinas de costura, várias mulheres cortavam algodão (o mesmo utilizado para cirurgia) e embalavam o produto já acabado. Para enfatizar a limpeza e a higiene, as mulheres da fábrica vestiam aventais em azul-claro.


Os funcionários da empresa Thomas F. Casey (vice-presidente e tesoureiro), Earle A. Griswold (gerente de produção) e Ellery W. Mann (executivo), trataram pessoalmente de aperfeiçoar e promover a invenção. Uma campanha de informação sobre a menstruação feminina começou a divulgar o princípio do absorvente interno, até então pouco conhecido do público em geral. A empresa decidiu investir em três públicos diferentes: os médicos, as farmácias e a consumidora final. Investindo muito em anúncios e contato com revendedores, a marca foi ganhando, aos poucos, espaço no mercado americano. No mesmo ano de seu lançamento, o produto já era exportado para mais de 30 países.


Em 1938, a empresa fundou uma filial na cidade de Londres para atender ao mercado europeu. Dois anos depois, TAMPAX podia ser encontrado em 100 países ao redor do mundo. Nesta época, a bula do produto e os encartes educativos eram impressos em 20 diferentes línguas. Com o início da Segunda Guerra Mundial, as mulheres migraram para o serviço militar e começaram a trabalhar em fábricas. E foi nesse momento que descobriram as vantagens de TAMPAX: liberdade e segurança que os absorventes disponíveis até então não lhes proporcionavam. A sua utilização espalhou-se pelo resto do mundo depois do fim do conflito. Nesse período a empresa lançou anúncios em farmácias com uma mulher vestida com uniforme das forças armadas com a seguinte frase: “No Time for Time-Out”. Estes anúncios queriam mostrar para as consumidoras que o produto não somente servia para ser usado quando se praticava esportes e sim no dia a dia.


Nas décadas seguintes, o produto foi se desenvolvendo, ganhando novas versões relacionadas à intensidade do fluxo menstrual de cada mulher e com o avanço da tecnologia, se tornando cada vez mais eficiente e seguro. Em 1984 a empresa passou a se chamar Tambrands Inc., sendo comprada pela poderosa Procter & Gamble em 1997. A partir de então, TAMPAX se tornou líder absoluto de mercado, foi introduzido em diversos novos mercados e trouxe importantes inovações para a categoria. Além disso, no mercado americano, a marca recentemente ampliou sua atuação com o lançamento de protetores higiênicos diários.


O produto 
O absorvente interno TAMPAX é fabricado em diferentes versões para atender às necessidades de cada consumidora. Feito de fibras 100% naturais que se moldam confortavelmente ao corpo, ele absorve o fluxo expandindo-se delicadamente em três sentidos, moldando-se suavemente aos contornos irregulares da vagina. Sua anatomia perfeita permite também maior conforto na retirada, pois TAMPAX foi desenvolvido para se adaptar delicadamente ao corpo da mulher. Além disso, é o único que possui cordão impermeabilizado e costurado em toda a sua extensão, proporcionando maior segurança no momento da troca. Seu exclusivo aplicador descartável biodegradável ajuda a colocá-lo no lugar certo, evitando desconforto e permitindo que ele absorva melhor o fluxo menstrual.


Atualmente existem cinco versões básicas do produto: 
TAMPAX REGULAR: absorvente interno com aplicador de papelão satinado e ponta arredondada, que além de tudo é biodegradável. Possui diversos tamanhos de absorventes internos, cada qual desenvolvido especificamente para um nível de fluxo diferente (Regular, Super e Super Plus). 
TAMPAX COMPAK: absorvente interno mais discreto e confortável da marca. Possui aplicador de plástico com ponta arredondada, o que facilita sua inserção. O produto está disponível em 2 versões, cada uma delas desenvolvida para um nível de fluxo diferente (Regular e Super). 
TAMPAX PEARL: lançado no mercado em 2002, o produto vem em uma caixa brilhante decorada com a imagem de um colar de pérolas. Antes, a embalagem era escura e sem adornos. A linha trouxe novidades no aplicador, de plástico com acabamento perolado, ponta arredondada e mais macia, que torna a aplicação mais suave, prática e higiênica. A linha é composta por três versões (Lites, Regular e Super), além da Multipak, uma embalagem que oferece absorventes internos com três diferentes níveis de absorção. 
TAMPAX RADIANT: lançada em 2013, esta linha foi especialmente desenvolvida para as adolescentes. Cada absorvente é embalado em plástico texturizado que rasga sem fazer barulho; assim as adolescentes podem abri-lo em um banheiro público sem ninguém notar, evitando o constrangimento. 
TAMPAX ESSENTIALS: linha de absorventes internos que conta com a tecnologia LeakGuard, que ajuda a conter vazamentos antes que aconteçam. Conta também com um aplicador de plástico arredondado, que proporciona uma inserção confortável. Além disso, o aplicador oferece a tecnologia Grip™, que ajuda a prevenir que os dedos escorreguem, auxiliando assim colocar o absorvente no lugar certo.


Relacionamento íntimo com as consumidoras 
A educação, além da higiene e da limpeza, tem sido a principal prioridade da marca TAMPAX em toda sua história. Desde o início criaram-se “stands Tampax”, que consistiam em uma mulher colocada atrás de um balcão da marca respondendo às perguntas do público e educando as mulheres. Também foram contratadas consultoras educativas: mulheres com experiência médica profissional que eram respeitadas entre os profissionais de saúde e enfermeiras da época. Em 1941 a empresa inaugurou seu departamento educacional, visando esclarecer as principais dúvidas e principalmente educar as consumidoras em relação a um assunto tão delicado para a época. Ainda que muitas mulheres estivessem convencidas dos benefícios do uso de TAMPAX, este sempre foi tema controverso. De 1939 a 1945 foram feitos diversos estudos para comprovar os efeitos do uso do absorvente interno, e todos eles chegaram aos mesmos resultados: “O uso do absorvente interno oferece proteção completa, não altera o fluxo nem os tecidos vaginais, não perfura o hímen e, portanto, as mulheres virgens não devem ter dificuldades para usar absorventes internos”. Em 1945 um outro estudo realizado com mais de 6.500 mulheres teve tanto sucesso e foi tão positivo que recomendava o uso do absorvente interno antes do uso da compressa, o que deu grande credibilidade ao Departamento Educacional de TAMPAX. Os folhetos criados por este departamento começaram a ser distribuídos nas aulas de saúde nas universidades e posteriormente, nas escolas.


Até hoje a marca mantém um departamento para um relacionamento mais íntimo e confidencial com as consumidoras. O atual canal de relacionamento da marca com suas consumidoras é o site beinggirl (aqui no Brasil conhecido como Só Entre Amigas), criado por garotas e para garotas, que oferece às adolescentes uma maneira segura e discreta de obter informações, fazer perguntas e interagir com outras meninas que estejam passando pelas mesmas situações.


Em algumas regiões do mundo, muitas meninas faltam à escola todos os meses porque não têm acesso a proteção feminina e outros recursos necessários para gerenciar seus períodos menstruais. Para ajudar a resolver esta questão e ajudar a manter as meninas na escola, TAMPAX e sua marca irmã Always criaram Protecting Futures, um programa que tem ajudado a levar educação sobre puberdade e proteção feminina a 17 países em desenvolvimento.


A evolução visual 
A identidade visual da marca passou por pequenas modernizações ao longo dos tempos. A última modificação ocorreu em 2011, quando o logotipo da marca adotou uma nova tipografia de letra e ganhou mais flexibilidade nas formas de sua aplicação.


Os slogans 
Made to go unnoticed. (2007) 
TAMPAX – For Those Awkward Bleeding From Your Crotch Days. (1997) 
You Get Total Freedom With TAMPAX. (1996) 
At the best TAMPAX. It is so higienic. (1987) 
The One, The Only. TAMPAX. 
Our only interest is protecting you. 
Outsmart Mother Nature. (2009, Tampax Pearl) 
Dê o primeiro passo. Atreva-se com TAMPAX. (Brasil) 
Incomodada ficava a sua avó. (Brasil)


Dados corporativos 
● Origem: Estados Unidos 
● Lançamento: 1931
● Criador: Earle Cleveland Haas 
● Sede mundial: Cincinnati, Ohio 
● Proprietário da marca: Procter & Gamble Co. 
● Capital aberto: Não 
● CEO & Presidente: A.G. Lafley 
● Faturamento: US$ 1 bilhão (estimado) 
● Lucro: Não divulgado 
● Presença global: 150 países 
● Presença no Brasil: Sim 
● Segmento: Higiene pessoal 
● Principais produtos: Absorventes internos 
● Concorrentes diretos: o.b., U by Kotex, Playtex e Intimus (Brasil) 
● Slogan: Made to go unnoticed. 
● Website: www.tampax.com 

A marca no mundo 
O produto é consumido por mais de 100 milhões de mulheres em todo o mundo. TAMPAX pode ser encontrado em 150 países, sendo uma das marcas mais importantes e valiosas da P&G, com faturamento anual superior a US$ 1 bilhão. Nos Estados Unidos, a marca é a terceira mais lembrada na categoria de saúde, perdendo apenas para Tylenol e Crest. Além disso, a marca detém aproximadamente 50% do mercado de absorventes internos no mundo. 


As fontes: as informações foram retiradas e compiladas do site oficial da empresa (em várias línguas), revistas (Fortune, Forbes, Newsweek, BusinessWeek e Isto é Dinheiro), jornais (Meio Mensagem), sites especializados em Marketing e Branding (BrandChannel e Mundo Marketing) e Wikipedia (informações devidamente checadas). 

Última atualização em 25/10/2013

Um comentário:

Eliana disse...

Alguem sabe onde comprar esse tampax PEARL em Sao Paulo? obrigada